Seguidores

Recanto das letras

quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

MÃES DA TRAGÉDIA... (SANTA MARIA)



                  
     
       É quando te vejo ali, mãe, prostrada ante a inércia de teu filho que se foi, que posso sentir que a guerreira entregou as armas, baixou a guarda, aninhou, ajoelhou e chorou.
     Chorou como nunca havia chorado, sentiu o que nunca havia sentido e gritou, como nunca havia gritado, com todos os seus sentidos, com todas as fibras de seu corpo se retesando, na esperança de anular tamanha dor.
     Choras de dor, de indignação, de sofrimento, mas, daquele que rasga o peito, dilacera o coração e esvazia a alma, que só uma mãe pode sentir, quando é impedida de apenas ver, e de adorar, todos os dias de sua vida, aquele ser que para ela é a representação maior dos seus motivos de luta, de esperança e de glória.
     E, ao ver-te assim me vem ao pensamento, neste momento, quantas noites estiveste, como estás agora mãe, de joelhos, frente ao berço deste filho, velando por sua saúde por algum motivo abalada, mas, sabias haver a esperança da cura, de no dia seguinte vê-lo novamente a correr pela casa e do abraço apertado e carinhoso antes de dormir.
     Que teu corpo da dor se levante se retese, mesmo que tua alma permaneça ali, de joelhos, que com a dignidade das mães desta tragédia o faças e que consigas seguir em frente, embora saibamos nós, sem o teu direito maior, tão amorosamente conquistado... De abraçar teu filho, em todos os dias de tua vida...

    Lani

ESCREVI  ESTE TEXTO PARA QUE ESTAS MÃES,  SINTAM-SE POR TODOS NÓS, ABRAÇADAS.
                                                                                                                             Zilani

45 comentários:


  1. Olá, Zilani

    Daqui vai o meu abraço para todas essas mães que sofrem essa dor sem fim, a desmedida dor que é perder um filho;Um filho na flor da idade, com tantos projectos, com a vida pela frente, perecendo de uma forma tão dolorosa e trágica.

    Tenho orado todos os dias por esses jovens, que no meio de tanto sofrimento e desespero perderam a vida e por seus pais,familiares e amigos para de alguma forma encontrarem algum lenitivo para o triste momento que estão a viver.

    Para si e para todos os brasileiros, a expressão da minha solidariedade.

    Bjs

    Olinda

    ResponderExcluir
  2. Texto muito bonito, Lani! Tenho lembrado sempre dessas mães nestes momentos que estão vivendo! Somente a força de Deus para erguê-las e trazer uma continuação consoladora...

    Abraços e BOA NOITE...

    ResponderExcluir
  3. Lindo e tocante amiga teu texto. Nem consigo imaginar o tamanho dessa dor... tenho meus filhos e nem consigo imaginar a dor que sentiria se algo assim arrancasse um deles de mim. Que Deus dê muito conforto a todas as famílias dessas jovens criaturas que deixaram a vida de maneira tão trágica. Boa noite querida.

    ResponderExcluir
  4. Oi Lani,
    Lindas suas palavras de carinho e solidariedade para com essas mulheres que agora sofrem tanto...
    Fiquei muito abalada com essa tragédia, oro para que essas pessoas que perderam seus entes queridos encontrem paz e luz novamente em suas vidas. E para aqueles que se foram, que estejam na luz e no amor divinos.
    Abraço e ótimo final de semana

    ResponderExcluir
  5. Zilani seu texto retrata exatamente o nosso espírito.
    Tudo extremamente triste e desesperador.
    Estamos aqui muito tristes com o que aconteceu e continuará a acontecer se essa "preocupação" que estão tendo agora de fiscalizar se não continuar mês a mês, dia a dia.
    Espero em Deus que essas mães, esses filhos sejam confortados sempre por Deus e que a dor acalme no coração deles.
    Rezo para que isso seja possível.
    Um abraço querida Zilani.

    ResponderExcluir
  6. Aprendemos que o amor verdadeiro sempre sobrevive, beijo Lisette.

