Seguidores

Recanto das letras

segunda-feira, 22 de outubro de 2012

O MENINO PASSARINHO...





Pela cidade se esgueira invisível, sem ninguém,
Pessoas passam, o olham, mas, não o veem,
Franzino, menino, homem, alguém,
Pensa se está na vida, ou se já, no além...

Enquanto o dia passa, esconde-se na fumaça,
Indefeso, a mercê da maldade que o abraça,
Procura uma moeda, jogada ao chão,
Que na certa, não será para comprar o pão...

Já quase inconsciente, inerte, nada mais sente,
E a vida agora bonita, redemoinho de cores, mente,
O leva ao sonho, às vezes medonho, doente,
Enquanto definha, criança perdida, ausente...

Num canto escuro, por instinto se abriga,
Enrosca-se e nos próprios braços se acalenta,
Talvez sonhe que é a mãe que o coloca no ninho,
E no frio da noite, sozinho... Voou... O pequeno passarinho...

  Lani

115 comentários:

  1. Infinitamente triste e infelizmente real.
    um abraço

    ResponderExcluir
  2. Uma poesia triste que emociona.
    Tenha uma boa semana.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  3. Triste, mas com muita sensibilidade...


    Tenha uma semana repleta de muita luz e paz!!
    Beijinhos!!♥

    ResponderExcluir
  4. Muy hermosa la melancolía que visten hoy tus letras querida Zilani, todo un placer.

    Un beso grande.

    ResponderExcluir
  5. Linda e triste poesia!!Adorei! beijos,tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  6. Oi querida
    Sempre nos encantando com lindas poesias
    Amei tanta criatividade
    Obrigada pela visita
    Lua Singular

    ResponderExcluir
  7. Célia, que poema lindo!... Achei magnífico! Quanta criatividade?... Você encanta com suas poesias! Meus parabéns!

    ResponderExcluir
  8. Preciosas palavras poetiza ...Lani querida ....Como transformas uma dura e visível realidade em um regato de frases lindas e poéticas ...sem perder o foco ...Há algo a ser feito ...Um belo e querido Beijo parabéns Pedro Pugliese

    ResponderExcluir
  9. Lindo!! Infelizmente uma realidade que vemos crescer com mais força em nossas ruas diariamente. Um grande beijo minha amiga e até!! Boa semana.

    ResponderExcluir
  10. Célia, querida! Que versos lindos!
    Eu adoro assim, poemas rimados, combinando palavras e sentidos!
    Carregado de emoções e de beleza, mesmo que esteja passando tristeza!

    Você é muito talentosa e sensível!
    Adorei!
    Um grande beijo!!

    ResponderExcluir
  11. Que poesia linda! Também triste e muito real Lani! E quantos passarinhos fora dos ninhos, perdidos por ai.
    Gosoto de tudo que escreve maravilhosamente bem e com grande sensibilidade!
    Beijos,
    Mariangela

    ResponderExcluir
  12. Zilani belo seu poema, sensivel e com muita criatividade.
    Gostei imenso.

    Beijos e ótima semana!

    ResponderExcluir
  13. Em sua criatividade romântica um grito pela selvageria!
    Belo posicionamento!
    Bjs. Célia.

    ResponderExcluir
  14. Boa noite,
    Poetisa!
    Sempre que venho aqui fico emocionada.
    Acho rima algo incrível.
    E com esse romantismo...é demaaaais.

    " Num canto escuro, por instinto se abriga,
    Enrosca-se e nos próprios braços se acalenta,"

    Recebi um presente muito gracioso
    e quero dividir contigo.
    Quero que fiques a vontade para receber ou não.
    Está no meu céu da felicidade.
    Um abraço carinhoso
    vera portella

    ResponderExcluir
  15. Que poema emocionante. O mundo é selvagem somente o carinho e o amor de uma mãe dão calor ao coração do menino.
    Bjos e tenha uma ótima semana.

    ResponderExcluir
  16. Olá amiga Zilani,passe em meu blog,que há uma brincadeira à fazer do Edumanes.Você foi a minha escolhida.É só copiar e seguir as regras.

    bjs.

