Seguidores

Recanto das letras

segunda-feira, 22 de setembro de 2014

A ÁRVORE...

 Te prendes ao solo e dele absorves a vida,
Sempre ao relento, só, desprotegida,
Enquanto jovem, do vento podes ser vítima,
E pela tempestade, arrancada e destruída...

Resistes e cresces sabedora de tua missão,
Vais dar frutos e sombra, com dedicação,
Ao desabrigado, darás guarida para dormir,
E ao menino, o prazer de em teus galhos subir...

Quando frondosa, o ninho agasalharás ao chover,
Em teu regaço, o pássaro cantará ao alvorecer,
Na noite quente, receberás do orvalho a frescura,
Como no inverno, sentirás do frio a agrura...

Ao chegar, o outono te tirará folha a folha, implacável,
A ele te entregarás, mas, farás um tapete admirável,
E quando na primavera, florires novamente,
Enfeitarás a mãe natureza, garbosa... Exuberante...

       Lani     (Zilani Celia)
  




79 comentários:

  1. Uma árvore é uma dádiva, em qualquer estação do ano. E ainda nos sustentam com o seu oxigénio. Que triste o desmatamento da Amazónia e tantas outras florestas do mundo. É como se atacássemos os nossos próprios pulmões.
    Criou lindas imagens com as suas palavras inspiradas.
    Beijinhos, uma linda semana
    Ruthia d'O Berço do Mundo

    ResponderExcluir
  2. Querida amiga como essa linda arvore assim e a vida ciclos que nos transformam e nos completam com o passar do tempo ,como a arvore nos alimentamos da sabedoria e das vivencias que nos embalam na incontornável vida ate a prometida eternidade ,muitos beijinhos Lani .

    ResponderExcluir
  3. Oi Zilani!
    Excelente homenagem à árvore, que ontem foi comemorado seu dia.
    Infelizmente, muitas espécies nativas, estão sendo nesse momento, dilaceradas por uma motosserra, sem que para esse fim ela fora plantada!
    A sua poesia dá alma a elas e eu diria mais, elas são parte de nosso DNA, pois muito antes da nossa existência elas já habitavam nosso planeta, lembrando ainda, que a maioria de nossos remédios são fornecidos por elas. Até na nossa hora final, elas agasalham nosso corpo e morrem conosco!
    Abraços e boa semana!

    vitornani.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Lindo demais teu poema Zilani, realmente é como descreves. E depois de tudo, ela ainda está lá, radiante, bela, intocável.
    Um grande beijo e boa semana. Suzana

    ResponderExcluir
  5. Linda homenagem à árvore! Poesia repleta de versos lindíssimos, Lani! Uma das suas mais bonitas!...
    O meu abraço... Com carinho...

    ResponderExcluir
  6. Olá, querida Zilani
    Seu blog é tão bonito!!!
    Post intenso e que revela como somos nós a exemplo das árvores...
    Na Juventude, podemos ser abalados... depois, criamos raízes e nos fincamos no que tem sentido...
    Bjm florido

    ResponderExcluir
  7. Oi Zilani
    Delineaste com um singular viés poético o ciclo da vida com uma riqueza de detalhes inerente à grande poetisa que tu és. E na maturidade lá está ela soberba e majestosa.Assim também o somos colhendo as flores das sementes que plantamos na juventude. Parabéns pelo belíssimo poema
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Oi, Zilani...é verdade, a árvore reproduz a vida em todas as sua etapas, como um ser de grande generosidade, fazendo parte da vivência do planeta contribuindo com tudo que lhe cabe no benefício da existência...permanece impávida e serena diante da intempéries. Sempre admirei as árvores e sua força serena. Um dia humanidade vsi saber dar valor.
    Um abraço e Feliz lembrança na homenagem.

    ResponderExcluir
  9. Oi Zilani
    O clico de uma vida maravilhosamente retratado nestes belos versos. Quisera que os humanos pudessem dar-lhe o devido valor.
    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Boa noite Zilani.
    Uma linda poesia.
    Feliz primavera.
    Uma linda semana.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  11. º° º°。☆ ★彡

    Hello et MERCI pour ce beau post !!! SUPERBE !

    GROS BISOUS D'ASIE
    Bonne continuation !!! ✿✿º°。

    ResponderExcluir
  12. ¡Bravo-bravo Zilani!

