Seguidores

Recanto das letras

quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013

TRAVESSIA...




  
Mar revolto, se debatendo nas rochas,
Sua fúria amedronta, sua imensidão assusta,
Seu som entra pelas entranhas,
Como gritos de socorro, que ninguém escuta...

Mar profundo, escondendo segredos,
De tantas vidas perdidas, que viu soçobrar,
De barcos que se perderam no horizonte, á deriva,
De pobres sonhos, mortos, que sentiu afundar...

Mar da vida, com águas escuras, profundas,
Em tuas grandes ondas vou me lançar,
Vou fazer contigo, minha triste travessia,
Mar me ajude, me ensinando á nadar...

Mar, leva-me junto, em novas jornadas,
Não deixa meu barco da vida afundar,
Se ele bater com violência nas pedras,
Só tu mar... Poderás me salvar...

     Lani


61 comentários:

  1. o mar muitas vezes assusta, mas é também fascínio! beleza de poema Zélia! abraços

    ResponderExcluir
  2. Lindo mar que se agita, acalma, abraça...Poesia linda e bem inspirada!

    beijos,chica

    ResponderExcluir
  3. Que beleza, Zilani! O mar tem tantos mistérios em suas profundezas, exatamente como o mar da vida! Adorei Bee Gees...

    ResponderExcluir
  4. ASÍ COMO EL MAR TAMBIÉN EL AMOR ES A VECES TORMENTOSO.
    UN ABRAZO

    ResponderExcluir
  5. Uma travessia dolorosa, mas com sabor de aventuras e muita vontade de navegar por aguas calmas.
    Bjks doces e boa semana.

    ResponderExcluir
  6. A travessia do mar assim como a travessia da vida, ora nos assusta, ora nos extasia...bonita reflexao poética.
    Um abraço

    ResponderExcluir
  7. O mar com a sua grandeza e mistérios... Também com muita beleza e amizade... O mar da vida! Lindo, profundo e surpreendente!

    Verdadeira travessia, Lani... Amei!

    Beijos c carinho

    ResponderExcluir
  8. As mãos de Deus está sobre o seu barco; ele nunca vai afundar.
    Sua poesia é linda.
    Beijos.
    Élys.

    ResponderExcluir
  9. Oi Lani, tudo bem contigo?
    Preparei uma surpresa, lá no blog pra ti, quero compartilhar um presentinho que ganhei; dá uma passadinha lá, será um prazer ter a tua companhia!
    Lindíssima poesia, me tocou fundo!
    Um beijão pra vc!

    http://baudocroche.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Oi Zilani,

    "A vida ensina"!
    Por mais turbulento que possa ser o mar, daqui a pouco é calmaria!
    Linda poesia!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  11. Lani, que linda poesia!Fiz contigo esta travessia turbulenta, mas cheia de esperança.Brisas e flores para você.Bjs Eloah

    ResponderExcluir
  12. ¡¡Zuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuups!!
    La brujita canta... un barquito de cascara de nuez, navegando con velas de papel, y subiendo y bajando las olas, el barquito ya se fue. Un mosquito encima va de el, muy seguro de ser buen timonel, y subiendo y bajando las olas ya se fueeeeeeeeeeeeeeee. ¡¡Bravooooooooo, lindo poema querida amiga!! El mar en calma es una gozada, pero no te toques las narices... porque si no se enfada.
    Un beso muy grande, de la brujita amiga MORIMÓ.

    ResponderExcluir
  13. Lindo, Lane!
    O mar tem belezas, segredos e versos que só os poetas conhecem!

    Beijos com carinho!

    ResponderExcluir
  14. Zilani que poema mais lindo, consegui sentir nos seus versos esta travessia ofegante, mas com a certeza de que chegarás a atracar.
    Amiga fiz uma homenagem aos amigos blogueiros, e tem um presente para você em meu blog, ficarei feliz se for buscar, de uma passadinha lá, mas fique a vontade em trazer.
    Beijos e um ótimo carnaval.
    Clarice

    ResponderExcluir
  15. A vida realmente é um imenso mar, traiçoeiro e imprevisível, achei sua analogia muito apropriada. Desbravar esse grande mar, é mesmo um desafio.

    Abraços

    ResponderExcluir
  16. Oi, Lani!

    Poema onde o mar mostra sua bravura, sua força e seus segredos, mas onde também pode ser âncora para os corações mais infelizes.