    Carmen Lúcia

    ResponderExcluir
  17. Lani querida! Aqui tá chovendo há cântaros! E aí? Como você está? Minha amiga! Que poesia linda! Triste, mas com uma sensibilidade, e o amor que salta em cada palavra! Adorei! Um início de semana iluminado!
    Abraço fraterno e carinhoso!
    Elaine Averbuch Neves
    http://elaine-dedentroprafora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Una realidad muy común por estos tiempos Célia. Lamentable, pero real.
    Un beso

    ResponderExcluir
  19. Falou-me muito este poema, Lani! A vida é bem assim, bela e com coisas tristes ao mesmo tempo!! Um poemma realista e de liberdade... PARABÉNS!
    Com carinho e abraços

    ResponderExcluir
  20. QUE LINDO POEMA, COLEGA ZILANI!!
    MUITA INSPIRAÇÃO NESSA SEGUNDA-FEIRA...
    TENHA UMA ÓTIMA NOVA SEMANA!
    ABRAÇÃO PRA VOCÊ!!

    ResponderExcluir
  21. Hum, que aperto eu senti, lendo este emocionante poema! é tão real, tão triste!
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  22. Ninguém vê esses meninos...
    Magnífico poema, na forma e no conteúdo.
    Lani, tem uma boa semana.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  23. Olá, Zilani!

    Uma triste vida sem poesia, contada através dum lindo poema.
    Parabéns! Abraço amigo; boa semana.
    Vitor

    ResponderExcluir
  24. Triste e pungente realidade vc expressa aqui poeticamente emocionando a quem a lê,Lani.
    Tocante inspiração esta que te faz abrir as cortinas da vida.
    Bjos,
    Calu

    ResponderExcluir
  25. A sina de muitas crianças perdidas sem infância nas gdes cidades. Tiste e bela composição.

    ResponderExcluir
  26. Oi Zilani,
    Um poema tão lindo e ao mesmo tempo tão triste.
    Triste realidade....
    Bjs

    ResponderExcluir
  27. ¡¡Zuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuups!!
    No hay nada mejor que los brazos de una madre, para cobijar el desamparo de un niño perdido. Crudo poema pero magnifico amiga, su tristeza, desamor, y realidad la de estos niños solitarios, perdidos de la mano de hombres sin escrúpulos en un mundo lleno de peligros y soledades.
    Un abrazo querida amiga, de la bruxiña MORIMÓ.

    ResponderExcluir
  28. Geralmente a poesia
    Cobre a nudez da verdade
    Nas vestes da fantasia;
    Mas a tua, sem alarde,
    Expõe a chaga dorida
    De uma criança ferida
    Da indiferença covarde!


    Belo e pungente. E mais não digo.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  29. Olá amiga:
    Recebi o prémio Dardos, no meu blog http://saboresdanossavida.blogspot.com , e resolvi escolher o teu para também ser premiado, porque gosto muito, e acho que mereces pelo esforço e pelo talento.
    Vem ao meu cantinho buscar o selo, para publicares no teu blog. Parabéns e um beijinho carinhoso.
    http://saboresdanossavida.blogspot.com
    http://falandocomosmeusbotoes.blogspot.com
    http://miminhosdaidalia.blogspot.com

    ResponderExcluir
  30. AMIGA ESTIVE AQUI a noite e levei um poema seu divinamente
    LINDO.Beijos no coração,Evanir.

    ResponderExcluir
  31. Muito lindo, mas infelizmente tão real no nosso mundo atual... cada dia mais o nosso coração se ensombra com essa triste realidade...
    Beijo

    ResponderExcluir
  32. Oi Zilani,

    Um texto comovente e verdadeiro...

    Bjos

    ResponderExcluir
  33. A esperança-menino que olha tudo ao redor e espera. Um dia alça voo e, quando mais tarde alguém lhe procurar, dirá: "cumpri meu destino de voar..."
    Lindo poema, sentido como há de ser o passarinho que voa ao longe.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  34. Oi..Zilani!
    Bom dia...tenho acompanhado teu trabalho e
    muito te admiro.
    Acabei de indica la ao Premio Dardos,fiques a vontade para conferir no coração tagarela.
    Abraços
    sinval

    ResponderExcluir
  35. Boa tarde, amiga. Que lindo poema. Quanta admiração eu tenho pelo teu trabalho.
    Tua escrita não é cansativa, é limpa e boa demais de ler.
    Dura a realidade que você mostra no seu poema, que tem tons de fantasias, das que aparentemente fazem alguém feliz, mas é mera ilusão.
    As cores irão findar, mais uma vez o caminho escuro tal pessoa irá trilhar.
    Problemas sociais, que existem para nos fazer acordar, quem sabe, ajudar?
    Parabéns!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    Beijos na alma e fique na paz!