    Es precioso este poema, amiga: bueno la verdad, es que todo lo pasa por tu mano es una exquisitez. Tiene brillo propio tiene sabiduría y fuerza.
    El cuadro es precios con esos árboles que se agarran a la tierra, son así como las personas; somos naturaleza que también nos agarramos a la tierra y en ella echamos y se quedan nuestras raíces.

    Ha sido un inmenso placer pasar por este vergel y sendero tropical y respirar el verdor de la naturaleza.
    Te dejo mi gratitud y mi estima. Un abrazo y feliz semana.

    ResponderExcluir
  13. Olá, Zilani!

    Linda homenagem à mãe natureza, aqui representada por uma humilde árvore.Que o sendo, nos dá muito,tanto, o essencial à vida - sem que disso nos demos conta...
    Lindamente escrito.

    Um abraço e boa semana.
    Vitor

    ResponderExcluir
  14. Muito bem arborizado o teu poema, pena que a melancolia se venha um dia a apoderar das mesmas se por acaso se sentirem sós, ou quiçá, sua vida se infernize por algum fogo. Assim somos nós humanos, uma espécie de árvores...
    Adorei!

    ResponderExcluir
  15. Verdadeiramente lindo este poema, Zilani. Parece uma oração.
    Parabéns.
    Um abraço!

    ResponderExcluir
  16. Uma Feliz Primavera pra vc ✿ฺ

    ResponderExcluir
  17. Emocionante sua poesia querida Zilani.
    Uma linda prece de amor a linda árvora.
    Um abraço cara amiga e agradecida por sua visita.

    ResponderExcluir
  18. Belo texto, Zilani, que me fez pensar: quanto temos em comum com as árvores! E é também de nós, que depende a qualidade de nossos frutos. :) Boa semana, obrigado.

    ResponderExcluir

  19. Zi, eu tenho habito de andar e observar troncos e copas de árvores mais antigas, há tanta beleza, especialmente se pensar nos anos que elas possam ter.

    Bjs

    ResponderExcluir
  20. Olá Zilani
    Lindo,a natureza é perfeita em cada detalhe.Imagine poder descansar sobre a sombra dessa frondosa árvore.
    Beijos

    ResponderExcluir
  21. Linda poesia, maravilhosa homenagem a árvore que tantos benefícios traz para a humanidade.
    Um grande abraço, Élys

    ResponderExcluir
  22. Oi, Zilani
    As minhas férias terminaram… e para assinalar o seu fim publicarei um post, logo, à meia noite. Fico-te aguardando.

    Belo poema, homenageando a árvore, um elemento tão importante na Natureza! E são tão belas, as árvores!

    Um beijo
    Miguel

    ResponderExcluir
  23. Oi Zilani querida


    Lindo poema e a imagem combinou perfeitamente.

    Beijos
    Ani

    ResponderExcluir
  24. A - DO - REI!!! Amo tresloucadamente as árvores! Beijos!

    ResponderExcluir
  25. Um belo poema , e uma homenagem à árvore que é afinal o pulmão do planeta. Gostei. Um abraço


    À margem:
    No Sexta ultimamente uma série de contos que são uma homenagem à mulher. Se estiver interessada...

    ResponderExcluir
  26. Um maravilhoso poema, e uma maravilhosa ilustração.
    Árvores são grandes símbolos de vida.
    Muito belo, Zilani, como sempre.
    xx

    ResponderExcluir
  27. Belíssima homenagem à árvore,; seja em que estação for, ela é sempre sustentáculo de nossa vida...
    Meu beijo, Lani :)

    ResponderExcluir
  28. Zilani, somos como tua linda árvore, necessitamos desse contato com a terra (com o outro ser), do oxigênio (o amor), da ação das estações (o tempo para nos refazermos)... Lindo poema querida, uma metáfora maravilhosa... Beijo e agradeço sua visita, seja sempre bem vinda ao meu humilde espaço.

    ResponderExcluir
  29. Hola querida Zilani. Ay, esa avenida de árboles me fascina.Quisiera caminar por allí leyendo tus hermosos versos.
    Muchos besos del alma.