    Resto de boa semana.
    Abraço da Luz.

    ResponderExcluir
  17. QUERIDA AMIGA
    Eu só vim lhe desejar um dia lindo.Com flores pelos caminhos que você percorrer.Com gente feliz ao seu redor.
    Com chuvas de sorrisos e de olhares que vem da alma.
    Não importa se grandes notícias não virão hoje.
    Que também não venham as más.
    Que seu dia seja de paz.
    Que você esteja em paz.
    E que você olhe os problemas de cima, e as pessoas que você convive, com olho no olho.Que as palavras do dia sejam ‘leveza’, ‘doçura’, ‘calmaria’, ‘tranquilidade’.
    E que suas próximas horas sejam carregadas de pensamentos positivos e muita paz no coração.
    Só vim te desejar um ótimo dia.
    Colorido e florido.

    ResponderExcluir
  18. às vezes, Lani, se jogar nas águas para se lavar, das dores, quem sabe, é a solução qdo se abate a impotência. Bjos.

    ResponderExcluir
  19. Nadar é preciso. Sá assim podemos saber como é o mar. Meu beijo.

    ResponderExcluir
  20. Águas calmas para ti, Zilani! E que Iemanjá te proteja!
    Bjs,

    ResponderExcluir
  21. Lindas palavras Zilani!!!
    Bjs eose jp

    ResponderExcluir
  22. Pessoal
    Ajudem comprando qualquer item da promoção da lojinha para ajudar nas despesas dos animais resgatados que aguardam adoção em lar temporário
    http://adoteumfocinhocarente.blogspot.com.br/2013/01/promocao-para-renovacao-de-pecas-da.html

    ou comprando qualquer numero da rifa
    http://adoteumfocinhocarenterifas.blogspot.com.br/

    Por favor, ajudem na divulgação. Quem sabe aquele amigo que vc nem sabia quer adotar um animalzinho??
    WWW.adoteumfocinhocarente.blogspot.com

    ResponderExcluir
  23. Oi Lani!
    Assim é a nossa vida, como o mar, cheia de turbulências mesmo! Mas dela tiramos magníficas experiências, e muitos aprendizados.
    Lindo como sempre!
    Beijos querida amiga, fique com Deus!
    Mariangela

    ResponderExcluir

  24. Olá Zilani,

    A analogia ficou perfeita. A vida, como o mar, ora está calma, ora sob tempestades e turbulências assustadoras. Mas a fé e a coragem nos manterão firmes no controle da embarcação da vida.

    Lindo o poema. Muito inspirado.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  25. Oi Lani :)
    Vc foi muito feliz ao escrever esse poema,comparando a vida como o mar.
    Ficou perfeito,pois é exatamente assim.
    Nessa travessia,nem sempre as águas são tranquilas,mas há também muita beleza e mistério...
    Bjs \o/

    ResponderExcluir
  26. O sentido das suas palavras nos deixam como que pensando em nossa missão na vida, atravessamos ondas e maremotos, mas tb há dias de mar calmo e brisa...perfeito Zilani, parabéns...
    Ahh, voltamos sim...mas temos a visita da preguiça pós-férias, rsrs...mas logo estaremos postando, amiga. : )

    Carinhos

    Ghost e Bindi

    ResponderExcluir
  27. LINDO DEMAIS,ZÉLIA!

    VC USA LANI COMO PSEUDÔNIMO?

    ESSE MAR É A PRÓPRIA VIDA,AMIGA!

    ÉS UMA POETA!

    ESTOU TENDO DIFICULDADES P ABRIR SEU BLOG.DEIXEI RECADO P VC NO MEU,ABAIXO DO SEU PENÚLTIMO COMENTÁRIO.

    OBRIGADA PELA VISITA E COMENTAR SOBRE MEU TEXTO SOBRE MINHA MÃE.

    BEIJOS E ÓTIMO CARNAVAL!