    ResponderExcluir
  36. Oi Lani :)
    Uma descrição perfeita de como vivem esses meninos...
    E não são poucos.
    Muita sensibilidade de sua parte poetizar um assunto como este.
    Abraços!

    ResponderExcluir
  37. Triste, profundo e lindo! O reflexo de uma realidade que nós rezamos pra que mude. Bjos

    ResponderExcluir
  38. Zilani minha querida!
    Tem um Presentinho pra vc no meu cantinho.
    Fique a vontade pra aceita-lo ou não.

    Depois retorno com mais tempo.
    Bjos

    ResponderExcluir
  39. Olá, Zilani.
    Belo poema, e mais triste do que deveria pelo fato de retratar uma situação real e crônica de nossa sociedade.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  40. Oi. Vim aqui por meio de outro blog. Muito legal. Gostei. Apareça pr la. Abraços.

    ResponderExcluir
  41. Oi Lani
    Obrigada pela visita e pelo convite.
    Um poema triste,emocionante,tocante e verdadeiro.
    Amei a maneira que usaste para descreve-lo.
    Abraços

    ResponderExcluir
  42. Tocante poema!
    Uma história que acontece diariamente nas ruas brasileiras, com inúmeras crianças!
    Triste, mas real!
    Abraços, Zilani!

    ResponderExcluir
  43. Zilani
    Sua poesia nos leva a sonhar
    com AMIZADE MONICA

    ResponderExcluir
  44. Uma insistente busca de se fazer notar,,,de mostrar que existe,,,beijos amiga e uma bela noite pra ti.

    ResponderExcluir
  45. Teu blog é ótimo!Parabéns!
    Vem conhecer o meu:

    leiakarine.blogspot.com

    ResponderExcluir
  46. Oi Lani,

    Emocionante metáfora, esta, hein!
    Quanta criança, vivendo desse jeito!
    A sua poesia se baseia, quase sempre, na vida real, no cotidiano. Muito bem, amiga.

    Grata por sua visita e comentário.
    Abraços da Luz.

    ResponderExcluir
  47. Olá querida Zilani!
    Lindo post, e sua poesia é fascinante.

    O menino parece invisível aos olhos dos que passam, esse menino está perdido sem rumo na vida, e muitos estão nesse caminho.Uma grande verdade amiga.

    Abraços e boa semana para vc.Bjs

    ResponderExcluir
  48. Menino passarinho com vontade de voar :) olá amiga Zi as férias se foram... e após o descanso minha Ilha já respira o natal, para tanto abri o Salão Boas Festas 2012 da Ilha para comemorarmos mais um renascimento de Menino Jesus e darmos boas vindas ao ano novo que não tarda a chegar, queria contar com tua presença e participação nas brincadeiras! - Te espero lá. Beijos no coração.

    ResponderExcluir
  49. Querida amiga

    Lindo.

    Deliciosamente lindo...


    Que a sua vida seja sempre
    um tributo a esperança.

    ResponderExcluir
  50. Triste...triste...
    Emocionei-me!

    Parabéns por tão belo e sensível poema!

    Beijos.

    ResponderExcluir
  51. Querida Zilani,
    Linguagem triste que mostra a realidade de muitos meninos passarinhos, mas mesmo assim é um lindo poema, sensível e rico em sentimentos.
    Sua poesia é emocionante!
    Beijos na alma

    ResponderExcluir
  52. Meu DEUSSSSSSSSS...que dó que me deu!!!!
    Viu como tu tocas o meu coração????
    Beijos,querida poetisa!

    ResponderExcluir
  53. Um excelente dia pra ti minha amiga....beijos e flores...