    ResponderExcluir
  30. Bom dia amiga Zilani adorei passar por aqui e ler este poema lindo que tão bem define o nascimento e o desenvolver das arvores lindamente
    paraens querida adorei bjs com carinho marlene

    ResponderExcluir
  31. Olá, Zilani.
    Excelente analogia; conforme crescemos, sofremos da mesma forma que as árvores, expostas ao relento e sozinhas; que lições e sabedoria retirarmos destas situações é que farão diferença em nosso futuro como pessoas dispostas a tornarem o mundo um lugar melhor.
    Abraço, Zilani.

    ResponderExcluir
  32. Oi Zilani! Sempre nos presenteias com um belo poema. Adorei!

    Abraços e muita paz para ti e para os teus.

    Furtado.

    ResponderExcluir
  33. OLÁ AMADA ZILANI!
    QUE MARAVILHOSA POSTAGEM E ESSA MÚSICA DE FUNDO NOS ACALENTA O CORAÇÃO!
    OBRIGADA PELAS SUAS MEIGAS PALAVRAS SOBRE A MINHA POSTAGEM!
    JÁ QUE ESTOU OUVINDO ESSA MÚSICA, GOSTARIA DE PERGUNTAR COMO FAÇO PARA COLOCAR MÚSICA NOS MEUS BLOGGERS, TENHO MÚSICAS LINDAS QUE MEUS NETOS CANTAM , COM SUA BANDA, DURANTE O LOUVOR NO CULTO, MAS NÃO SEI COMO COLOCAR NOS BLOGGERS, SERÁ QUE FARIAS A GENTILEZA DE ENSINAR ESSA SENHORA IDOSA COMO FAZER???
    BEIJOS NO SEU LINDO E MEIGO CORAÇÃO!

    ResponderExcluir
  34. (•ิ‿•ิ)✿

    Hello et merci pour ta gentille visite sur mon petit blog !!! Je vois que vous avez vous aussi des amulettes au Brésil !!! ✿ SUPER !

    Bonne journée et GROS BISOUS D'ASIE vers toi ✿❀✿ ✿❀✿

    ResponderExcluir
  35. Um lindo canto de amor e encantamento.
    Belíssima poesia Zilani.
    Abraços amiga.

    ResponderExcluir
  36. Bom dia, Lani. Como mostrou tão bem as situações pelas quais as árvores passam em toda estação, suas nuances e como é adaptável ao clima, o quanto faz bem não importa a roupagem que vista.
    Amei.
    Tenha um lindo dia de paz.
    Beijos na alma.

    ResponderExcluir
  37. Que linda poesia em homenagem as árvores! Somos semelhantes e obedecemos ao círculo da vida. A diferença é que ela tem a raiz presa ao solo. Mas o homem tem o que chamam de sabedoria, que infelizmente, nem sempre é usada para o bem.
    Adorei a poesia ao som dessa musica maravilhosa! Beijos

    ResponderExcluir
  38. Olá, Zilani, cara amiga!
    Com satisfação lhe comunico que publiquei a Programação das apresentações do 2º Prosas Poéticas; dê uma olhada e saiba em quais datas será feita a apresentação da sua criação.
    Abraço e até mais!

    ResponderExcluir
  39. SE SIENTE FLUIR LA NATURALEZA EN SUS LETRAS.
    UN ABRAZO

    ResponderExcluir
  40. Poema análogo à vida humana. lindo e sensível. Parabéns! Amei a leitura.

    ResponderExcluir
  41. Belíssimo poema. Que a primavera nos desperte e nos faça refletir sobre a importância de todo o ecossistema na vida do ser humano.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  42. Que lindo poema, perfeito para a entrada da primavera. Beijos, tenha uma ótima semana!

    ResponderExcluir
  43. Belo poema, Célia.
    A árvore é tudo o que refere e também o maior amigo do homem (sem desprimor para o cão). Sem árvores o ser humano não sobreviveria.

