Seguidores

Recanto das letras

terça-feira, 10 de abril de 2018

A MELHOR IDADE!



Viveu a vida, a cantar e a dançar,
Queria ser feliz, o mundo abraçar,
Com a juventude, fez a melhor parceria,
Nada a preocupava, era feliz, assim o dizia...

Dona da verdade, desd’a mais tenra idade,
Pensava ser, a melhor, por superioridade,
Nenhum lugar a prendia, sonhada liberdade,
Fazia o que queria, era só, impetuosidade...

Com o passar do tempo, veio a maturidade,
A pele ficou sem viço, sem elasticidade,
O corpo perdeu as formas, no avançar da idade,
O tempo se instalou, ela olhou-se, com incredulidade...

A realidade cobrou, enquanto a alma crescia,
O pensamento agitado, acalmou, parecendo magia,
A natureza ficou mais bela, da noite pr’o dia,
E a jovem, que já foi inquieta... Hoje faz poesia...

   Lani ( Zilani Celia)

65 comentários:

  1. Oi, Zilani, que linda história tão verdadeira...a poesia esteve sempre lá travestida dos sonhos e da alegria da juventude...era primavera! depois ela se revela em sua essência
    na estação dos frutos.
    mas nunca abandonou a alma!
    Muito linda sua poesia.
    Um abraço

    ResponderExcluir
  2. Um trajeto de vida empolgante que nos leva a racionalizar os arroubos da juventude... Mente e alma agradecem poesias lindas que surgem... Ver a vida em poesia é o maior dom possível!
    Abraço.

    ResponderExcluir
  3. A idade mais bela é o hoje, o aqui e agora.
    Pela terceira vez no espaço de dois dias comento que pouco me interessa o ontem, muito menos o amanhã.
    Hoje, isso é que é essencial.

    ResponderExcluir
  4. Simplesmente maravilhoso e doce este poema. Fiquei fascinado.
    .
    * Amor sonhado nas ondas do entardecer *
    .
    Um dia feliz-

    ResponderExcluir
  5. Muito lindo,Lani!!! Que todos tenhamos essa paz e tranquilidade! Adorei! bjs, chica

    ResponderExcluir
  6. O que dizer? Soberbo poema!! AMEI!

    Beijos e um dia excelente.

    ResponderExcluir
  7. Bom dia Zilani!!
    Que Lind o poetar!
    Parabéns amiga!!
    Bjs e grata por sua visita.

    ResponderExcluir
  8. Uma história verdadeira amiga Zilani!
    Eu já estou faz tempo na melhor idade,mas procuro viver a vida com intensidade enquanto Deus assim me permitir.
    Os cabelos embranquecessem,as rugas aparecem e assim vamos vivendo com maturidade.
    Lindo poema.
    Bjs-Carmen Lúcia.

    ResponderExcluir
  9. A vida é assim...O tempo passa e inspira lindas poesias.
    Um grande abraço.
    Élys.

    ResponderExcluir
  10. E que bom que é, continuar a descobrir-se poesia pela vida fora... com a melhor idade... e o melhor estado de alma...
    Um poema maravilhoso, com uma grande retrospectiva de vida!...
    Adorei!!! Mais um trabalho notável, Zilani!
    Beijinhos!
    Ana

    ResponderExcluir
  11. Que lindo, nossa, amei, a Vida tem disso, viver todas as fases próprias, para depois fazer exatamente isso, maturidade da poesia!
    Amei, sentir a vida é bem assim, tanto quanto viver!
    Abraços apertados querida Lani!

    ResponderExcluir
  12. Olá, querida amiga Zilani!
    Que colosso! Amei cada verso mas o final da sua precioosa e perfeita mesnagem poética é escrito para mim... lindo demais, amiga!
    Perfeita descrição da melhor Idade: serenidade à mil por hora, rs...
    Acabo de chegar do Centro de Convivência da Melhor Idade e, lá, procuro esbanjar sorriso e alegria pois assim estou (a menina desafogou os nós)...
    Copiei com os direitos autorais para divulgação... Amei de coração...
    Seja muito feliz e abençoada junto aos seus amados!
    Bjm de paz e bem

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite, querida Zilani!
      Aqui está o que me falou fundo ao coração e seu blog relacionado:

      https://espiritual-marazul.blogspot.com.br/2018/04/mosaico-divinal-desfrute-o.html

      Bjm de paz e bem com gratidão

      Excluir
  13. Sempre um prazer enorme ler tão belo momento, muitos beijinhos querida amiga felicidades

    ResponderExcluir
  14. Oi Zilani! Passando para visitar e sorver de sua bela sensibilidade. beijos e abraços.

    ResponderExcluir
  15. E que melhor transformação poderia desejar que transformar a inquietação em poesia?
    Abraço

    ResponderExcluir
  16. Quanta riqueza e verdade nesses seus versos. Ainda bem que na poesia podemos ser acalmadas e consoladas. Grande poetisa. Um abraço Zilani.