    ResponderExcluir
  54. O mundo seria mais colorido se não houvessem os "meninos passarinhos" a vagar pelas ruas.

    Abraços.

    ResponderExcluir
  55. Que poema tocante, triste, emocionante, fantástico e real.
    É impressionante como a realidade se faz dentro da fantasia, ou é o contrário?
    Belo dom!

    ResponderExcluir
  56. Olá Lani!! Coisa mais linda esse poema!!!
    Um prelúdio pra entristecer gente grande.
    Grandioso também é seu talento.Parabéns!

    Um abraço amigo.

    ResponderExcluir
  57. Oi Zilane.
    O poema me fez refletir.
    Talvez alguém carente de um amor...
    Estará este passarinho o símbolizando as desilusões, a perda, a falta de amor?
    Talvez um órfão?
    São retratos evocados em teu poema, para mim.
    Gostei, pois diz muito de todos nós.
    Um abraço, boa tarde.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  58. Que belíssima obra, muito bem escrita, com talento e, sobretudo, sentimento!
    Grande abraço e sucesso!

    ResponderExcluir
  59. Oi. A tua poesia ficou lindaaaa. Parabéns. Bjs

    ResponderExcluir
  60. UN POEMA BELLO, QUE DEJA REFLEXIÓN.
    UN ABRAZO

    ResponderExcluir
  61. Lani

    Belissimo poema, num belo esquema ritmico, a resultar bem no podemos chamar, lenda do passarinho.
    Beiijos

    ResponderExcluir
  62. Linda Zilani...
    Obrigada por teu elogio e por acreditar em mim!
    Me faz um bem enorme!
    Estou respondendo no meu blog aqueles que lá passam e deixam um comentário...é mais educado de minha parte,não é????...rsrsrsrsrs...
    Beijos...

    ResponderExcluir
  63. Olá querida Zilani!
    Vim te trazer um presente!
    Recebi o Prêmio Dardos e te escolhi como merecedora do Prêmio, se for de seu agrado, passa lá no blog e retira o seu selo "Prêmio Dardos"
    Beijos,
    Li Barbosa
    www.autoralibarbosa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  64. Querida Zilani, seu Blog é um espetáculo, seus poetar são lindos, bom amiga você já recebeu o Prêmio da amiga Mary, mas na minha lista de amigos eu escolhi você, é o mesmo Selinho The Versatile Blogger Award, fique a vontade em aceitar amiga!
    Beijos
    Clarice

    ResponderExcluir
  65. Zilani, me desculpe vi seu comentário no meu ultimo post mas tem horas que sou uma anta sabe? publiquei seu comentário e quando fui responde-lo apertei em excluir em vez de responder e não soube desfazer, me desculpe se quiser comentar novamente agradeceria. bjux!

    ResponderExcluir
  66. Olá amiga Zilani,

    A tua poesia comove, belíssima!
    Lembrei dos meninos de rua,
    Anjos que sofrem...

    Obrigada pelo carinho.
    Deixo beijos e mais beijos!

    Enigma


    ResponderExcluir
  67. Olá miga!

    Fiquei tão feliz quando te vi no profetizando que vim correndo te agradecer.

    Gratíssma querida. Aqui estou, viu?

    Desejo muita luz!!

    Beijos

    ResponderExcluir
  68. Lani que linda poesia.. adorei meu anjo...
    Passando pra desejar uma noite linda...
    .•*♥.•´✿.•´✿ .•*♥.•´✿.•´✿ .•*♥.•´✿.•´✿ .•*♥.•´
    Ame, como se ninguém nunca houvesse feito sofrer... Trabalhe, como se não precisasse do dinheiro... Dance, como se ninguém estivesse olhando... Cante, como se ninguém estivesse ouvindo... Viva, como se fosse no paraíso! Curta o que de melhor a vida lhe oferece com toda intensidade, como se fosse o último dia de sua vida ... A vida muitas vezes é curta, mas mesmo assim seu caminho é longo. Nela aprendemos a sorrir, chorar, amar, sofrer e a renascer, para amanhecer e termos um lindo dia... Não deixe para amanhã o que pode ser feito hoje...o ontem já passou... e o amanhã...talvez não chegará... Seja Feliz Sempre!
    .•*♥.•´✿.•´✿ .•*♥.•´✿.•´✿ .•*♥.•´✿.•´✿ .•*♥.•´✿.•´✿ .•*♥.•´✿.•´✿ .•*♥.•´✿.•´✿

    ResponderExcluir
  69. Oi Lani,

    Agradeço e retribuo seus bonitos e sinceros votos.

