Seguidores

Recanto das letras

segunda-feira, 16 de abril de 2012

A NOITE E A LUA



     Noite, porque estás assim tão pensativa,
     Com teu longo vestido, bordado de estrelas,
     Esvoaçando como a mais fina seda,
     Deslizando por teu lindo corpo de princesa?

     Noite, porque estás assim tão séria?
     Os teus cabelos de nuvens, prendeste antes que o dia raiasse?
     Porque teus olhos hoje, vermelhos, faíscam,
     Como se um temporal a tua volta se formasse?

     Noite, porque tanta tristeza?
     Se cativas a todos com tua cumplicidade e beleza...
     Se os envolves quando te enfeitas de rosas...
     E teu perfume, ao longe exalas?

      A noite... Responde á lua, tristonha!
     -“Por que, não tenho mais tua companhia,
     A madrugada roubou minha magia,
     E eu, agora me esvaio nesta aragem fria...”

     - E sei que amanhã, quando aqui novamente voltar,
     Chorarei, porque o que vivi hoje... Não poderei recuperar,
    Pois, por quem me apaixonei... Nunca mais irei encontrar...

      Lani

48 comentários:

  1. Un poema precioso Zilani. Nada es duradero, pero mientras están, son cómplices de amantes.

    Besos.

    ResponderExcluir
  2. É precioso, sim!
    Mas a noite nunca me cativou, tenho medo dos fantasmas da noite; eu nunca mais vou encontrar meus sonhos perdidos "o sonho de ser feliz"...
    Beijinho, boa semana pra ti, amiga.

    ResponderExcluir
  3. Aprendi que aqueles que perdemos, podem ser encontrados em outros lugares, dentro de nós. Jamais nos lugares onde costumávamos encontrá-los.

    ResponderExcluir
  4. Muito bonito.
    Adorei o seu blog. Vou seguir.

    http://beleza-natural2012.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Ganhar ou perder amores é colecionar bens emocionais para nosso crescimento.
    Bj. Célia.

    ResponderExcluir
  6. Linda poesia !
    As perdas fazem partes da nossa vida, com isso vamos adquirindo experiências para um maior crescimento espiritual.
    Um beijo Zilani e um ótimo dia!
    Mariangela

    ResponderExcluir
  7. Olá bom dia pra você,visito seu Blog
    e deixo aqui um abraço pela postagem
    sempre gratificante ,que gosto muito!
    A poesia é maravilhosa!!
    Minha frase de hoje!

    Se um dia errei,aprendi com o Tempo
    Que a minha maior virtude,é reparar
    a Tempo meu erro.

    (Rita Sperchi)

    ResponderExcluir
  8. Ola zilane!!! Obrigada viu pela visita colte sempre e seja bem vinda..

    Amei o poema!!! Acho lindo quem sabe usar as palavras, eu ja tenho difuculdade...ate o comentario q a senhora deixou foi lindo...em verso...adorei viu

    Bjs rose jp

    ResponderExcluir
  9. A noite e a lua,
    O sol e as estrelas
    Caminhando se continua
    Ser tão bom poder vê-las!

    Distantes iluminam
    A noite escura
    O caminho determinam
    Para viagem segura!

    Obrigado pela sua visita, bem como suas amáveis palavras.
    Um beijo
    Eduardo.

    ResponderExcluir
  10. La noche siempre es cómplice de amantes y poetas, pero no es eterna.
    Grandes versos Celia.
    Un placer visitarte.
    Un beso

    ResponderExcluir
  11. Hola Celia , muchas gracias por quedarte a mi lado y leer tus bellas letras de poeta.
    La noche y la luna, son nuestros aliados en el tiempo de manifestar nuestros sentimientos poéticos.
    Gracias
    te dejo un beso de mi ternura
    Sor,Cecilia

    ResponderExcluir
  12. Oi Lani :)
    Como sempre uma postagem encantadora.
    Lindo poema!
    Adoro a noite e principalmete a lua,que parece sempre bela e misteriosa.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  13. Oiêe...Lani! É lindo teu blog...me encantei com teus textos, inspiração e sensibilidade a flor da pele, parabéns!
    abraços...

    ania..