    DONETZKA

    ResponderExcluir
  28. O mar ora me fascina ora me assusta...
    O seu poema é um apelo ao mar.
    Nunca me lembraria de fazer um apelo ao mar, por isso
    é que os poetas têm outra visão e capacidade.
    Bj.
    Irene Alves

    ResponderExcluir
  29. Zilani,o mesmo mar que leva é o que salva!Muito linda sua poesia!bjs e meu carinho,

    ResponderExcluir
  30. Oiii Lani! Antes de qq coisa obriagada pela visita e carinho deitao lá no divã. Que poema mais lindo...metáfora perfeita com a vida nossa vivida. Tenho respeito, muiiito, pelo mar, assim como pela VIDA.
    Beijuuss e desejando um ótimo carnaval procê

    ResponderExcluir
  31. Hermosas letras mi querida Zilani, letras que se mecen al son del mar!
    Un placer leerte, te dejo un fuerte abrazo, bonita jornada.

    ResponderExcluir
  32. Na grandiosidade do mar, um amparo para a vida. Lindo poema!
    Beijos, Lani.

    ResponderExcluir
  33. "A onda que me carrega é a mesma que me traz."

    Beijos.

    ResponderExcluir
  34. O mar causa-nos medo mas também nos fascina. Linda poesia. Um abraço.
    http://jjcrufilho.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  35. adorei o texto e adorei sua visita no meu site
    estou te seguindo. apareça sempre
    bjs
    Flavia
    www.adoteumfocinhocarente.blogspot.com

    ResponderExcluir
  36. Oi. Às vezes precisamos ser salvos de nós mesmos.
    Lindo texto. Bjsss

    ResponderExcluir
  37. Bonita analogia que fez do mar com a vida! Pois não é que passamos por tempestades que jamais pensávamos nosso barquinho poder passar? ;) Navegar é preciso!! Beijus,

    ResponderExcluir
  38. Olá, boa tarde :) Dizer e saber que talvez você já nem se lembre mais de mim eu diria que tornou-se algo até aceitável... Eu reconheço que sumi, e erradamente por sinal. Eu devia ter vindo aqui me explicar ou ter feito uma postagem exclusiva informando o motivo, já que no post inaugural do “Essência da Palavra” eu havia dito que falaria quando resolvesse dar “CLOSED” ao blog. Contudo, ele nem eu morremos... (risos) Estive mega atarefado com os estudos e, quando já não mais estava, meu computador deu problema, quando enfim concertou, a assinatura de internet foi cancelada e com isso tive que me manter distante. Agora tudo parece estar em ordem e espero que a amizade continue, estarei mais presente agora (ou tentarei, talvez!) e com uma frequência de postagem fixa. Já trago novidades, te aguardo no meu cantinho. Um forte abraço e deixo meu muito obrigado!

    ResponderExcluir
  39. Oi Querida Zilani!


    Essa é a minha vida, mar turbulento kkkk!!

    Estou um pouco ausente amiga, daqui a pouco eu volto.

    Feliz final de semana pra vc.

    Obrigada por se preocupar comigo, saiba que te adoro!!

    ResponderExcluir


  40. Paso a saludarte…
    Vestida de felicidad,
    Con rosas de paciencia
    Y aromas de prudencia.

    Deseando…
    Que el fin de semana valla pasando
    Enarbolando,
    Los sueños que te vallan rozando.

    Atte.
    María Del Carmen



    ResponderExcluir
  41. BOA NOITE AMIGA POETISA !!!
    SEMPRE TRAZENDO UM POEMA MAIS ENCANTADOR DO QUE O OUTRO,
    DO QUAL DEIXA O LEITOR SEMPRE COM UM GOSTINHO DE ESPECTATIVA PRA LER MAIS UM...
    BJS CARNAVALESCOS !!!!

    ResponderExcluir
  42. Olá, Zilani!

    Lindíssima metáfora em forma de sentida prece: Que seja calmo esse mar e com vento de feição, para o seu barquinho a bom porto levar.

    O poema é uma delícia; parabéns!

    Abraço amigo; bom fim de semana.
    Vitor

    ResponderExcluir
  43. Olá, Lani,como vai ?
    travessias necessárias na vida , belo poema.
    Bom feriadão!
    Beijo no ♥!!
    Lilian – Blog:Duas Moças Prendadas!
    casascoisaseoutros.blogspot.com.br/
    Tá rolando sorteios, já participou?

    ResponderExcluir
  44. Esta foi a mais linda das que já li... A mais linda.