    Abraço da Luz.

    ResponderExcluir
  70. São tantos, os meninos passarinhos, esse será eterno, na bela poesia...
    Um abraço, Lani

    ResponderExcluir
  71. Oi, Zilani!

    Maravilhosa poesia!
    E há tantos meninos passarinhos perdidos por aí!
    Tem um"carinho" para você lá no blog!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  72. Minha querida

    E há tanto menino passarinho por esse mundo, sem o aconchego de uma carícia...um olhar, saber que existe para alguém.
    Belo e triste.

    Um beijinho com carinho
    Sonhadora

    ResponderExcluir
  73. Convite pra chimarrão com bolinho de chuva encheu minha boca de água e correndo vim aqui, como vai amiga? Uma triste realidade de meninos e meninas e não só do nosso Brasil, dói a alma e de certa forma nos sentimos tão inertes diante da situação, um belo grito o seu, para acordar nossas consciências, beijos Luconi

    ResponderExcluir
  74. Uma doce sensibilidade descritiva abordando uma realidade tão dura e presente em nosso dia a dia de qualquer cidade. Que bom se esses meninos passarinhos pudessem voar nas asas da liberdade e não nas asas que os aprisionam e os iludem com as falsas anestesias das dores da alma. Lindíssima poesia. Parabéns. Um abraço

    ResponderExcluir


  75. Te dejo este manojo de letras en el umbral de la esperanza,
    para que te saluden con la voz del trovador
    acompañando los anhelos, que vuelan hacia las estrellas
    en busca de quimeras…

    ¡¡Un feliz fin de semana
    Alimentando satisfacciones!!

    Atte.
    María Del Carmen




    ResponderExcluir
  76. Boa tarde, Lani. CHEGUEI ATRASADA! Eu iria te dar o selo PRÊMIO DARDOS, mas você já tem.
    Com certeza, você não poderia ficar de fora!
    Beijos na alma!

    ResponderExcluir
  77. Uma poesia encantadora amiga!
    Um beijo grande no ♥

    ResponderExcluir
  78. Adoro o blog! Estou começando o meu e espero que tenha tantos comentários como o seu daqui para a frente! :)

    Visite o meu blog, adoraria!

    escrevendoquandochove.blogspot.com

    te sigo <3, beijoo

    ResponderExcluir
  79. Que agora seja livre o menino passarinho...

    ResponderExcluir
  80. Que triste o fim deste pobre passarinho, que tentou vôos altos e despencou para o abismo.... Triste mesmo. Amiga. tem um presente para seu blog no meu., sei que já ganhou outros, mais o que vale é que são dados por pessoas diferentes. Passa lá e Lê minha postagem "Um presente muito especial". Bjusss e felicidades

    ResponderExcluir
  81. Olá!Bom dia!
    Zilani!
    Tudo bem por aqui?
    ...uma realidade tão presente em nosso dia a dia. Meninos passarinhos com as asas que os aprisionam e iludidos diante do fato que não podem voar nas asas da liberdade.
    Obrigado pelo carinho!
    Boa sexta feira!
    Beijos

    ResponderExcluir
  82. Amiga querida! Obrigada pelo carinho! O fim d semana se aproxima e eu não poderia deixar de desejar um abençoado e feliz final de semana!
    Abraço fraterno e carinhoso!
    Elaine Averbuch Neves
    http://elaine-dedentroprafora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  83. Olá querida. Tudo bem?
    Passando para te oferecer um selinho e te desejar uma linda sexta feira repleta de bênçãos, amor e paz. O link é http://gracitamensagens.blogspot.com.br/2012/10/presentes-presentes-eita-que-que-isso-e.html
    Beijokas doces na alma
    Gracita

    ResponderExcluir
  84. Ai Lani,poesia linda que emociona demais!Parabens pela inspiração e obrigada tb pelo seu comentario em meu aniversario!bjs e meu carinho,

    ResponderExcluir
  85. Realidade triste esta que faz com que pobres meninos passarinhos façam das ruas os seus lares...emocionante o teu poema, amiga, carregado de ternura e compaixão...e este arco-íris a nos seduzir ao fundo e a emocionar mais e mais...perfeito!