    ResponderExcluir
  7. Essa tão grande e dolorosa perda que só quem passa sabe avaliar....
    Não há esquecimento, não há cura nem remédio...
    Bj

    ResponderExcluir
  8. Uma homenagem bela e sentida, Lani. Bom finde. Bjos.

    ResponderExcluir
  9. Que lindo teu blog, amei!!!!!
    Inteligente, interessante, elegante, já estou seguindo.
    Muito belo o texto, emocionante.
    Essas mães, nem consigo imaginar a dor que estão sentindo, na verdade nem quero imaginar.
    Que DEUS possa confortar seus corações...
    Se puder visita meu cantinho.
    Ótimo final de semana para vc e os seus.
    Bjssss

    ResponderExcluir
  10. Uma tragédia medonha, ornada por irresponsabilidades diversas!
    Belo texto!
    Grande abraço e sucesso!

    ResponderExcluir
  11. Mis condolencias y respeto a la República hermana del Brasil.
    Buen texto Célia
    Un beso

    ResponderExcluir
  12. Querida Zilani
    Que texto lindo!
    Temos um selinho para você e Candy nos
    Selinhos dos Bichinhos
    http://selinhosdosbicinhos.blogspot.com.br/
    Esperamos que vocês gostem
    Beijinhos afetuosos
    Com todo carinho de
    Verena e Bichinhos

    ResponderExcluir
  13. Oi, Lani!

    Obrigada por sua visita e votos de bom fim de semana, que agradeço e retribuo.

    Li, seu texto, com "o coração nas mãos".
    Como pôde isso ter acontecido?
    De novo, o meu abraço às mães, que estão sofrendo TANTO, nesse momento.

    Abraço da Luz, com carinho.

    ResponderExcluir
  14. Querida Zilani,
    Voltamos para dizer que estamos apaixonados pela Candy
    Ela é muito fofa!!!
    Tenha um abençoado final de semana, amiga
    Beijinhos para ti e afagos para a Candy linda
    Com carinho de
    Verena e Bichinhos

    ResponderExcluir
  15. Nossa amiga este texto emocionou... engasguei como mãe e avó. estive no Meus anjos Adorados e deixei minha lambidela, um canto muito fofo. E ai amiga vais participar do TOP BLOGUEIRO? te aguardo no salão azul
    http://anos-da-ilha.blogspot.com.br
    Beijos perfumados.

    ResponderExcluir
  16. Boa noite Zilane!...
    Realmente, a dor dessas mães é indescritível.
    A sua crônica é um ato de solidariedade e respeito pela dor alheia, que, também nos contagia.
    Tenha um feliz final de semana.
    Fique com Deus

    ResponderExcluir
  17. Zilani

    E todas as mães se sentirão abraçadas com certeza com tão lindo texto em forma de oração.

    Bjs
    Um lindo final de semana

    ResponderExcluir
  18. Um texto lindo, uma bela oração de esperança e consolo.
    Um belo gesto.

    Bjs e abs,

    L.P.Arújo

    ResponderExcluir
  19. bom dia, vim te ver para responder ao teu comentario, obrigada, e achei maravilhoso este poema!!!!um abraco esperando ser amigas!!!

    ResponderExcluir
  20. Olá, Zilani!

    De todas as perdas, a da mãe que perde um filho é certamente a maior, mais sofrida ainda por ele ter partido quando tanto ainda tinha para viver: uma morte que não respeita o ciclo natural da vida - que tudo torna mais difícil de entender e aceitar.

    Belíssimo texto, repleto de sensibilidade.