    (ah...adorei teu bom gosto musical!)

    ResponderExcluir
  14. A noite sempre me cativou,principalmente no Verão.
    Um encanto este poema.
    Bjs

    ResponderExcluir
  15. Lindo blog Lani,a vida as vezes nos prega certas peças e nem sempre há como voltar e refazer o caminho, mas podemos trilhar novos caminhos.
    Otima construção.
    Meu abraço.
    Seguindo.

    ResponderExcluir
  16. Oi Lani,

    Agradeço sua presença e comentário em meu blog.
    Seus poemas têm muita sensibilidade e falam de temas variados.
    Parabéns!

    Abraços de luz.

    ResponderExcluir
  17. Lani,
    Maravilhoso seus versos.
    Te confesso que adoro as noites.
    Beijos e ótima semana.

    ResponderExcluir
  18. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  19. Muito lindo amiga, e tendo em conta que sou uma apaixonada pela noite mais lindo ainda ficou!!!
    Amei
    Jinho

    ResponderExcluir
  20. Embora tenha uma expressão melancolica, eu lembrei de tantas outras referencias, filmes, musicas e tambem um livro infantil. Sobre encontros, desencontros, possibilidades e distancias que situações opostas podem nos colocar diante dos olhos.

    Beijos

    ResponderExcluir
  21. Lindo poema Zilani!
    Uma vez me disseram que a sensibilidade é um segundo coração que Deus acrescentou em algumas pessoas!

    Um excelente fim de tarde para ti!
    Bjs

    ResponderExcluir
  22. Um formidável "diálogo" celeste!
    Personagens eternos, sempre na ribalta, pois que encantam...

    Um beijo,Lani
    da Lúcia

    ResponderExcluir
  23. Você escreve muito bonito Zilane.
    Está precioso teu poema.

    Beijo linda

    ResponderExcluir
  24. Célia: A Noite é maravilhosa e o seu silêncio a belo para poder pensar e sonhar naquilo que queremos fazer a minha musa são muitas, Minha esposa filhos neto e noras, tenha uma que é do recife e também escrever para as minhas eternas e doces flores que são todos voces meus amigos virtuais e meus amigos reais.
    Lindo o teu poema adorei.
    Beijos
    Santa Cruz

    ResponderExcluir
  25. A noite quando chega nos revela tantas e tantas coisas com suas cores escuras, suas silhuetas e sensações,,,seus calafrios,,,e a menina lua lá em cima,,,quieta esperando o amor chegar...beijos de bom dia...

    ResponderExcluir
  26. Lani me apaixonei pelos versos e por aqui vou ficando bjos!

    ResponderExcluir
  27. Ah que maravilha, que delícia viajar por aqui nestes versos e textos tão cativantes. Amei, retribuindo a visitinha pois gentileza gera gentileza já ficando. Adorei. Tenha uma noite iluminada e beijinhos carinhosos para ti querida.

    ResponderExcluir
  28. Olá, Lani

    Quanto tempo não nos comunicamos. Peço, inclusive, perdão pelo tempo ausente. Estava em semana de provas desde o dia 10 e elas só dissiparam hoje. Inclusive estou pensando em uma pré-desativação do blog, ainda não é nada certo, mas se for volto a comunicar-lhe, no mais o blog ainda estará aberto.Quanto ao texto eu ainda busco palavras em meu âmago para expressar tudo que senti. Quanto mais perdemos mais compreendemos a valorizar o que se tem! Um abraço!

    ResponderExcluir
  29. lindos versos..
    gostei muito daqui..eu acho que todo poeta tem uma vida a mais..

    bjs.Sol

    obrigada pela sua visita no meu parole

    ResponderExcluir
  30. OI Zilani
    Belo poema, contudo a noite não me fascina, pelo contrário, gosto da luz da madrugada e o sol da manhã.
    Bjo

    ResponderExcluir
  31. Oi Zilani, vim agradecer sua visita e encontrei versos tão intensos e que me remeteram a muita emoção!
    Estarei sempre por aqui.
    bjs Sandra
    http://projetandopessoas.blogspot.com//

    ResponderExcluir
  32. Olá, Zilani

    Agradeço pelas observações feitas e mais ainda pelo incentivo. O "Essência da Palavra" é o meu coração, também não quero desistir dele. Não quero perder as "amizades" que conquistei a partir dele, por isto me justifico. Um Abraço!