    Bjssssss,
    Leninha

    ResponderExcluir
  86. Olá, desculpe a demora, mas ando dando prioridade ao blog Eu bipolar buscando a paz que ainda está na fase de divulgação. Hoje aproveito um tempinho pra colocar as visitas em dia. Feliz por compartilhar este espaço acolhedor. beijos

    ResponderExcluir
  87. Amiguinha Candy,
    Você nem sabe como ficamos felizes com a sua getil visitinha
    Tenha um lindo final de semaninha
    Muitos lambeijinhos estreladinhos para você e para "seu mãe"
    Lani
    Com todo carinho dos amiguinhos
    Pepi, Xixo, Juja e Jujuba

    ResponderExcluir
  88. Um doce e lindo poetar querida amiga. Beijokas com carinbo e um bom final de semana

    ResponderExcluir
  89. Que lindo, e como acontece isso em tantas esquinas, eu mesma já presenciei uma moça, e nada pude fazer, muito triste.
    Bom final de semana
    Beijos

    ResponderExcluir
  90. Muito interessante o Blog !
    Muito difícil encontrar na “ blogosfera “ espaços originais e bacanas como este !
    Deixo aqui meu espaço, caso queria dar uma olhada, seguir...

    http://www.bolgdoano.blogspot.com.br/

    Muito Obrigada, desde já !

    ResponderExcluir
  91. Que coisa linda e tocante, Zilani! Um belo poema para iniciar o fim de semana! Bjs!

    ResponderExcluir
  92. *。¨* ✫ ” ✫. ☽¨¯*。.☆¨*。¯`☆¸.✫˚¯`☆
    Bom dia minha linda, que
    poesia mais fofa adorei, falar de menino e
    passarinho é tudo de bom
    Bjuss de bom final de semana
    Rita
    *。¨* ✫ ” ✫. ☽¨¯*。.☆¨*。¯`☆¸.✫˚¯`☆

    ResponderExcluir
  93. Oi Lani!Hoje venho aqui "SO PARA DIZER" e para me justificar. Desculpe-me pela minha ausência forçada por aqui. Ando tendo muita dificuldade com meu blog. e o que pode parecer muito simples para muitos e infinitamente complicado para mim que conheço pouco do riscado.Primeiro não conseguia trocar a midi, depois descobri que o meu blog esgotou e não tem mais espaço para blogar. Diante das dificuldades estou propenso a pendurar minhas chuteiras como blogueiro. O futuro decidirá o que fazer. Deixo aqui minha amizade e carinho e as minhas desculpas pela minha ausência. Saudações Poéticas - Mario Neves.

    ResponderExcluir
  94. Zilani, que a inspiração seja sempre o amor, obrigado por vc ser essa luz, estamos precisando tanto de amor no mundo atual. Deus lhe faça feliz...sempre.

    Ghost e Bindi

    ResponderExcluir
  95. Zilani, querida poetisa, tua poesia toca a alma da gente!
    Lindo,lindo!!Adorei teu espaço poético. Te sigo! Obrigada pela visita ao meu blog! Beijos!!

    ResponderExcluir
  96. O menino passarinho
    Ele pensou poder voar
    Estava lá no seu ninho
    Muito triste a pensar!

    Como poderia voar
    Se asas não tinha
    Estava ele a imaginar
    Lá em sua casinha!

    Bom fim de semana para você,
    amiga Zilane Célia,
    um beijo
    Eduardo.




    ResponderExcluir
  97. O mundo está cheio de passarinhos...órfãos da fortuna...que tenhamos a fraternidade de ao menos vê-los...
    Um abraço, Zilani!