    Um bom fim de semana, abraço amigo.
    Vitor

    ResponderExcluir
  21. Zil querida, ficamos todas nós, mães, com o coração dilacerado na dor de todas estas mães...Muito bonita a sua homnagem!
    Minha linda, não se perturbe, se nestas primeiras semanas de aulas, eu não aparecer todo dia, são os trabalhos da escola. Mas eu virei, não esqueça de mim.
    Bjs,

    ResponderExcluir
  22. Quero agradecer a sua visita e sua mensagem de apoio. Estou vivendo está tragédia de perto. Cada relato que eu escuto sobre a tragédia é de cortar o coração. A cidade está em choque. Está em luto. Está junta com a dor dessas mães. Que Deus ajude essas famílias. É uma dor irreparável. Beijinhos.

    ResponderExcluir
  23. Lindo, triste e comovente, que tamanha sensibilidade vejo nessas linhas, fiquei realmente comovido com suas palavras. Você encontrou as palavras que faltam em momentos como este, parabéns pelo texto, e oremos todos para que Deus console o coração dessas mães.

    Abraços, estou seguindo aqui, e obg por visitar meu blog

    http://rebobinandomemoria.blogspot.com

    ResponderExcluir
  24. Parece que a cada dia há mais dramas.
    Deixo as minhas cordiais saudações poéticas

    ResponderExcluir
  25. Uno-me a você e a todos, nessa dolorosa oração.
    Meu forte abraço.
    Lúcia

    ResponderExcluir
  26. Foi muito triste o que aconteceu. O pior é saber que a culpa foi de humanos. Ganância de uns, irresponsabilidades de outros... Poderia ser evitado, mas infelizmente não foi.

    O mundo sob o meu olhar

    ResponderExcluir
  27. ¡¡Zuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuups!!
    Solo las madres saben lo que es perder un hijo, rosas negras con penas plenas de tormentos y tristezas en el interior de su corazón.
    Llora madre tu perdida... pero piensa que siempre hay luz de esperanza, que al final del camino volverás a ver a tu hijo querido, confía en Dios que todo lo puede. Benditas sean todas las madres de la tierra por siempre.
    Un beso querida amiga, de la brujita MORIMÓ.

    ResponderExcluir
  28. Oi Zilani!
    Quanta dor!
    Eu tenho um único filho, se ele morrer antes de mim, com certeza, não vivo uma semana, faço meu suicídio silencioso me privando de alimentação.
    Com 65 anos,o que valeria mais viver? Desculpem, meu desabafo e nem me critiquem, pois cada um reage da forma que melhor lhe "apraz."
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderExcluir

  29. Carinhosamente venho desejar um feliz e abençoado final Domingo.
    Uma semana de Realizações. sonhos realizados,
    pois a vida é um constante recomeçar.
    Beijos paz e luz,Evanir.
    Amiga seu texto realmente é emocionante
    nunca imaginei ver uma cena tão trágica e tão triste.
    Só Jesus para confortar os corações das mães pais e familiares ,
    levando em conta os amigos tanta gente jovem.

    ResponderExcluir
  30. Sem palavras, amarro minha oração silenciosa no teu poema de dores, para que ela o acompanhe nas asas da Ave Maria ao coração das mães de Santa Maria, amém.

    ResponderExcluir
  31. Oi, Lani!

    Passando pra te desejar uma semana cheia de luz, com harmonia, felicidade e já refeita da tragédia, que enlutou o Brasil.

    Beijo da Luz.

    ResponderExcluir
  32. Não há maior dor que a de uma mãe que perde o seu filho.
    A minha solidariedade para todas elas.
    Lani, tem um boa semana.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  33. Oi Zilani, é uma dor muito grande, não há como descrever...
    Tenha uma ótima semana.

    ResponderExcluir
  34. Deve ser uma dor terrível que não dá nem pra imaginar e só Deus mesmo pra trazer o consolo...
    Olha, eu gosto mt do seu blog e por isso te marquei na lista dos 10 blogs que escolhi para participar de uma tag, depois se puder passa lá, bjus!

    ResponderExcluir
  35. Oi Zilani,

    Tudo bem? Lindo texto! Escrevi também no dia da tragédia, mas não sei se conseguirmos fazer alguma coisa concreta, então oro por elas todas as noites. Que Deus as console, hoje e sempre.

    Beijos.