    ResponderExcluir
  44. Maravilhosa homenagem às árvores em forma de poesia.
    Beijinhos
    Maria

    ResponderExcluir
  45. Boa noite poetisa..
    memorável poesia para estas que nos cercam...
    falaste de todas as possibilidades..
    faz uns 15 dias eu fui salvar uma laranjeira.. que devido as pessoas que estavam na casa vizinha não cuidavam da mesma e cercada de pestes..
    levei uma fincada do espinho da mesma rsrs
    como doeu.. eu dei uma sobrevida a ela.. e paguei o pato srrs
    bjs de boa noite

    ResponderExcluir
  46. Depois de longa data voltei a postagem,
    que parei de fazer devido a não concordância
    de uma poetisa não gostar por eu postar
    repetidas vezes o mesmo poeta ou poetisa.
    Eu resolvi atender os pedidos que recebo até hoje
    a cerca de mais de um ano ,
    quando resolvi parar com postagem.
    Depois de compreender que devo fazer aquilo ,
    que eu gosto , amigos e amigas gostam
    da minha maneira de ser e de amar meus amigos (as)
    seguidores.
    Espero de coração que você tenha gostado,
    os blogs onde ñ tiver poema colocarei de amigas (as)
    poetas e poetisas dessa forma todos terão sua vez de
    entrar na postagem também.
    No caso de livro com assuntos diferentes também será feito
    uma postagem com igualdade para todos.
    Deus abençoe seu final de semana.
    Felicidades é tudo que desejo.
    Beijos.
    Evanir.

    ResponderExcluir
  47. Olá Zilani,
    Depois de alguns dias ausente, cá estou para matar saudades e deixar o meu carinho.
    Linda poesia em homenagem a esta que, nos fornece e nos favorece com seus frutos, sombras e delicias, não importando com o tempo se apresente, sempre forte e persistente...
    Como sempre suas poesias em encantam pela delicadeza e pela forma simples como nos apresenta seus lindos versos.
    Beijos com muito carinho e tenha um lindo final de semana
    Marilene

    ResponderExcluir
  48. As árvores ensinam-nos tanto sobre a vida.
    Tão pouco protegidas por nós infelizmente.

    Um poema que reflecte a sua grande sensibilidade, parabéns!


    beijinho e bom fim de semana

    ResponderExcluir
  49. Excelente esta homenagem! a árvore bem merece. Adoro desenhá-las, com ou sem folhas, fascinam-me!
    Bjs

    ResponderExcluir
  50. oi Zilani, que bonita forma de louvar a natureza.

    beijo grande pra ti ♥

    ResponderExcluir
  51. Que maravilhosa poesia,Zilani!
    Eu amo as árvores, fico feliz de ver sua homenagem e de constatar que tantas pessoas aqui também gostam.
    Bom fim de semana.

    ResponderExcluir
  52. Olá, Zilani! Gosto demais do desenho das árvores, cada uma com sua peculiaridade, nunca são iguais... como não são iguais os seres humanos. Gosto de observar seus sábios ciclos passeando pelas estações. Na quarta descobri o reflorescer de uma árvore em frente à minha escola, quando ninguém percebeu sua beleza. Um abraço!

    ResponderExcluir
  53. Olá Lani,

    Lindíssimo poema homenageando a árvore que, através de seus ciclos, muito bem delineados em seus versos, nos trazem grandes exemplos para a vida. As árvores encantam os olhos, enfeitam a natureza e refletem fortaleza. Pena que os homens não são sábios o suficiente para cuidá-las, respeitá-las e preservá-las. Como salientou Khalil Gibran: "Árvores são poemas que a terra escreve para o céu. Nós as derrubamos e as transformamos em papel para registrar todo nosso vazio."

    Linda a imagem.

    Feliz Primavera!

    Beijo.

    ResponderExcluir
  54. Lani perfeito, lindo, destes a trajetória da vida, das estações e arrematas com a estação da renovação da vida, um dos mais belos que li hoje, parabéns,bjos Luconi

    ResponderExcluir
  55. Árvores sempre me encantam e tenho o hábito de fotografá-las. Mostram grandeza, força e beleza. Você traçou o caminho delas com belos versos. Quando vão perdendo as folhas, constroem tapetes mágicos sobre os quais pisamos, muitas vezes sem observar sua riqueza. E seguem o ciclo de suas vidas com tranquilidade, pois tudo volta a ficar encantado na primavera. Um lindo poema, que nos leva a comparar vidas, a delas e a nossa. Bjs.

    ResponderExcluir
  56. Um poema mavioso, uma homenagem de grande beleza às árvores, e se elas o pudessem ouvir com certeza sairiam a bailar suas folhas e flores agora primaveris.
    Amei.Parabéns Zilani.