    Bíndi e Ghost

    ResponderExcluir
  98. Minha amiga uma triste realidade num poema maravilhoso que toca o coração de quem lê.
    Beijinhos
    Maria

    ResponderExcluir
  99. Zilani.... linda poesia....
    Antes qu eme digam: "Os grandes amores são assim como as bexigas... se não matam imunizam... mas deixam as suas marcas ostensivas..."
    Grande prazer vir aqui e ler esse blog lindo!

    ResponderExcluir
  100. A veces la tristeza rige en las letras... adornándolas con un tinte especial.
    Bellísimas letras mi querida Zilani, un placer leerte.
    Te dejo un fuerte abrazo

    _000000___00000___
    00000000_0000000___
    0000000000000000____
    _00000000000000_____
    ___00000000000_____
    ______00000_______
    ________0________
    ________*__000000___00000
    _______*__00000000_0000000
    ______*___0000000000000000
    ______*____00000000000000
    _______*_____00000000000
    ________*_______00000
    _________*________0
    _000000___00000___*
    00000000_0000000___*
    0000000000000000____*
    _00000000000000_____*
    ___00000000000_____*
    ______00000_______*
    ________0________*
    ________*__000000___00000
    _______*__00000000_0000000
    ______*___0000000000000000
    ______*____00000000000000
    ______*______00000000000
    _______*________00000
    ________*_________0
    _________*________*
    _________*_________*
    ____________________*
    ____________________*
    ___________________*

    Buen fin de semana!

    ResponderExcluir
  101. Gostei muito deste poema. Desejo que esteja bem.
    Beijinho
    Irene Alves

    ResponderExcluir
  102. Aiga para dizer que inseri este seu poema no meu blogue
    http://sinfoniaesol.wordpress.com com os devidos créditos.
    Beijinho
    Irene Alves

    ResponderExcluir
  103. Quanos meninos não procuram que as mães os coloquem no ninho?
    Assim se faz poesia...
    Obrigada Zilani pela sia visita e comentário.
    Beijo n´oteudoceolhar *

    ResponderExcluir
  104. Retornando para desejar UMA LINDA SEMANA, LANI!
    Tudo de bom: paz, saúde e alegrias...
    Beijos

    ResponderExcluir
  105. Boa tarde, Lani. Eu sei que você já tem, vi isso depois, mas tem um selinho pra você no meu blog na postagem atual.
    Com muita honra eu te oferto!
    Beijos na alma e paz!

    ResponderExcluir


  106. Despierta a un mundo de dulces sensaciones
    Y construye una nueva semana de felicidad,
    Cabalgando entre las emociones que acarician ilusiones
    Filmando el horizonte con la pupila enamorada
    De quienes aman el rocío que nutre cada espora de vida…

    Un abrazo de guirnaldas
    Y un beso de esmeraldas.

    Atte.
    María Del Carmen




    ResponderExcluir
  107. Zilani!
    Cadê você mulher?
    sumiu!

    Volta vai rs.
    Tenha uma linda semana.

    bjos

    ResponderExcluir
  108. Um lindo poema, apesar de nos levar a triste realidade de muitas crianças abandonadas.

    ResponderExcluir
  109. Olá Lani! Vim conhecer o seu espaço e o achei bem interessante. Esse poema é maravilhoso, bem como os demais. Passeei por eles e fiquei encantado! Brincar com palavras é privilégio de poucos e transformá-las em poemas aproxima esses poucos do que há de mais sublime no próprio ser humano, que é a sensibilidade. Sentir o obvio e descrevê-lo é a tarefa dos poetas. Então, parabéns Poeta!

    ResponderExcluir
  110. Muito interessante e bonito o que você escreveu.

    ResponderExcluir
  111. artigo muito bonito
    inspiradora
    Eu realmente gostei
    ei feliz
    obrigado
    follow 749

    ResponderExcluir
  112. BOA TARDE QUERIDA AMIGA !!!!!
    Dentro da realidade dos nossos dias vc fez de uma lenda uma historia real ,compartilhou num toque de magia o menino passarinho.Transformou em versos reais ...parabéns !!!!!!
    bjsssssssssssss

    ResponderExcluir
  113. Zilani!

    Obrigada por suas visitas carinhosa.

    bjos

    ResponderExcluir

Obrigada por sua visita!

Seu comentário é sempre bem-vindo!

Beijos, Zilani Célia.