    Abs,

    ResponderExcluir
  45. Admirável, Zilani
    Muito, bom dia.
    Não queiras saber do meu contentamento, em ter o seu comentário em meu blogue. Crêdes vós, aquela página simplória, nunca mais, será a mesma depois do seu comentário, ali postado. São críticas como a sua,que me fazes ter um blogue. Aprenderei, seguirei escrevendo, lendo, e,... continuarei a ler, e,...continuarei a escrever, sempre respeitando a LIBERDADE DE EXPRESSÃO,e, de OPNIÃO, das pessoas, sem preocupar-me com a Nacionalidade, com a Etnia,ou, mesmo com as cores dos humores que brota de ca um de nós.
    A minha felicidade, é mais ampla. Talvez, do tamanho desse Mar bravio, em que desenhas, em textualização.
    Ah, Zilani, os segredos do Mar, os traquejos do Mar, somente o Mar, pode revelar.
    Admirável,Zilani, quero desejar-te, um fim de semana agradável, com muita luz, e, de muita Paz.
    Abraços, amaranhençados.

    ResponderExcluir
  46. Bom dia minha linda!!!!
    Vim desejar um feliz feriadão ...
    Deixo bjs carnavalescos !!!!!!

    ResponderExcluir

  47. Olá Zilani,

    Passo novamente para desejar a você um ótimo feriadão carnavalesco.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  48. Oi Zilani,

    Lindo texto! Penso que a travessia é o caminho para a sabedoria e quem sabe para completar a razão do nosso momento na terra.

    Bom feriado e beijos.

    ResponderExcluir
  49. Muito bonito, Zilani. Uma grandiosa analogia. Bom carnaval. Bjs

    ResponderExcluir
  50. Maravilhoso poema. O mar tira e dá sonhos, esperanças e vida.
    Beijinhos
    Maria

    ResponderExcluir
  51. Nossa vida é uma travessia. Nem sempre o mar estará calmo e veremos muitos sucumbirem diante das tempestades. Mas nossa jornada pode ser serena se aprendermos a lidar com as adversidades. Muito belo! Bjs.

    ResponderExcluir
  52. Bom dia de segunda feira, vim deixar
    um abraço desejar uma bela semana
    E que seu feriado seja cheio de alegrias
    Agradeço sempre sua amizade que adoro
    Bjusss com carinho, por tudo que escreve de bonito
    Rita!!!!

    ResponderExcluir
  53. Que lindo poema, amiga!
    Vc conseguiu transmitir toda a força e grandeza do mar!
    Eu amo o mar...
    Também escrevi um blog já há algum tempo sobre ele.
    Segue o link.
    Bjs, que Deus a abençoe.
    Adelisa.
    http://adelisa-oquerealmenteimporta.blogspot.com.br/2012/05/o-mar.html

    ResponderExcluir
  54. Oi Lani, o mar pode assustar ou nos acalmar...
    Tenha uma linda semana e bom feriado, beijos!

    ResponderExcluir
  55. O mar tanto dá como tira.
    Tenho imenso respeito por ele...
    Gostei do poema, é magnífico.
    Lani, querida amiga, tem uma boa semana.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  56. E você, é uma destas pessoas especiais.
    Sua sensibilidade, sua atenção e seu carinho!
    É algo que toca profundamente meu coração.
    Que Deus continue iluminando você nos caminhos da vida.
    Sua amizade e carinho é muito importante para mim,
    tenha certeza é fundamental para mim cada palavra
    que deixa nos comentários do meu blog.
    Lembre-se a beleza é a que emana de nossa alma,
    engrandece seu coração.
    E sua ALMA É Linda.
    Um feliz feriado .
    uma abençoada semana.
    beijos,Evanir.

    ResponderExcluir
  57. Poesia linda e bem inspirada! no mar que eu adoro, me acalma, me acaricia mas que também me impõe respeito...
    Bjs

    ResponderExcluir
  58. Olá, Zilani.
    A vida é como o mar, ora calmo, ora tempestuoso, e cabe a nós aprendermos a lidar com isso e darmos sempre o nosso melhor.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  59. .


    Eu não tenho vergonha
    de dizer que estou
    saudoso de você. Não
    me envergonho de dizer
    que sua presença é
    importante no meu blog
    e que tê-la como amiga
    é uma das poucas coisas
    que me honram.

    Um beijo e volte sempre
    ou me mate de saudade.

    silvioafonso







    .

    ResponderExcluir

Obrigada por sua visita!

Seu comentário é sempre bem-vindo!

Beijos, Zilani Célia.