    ResponderExcluir
  33. célia.... amo a lua... ela sempre dança no céu... tendo com platéia as estrelas... lindo texto. abraços lamarque

    ResponderExcluir
  34. Zilane, adorei seu blog e suas palavras, seguindo!
    http://fazdecontatxt.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  35. Que versos lindos, poeta! Gosto da lua, da fascinação que ela nos causa.
    Abração.

    ResponderExcluir
  36. Olá Zilani,
    A magia da noite é sempre encantadora. Fascinante o seu poema. Adorei seu cantinho! Só Hoje tive tempo para saborear este lindo espaço. Deixo meu carinho, meu abraço e meu agradecimento pela sua adesão ao meu blog. Fiquei honrada com sua visita.
    Gracita

    ResponderExcluir
  37. Uma história linda num poema que apetece reler sempre...Parabéns.
    Beijocas
    Graça

    ResponderExcluir
  38. Noite, porque tanta tristeza?
    --------
    Noite é sinónimo de trevas. E estar nas trevas é ter ausência de tudo!
    ---------
    Que a felicidade ande por aí.
    Manuel

    ResponderExcluir
  39. Olá, Zilani!

    Inspirado diálogo este, entre a noite e a lua que a alumia.
    O tempo por todos passa, até mesmo para a noite quando começa o dia.

    Beijinhos; bom fim de semana.
    Vitor

    ResponderExcluir
  40. Boa tarde, Zilani.
    Belíssimo poema, parabéns.
    Acho que a noite é aquilo que nós fazemos dela, e o que ela significa pode variar tanto quanto a imprevisibilidade intrínseca da alma humana.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  41. Zilani,
    Eu fiquei mais 2 dias com a audição prejudicada, uma senhora que mora perto, de 72 anos, passou mal.

    Obrigada.

    ResponderExcluir
  42. La notte il regno dei sogni, belli e a volte meno belli! bella la tua poesia! buon inizio settimana...ciao

    ResponderExcluir
  43. Zilani,
    A esperança é algo que traz o sol às sombras das nossas vidas. É nosso vínculo com um amanhã melhor: Quando a esperança se vai, também se vai nossa força vital. Enquanto a esperança permanece viva, também permanece nossa determinação de prosseguir
    ...........................................................
    Tenha uma ótima semana, que Deus te abençoe sempre, bjus...

    ResponderExcluir
  44. Zilani,
    Passei pra desejar uma ótima semana minha amiga.

    Já tem atualização!

    Beijos !

    ResponderExcluir
  45. Zilani! Que poema lindo...emocionante.
    Ah...noite,mágica noite,noite dos amores,das estrelas,
    da lua, dos POETAS...
    Um abraço carinhoso da
    vera portella

    ResponderExcluir
  46. ¡¡Zuuuuuuuuuuuuuuuuuups!!
    Hay un tiempo para nacer, para vivir, y otro para morir. El poema es lindo amiga, pienso que mientras llega el futuro... apuremos la copa del presente, por lo que pueda pasar.
    Un beso muy fuerte amiga, de la brujita MORIMÓ.

    ¡¡Petraaaaaaaaa(= mi escoba voladora)trae me la bola de cristal, con el ungüento de la felicidad!!

    ResponderExcluir
  47. Oi, Zilani
    vim conhecer teu blog e gostei muito das poesias que escreves.
    Posso pegar emprestados alguns para colocr em meu blog de poesias ?
    Abraço

    ResponderExcluir
  48. Oi, Zilani
    programei para dia 19 a pastagem da poesia.
    Em breve adicionarei outras, pois os teus textos e poesias são muito bons.
    Abraço

    ResponderExcluir

Obrigada por sua visita!

Seu comentário é sempre bem-vindo!

Beijos, Zilani Célia.