    ResponderExcluir


  36. Estamos de nuevo en el mes del amor y la amistad…

    Las flores ensalzarán la brillantez de los textos y la poesía recorrerá las cumbres de la vida en busca de la esencia de ese amor desconocido, hasta encontrarlo…

    Y yo un gorrión con patitas de algodón quisiera ser…
    Para refugiarme, en las alforjas del tiempo y presenciar la complicidad de la luna en el teclado del silencio, que ingenuo se sonrojará, de aquellos sueños poéticos que viajaran por las cornisas del pensamiento en busca de la utopía del amanecer…

    Un abrazo de emociones
    Y un beso de ilusiones.

    Atte.
    María Del Carmen




    ResponderExcluir
  37. .

    .

    . esta é uma página fora de série . que consagra o papel inequívo de todas as mães . perante a existência humana .
    .

    . __________________ . bem.haja .

    .

    . um beijo meu .

    .

    .

    ResponderExcluir
  38. zILANI
    Eu fiquei muito triste e rezei por estas mães que estão sofrendo. E nós daqui de MG estamos em luto também. Nossas missas estao sempre sendo celebradas para o conforto dos pais. Um jeito da gente dizer que sente junto com elas. E com os pais
    Agora só nos resta conforta=los com nossas oraçoes
    lembrança linda mas extremamente triste

    ResponderExcluir
  39. Minha querida

    Como era bom que todas as mães dessa tragédia sem nome lessem este tocante texto...eu fiquei sem palavras.
    Deixo apenas um abraço a todas as mães e que Deus as ajude a suportar o que é inimaginável.

    e para ti a minha admiração e um beijinho carinhoso.

    Sonhadora

    ResponderExcluir
  40. Querida amiga

    Compartilhar
    a dor do outro
    como nossa,
    é um semear
    esperanças...

    Que em teu coração,
    a alegria faça morada...

    ResponderExcluir
  41. Amiga que texto, que homenagem mais linda as mães órfãs de Santa Maria... Sem mais palavras... Estou novamente a chorar...
    Beijo neste seu coração extremamente compadecido.
    Clarice

    ResponderExcluir
  42. Linda homenagem..Li seu texto e um arrepio tomou conta e mim, senti como se um filho meu estivesse ali...
    Bjo
    Su

    ResponderExcluir
  43. Olá, Zilani.
    Forte e sincero o seu texto.
    Creio não haver dor maior para um pai do que perder o filho, ainda mais em condições tão absurdas como foi esta tragédia.
    Para os pais, resta esperar que consigam ir em frente com suas vidas.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  44. Lani,

    Emocionante seu texto, faz-nos ajoelhar e chorar ao lado das mães atingidas por essa tragédia! Conheci pessoalmente uma dessas mães, foi justamente uma pessoa que me incentivou a mudar para Santa Maria para estudar. Anos mais tarde, ela enviou seu filho para fazer o mesmo, sem saber que ele não mais retornaria para seu abraço. Ainda é difícil falar sobre tudo isso, sempre será, mesmo que nenhum amigo pessoal ou amigo direto tenha sido atingido: basta saber que tantas mães sofrem, não é mesmo? Sinto-me solidária.

    Não sabia que tínhamos Santa Maria em comum, mas gostei muito de saber! Também vim parar na região metropolitana, mas Santa Maria será sempre o berço, o local de aconchego.

    Quando a deixar alguns amigos pelo caminho ocasionalmente, afirmo que não é esse o caso: você é uma das que tenho prazer real em visitar, não é uma questão de mera gentileza. Mas não consigo fazê-lo com frequência, infelizmente. Nem mesmo em meu blog tenho conseguido estar atualizada, as postagens estão atrasadas... acho que ainda não aprendi a administrar bem meu tempo! rsrsrs Então me aguarde sempre que eu puder, gosto muito de estar aqui!!!

    Beijo carinhoso.

    ResponderExcluir

Obrigada por sua visita!

Seu comentário é sempre bem-vindo!

Beijos, Zilani Célia.