    ResponderExcluir
  57. Que poema lindo,amiga!
    Você como sempre , escreve muito bem!
    A árvore tem um importância enorme no equilíbrio do nosso planeta, e representa muito em nossas vidas, pois sempre que olho uma árvore penso na própria vida, ela é a vida !
    bjus e bom final de semana,querida!
    http://www.elianedelacerda.com

    ResponderExcluir
  58. Bom dia Zilani.
    Que nessa semana que se inicia você esbarrem com sorrisos, abraços e muita paz! Que a tranquilidade invada o seu amanhecer.
    Um forte abraço.

    ResponderExcluir
  59. Que linda homenagem, e ao cair as folhas forma-se um lindo tapete! Foi linda sua lembrança a 'elas' na primavera! Triste foi ver arrancarem 270 árvores defronte a minha casa para aumentarem o hospital! Triste, pois quando aqui chegamos, todas eram ainda bebês! Defronte a minha sacada era um mar de flores, agora vai se erguer concreto.

    Beijos, carinho!

    ResponderExcluir
  60. As árvores sempre disponíveis com a sua sombra para acolherem os nossos cansaços. Belo poema em louvor das árvores.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  61. Boa semana, Zilani; aguardo o próximo post.

    ResponderExcluir
  62. Olá, Zilani
    Como não há post novo... fico aguardando o próximo, e entretanto desejo óptima semana.

    Um beijo
    Miguel

    ResponderExcluir
  63. A tua homenagem poética à árvore é magnífica.
    Gostei imenso.
    Boa semana, querida amiga Lani.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  64. Belíssimo poema, Zilani. Tão lindo quanto esta bela imagem. Árvore é tudo de bom, natureza é, aliás. Bjs e boa semana.

    ResponderExcluir
  65. Olá Zilani! Desta vez venho "só pra dizer" que teu poema, como tu mesma disseste num dos versos, é exuberante...
    Tenhas uma semana invejável.

    ResponderExcluir
  66. Zilani, vim retribuir a visita e me deparo com um maravilhoso lugar... Peço licença, que me permita andar por aqui, estás tuas linhas-estradas são pavimentadas com muitos sentimentos que adoraria explorar... Um grande abraço.

    ResponderExcluir
  67. Boa noite vim deixar uma frase pra vc

    ¸.•*¨✿✿"Há pessoas que nos salvam sem perceber. Por amor. Por amizade. Por simplesmente querer bem."

    Paolla Milnyczul ¸.•*¨✿✿


    Bjusss
    Rita

    ResponderExcluir
  68. Linda obra, Zilani!
    Definiu com sabedoria, detalhes perfeitos!
    Grande abraço e sucesso!

    ResponderExcluir
  69. Oi Zilani!
    Que bela poesia!
    As árvores que tem importante função para a vida do planeta, além da beleza e encanto que nos inspiram!
    Felicidades para você!

    ResponderExcluir
  70. Um grito oportuno expresso em maravilhosa homenagem. Vejo muita sabedoria e reflexão em seus versos.
    Um abraço de paz, deixo!

    ResponderExcluir
  71. Bela e justa homenagem, numa descrição perfeita, em poesia, de todos os momentos da vida daquela que traz os mais importantes benefícios à humanidade. A imagem, é lindíssima, em sincronia com o poema! Parabéns, Lani!
    Meu abraço...

    ResponderExcluir
  72. A natureza segue o seu ciclo, sábia. Um abraço, Yayá.

    ResponderExcluir
  73. Sua poesia é de um encantamento tamanho.
    meu marido faz aniversário no dia da árvore
    vou repassar sua poesia a ele, como presente

    bj Zizi

    ResponderExcluir
  74. "Vais dar frutos e sombra, com dedicação,
    Ao desabrigado, darás guarida para dormir,
    E ao menino, o prazer de em teus galhos subir..."

    Mas que encanto de poesia!

    beijinhos querida :*

    ResponderExcluir
  75. Obrigada de coração Lani pelo seu comentário na minha participação no prosas Poéticas!!
    Um beijo com carinho!!
    Mariangela

    ResponderExcluir

Obrigada por sua visita!

Seu comentário é sempre bem-vindo!

Beijos, Zilani Célia.