    ResponderExcluir
  17. Uau. Excelente poema. Adorei :))

    Hoje:- Ainda chove no meu caminho...
    -
    Bjos
    Votos de uma boa noite

    ResponderExcluir
  18. Per me l’età migliore è quella che si vive senza lasciare troppi rimpianti dietro di noi.
    Bei versi.
    Felice weekend, un abbraccio
    enrico

    ResponderExcluir
  19. Obrigada pela poesia - linda que é - alguém me lembrou e ... que saudades!
    A escolha do tema musical agradou-me muito...chorei.... Bem haja. Bom fim de semana, Zilani, do outro lado do Atlântico

    ResponderExcluir
  20. O tempo passa mas a poesia está sempre entranhada.
    Bjs

    ResponderExcluir
  21. Nada de magia Lani! Tudo tem seu tempo, e o bom mesmo é aproveitá-lo em conformidade com as boas oportunidades que se nos aparecem. Belo poema amiga!

    Perdoe-me pela ausência, é que o meu parceiro ficou dodói e eu tive que cuidar do bichinho. Rsrs.

    Abraços,

    Furtado

    ResponderExcluir
  22. Boa noite, Zilani, viver a melhor idade com muita poesia, é a melhor forma de encantamento para quem já atingiu a maturidade, que os anos proporcionam.Seu belo poema nos mostra em cada verso a etapa desta época, da melhor idade.
    beijos!

    ResponderExcluir

  23. A poesia uma das melhores formas de se encantar.
    Bom final de semana.

    ResponderExcluir
  24. Olá, gostei do seu blog é muito interessante, eu tenho um blog onde escrevo os meus textos de diferentes temas , Fico aguardando a sua visita se gostar pode me seguir.
    Cumprimentos.

    ResponderExcluir
  25. Olá, querida Zilane!

    Teus filhos e filha, que tem teu nome, mas ao contrário, netos e marido estão bem?

    Qto mais escrevemos, melhor escrevemos, se diz e é bem verdade. É o teu caso.

    O teu poema está extremamente bem feito, inteligente, apelativo e nos mostra as fases da vida de uma forma real, bela e verdadeira.

    Na adolescência, em geral, estamos e somos um pouco inquietas, e até parece k queremos tudo, mas depois vem a acalmia, como é natural. Aparecem depois dos 30 as primeiras rugas, casamento, filhos, profissão, responsabilidades, enfim, mudamos nosso comportamento, como é normal.

    Não sei se és tu a menina "desassossegada" na adolescência, de k falas no teu magnífico poema, e que agora é mto feliz, antes tb era, k já sabe um tantão da vida e até faz poesia de há uns tempinhos. A idade é importante para atingirmos patamares de sabedoria.

    Me lembro do passado, da minha meninice e adolescência, mas é o agora, k eu tenho de viver o melhor possível. O tempo corre veloz e há que aproveitar cada átomo dele.

    Beijos e boa semana.

    ResponderExcluir
  26. Deixa que te diga, que adorei a imagem, que ilustra o poema. Tiveste mto bom gosto. Me revejo um pouco nela. Saia ou vestido curto e vistoso e tudo na mão, livros, cadernos, estojo, enfim, era preciso dar nas vistas. Abraço forte.

    ResponderExcluir
  27. Querida Zilane, quando jovem tinha preocupação de quando ficasse na melhor idade, com a pele enrugada. Logo eu que amo a vida e morro de medo de morrer!
    Agora nesta fase, curto cada ruga, me cuido é claro mas dentro da normalidade. E bem verdade que nesta fase temos algumas limitações, mas tenho certeza, se eu tivesse me cuidado mais, com exercícios, caminhadas e não tivesse comido tanta besteiras, hoje estaria melhor! Amei sua poesia e nela fui me identificando. Parabéns! grata pela visita, seja sempre bem vinda amiga!

    ResponderExcluir
  28. E viva a poesia! Atemporal como o espírito que não tem idade. O tempo, até pode esculpir rugas no rosto, mas a alma, essa se renova no entendimento do existir.

    Um abraço e uma boa semana.

    ResponderExcluir
  29. Uma história de lucidez e verdade. Realmente o espírito vai amadurecendo e começa a dar-se valor ao que realmente interessa. Gostei muito do poema.
    Uma boa semana.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  30. Fazer poesia... a melhor demonstração de que a alma continua inquieta, não? :) Boa semana, Zilani!

    ResponderExcluir
  31. Querida poetisa, que belo poema! Realmente nós fomos e seremos várias pessoas num suceder de continuações de si mesma. Já há a piada que o homem é incendiário aos dezoito e bombeiro aos quarenta...
    Gostei do termo - em já ter sido tantas personagens e agora poetisa - faço poesia! Há mais dignidade que isso? A poesia é a arte do belo; e se a "beleza salvará o mundo" como já disseram, estarás salva! Parabéns, amiga! Grande abraço. Laerte.

    ResponderExcluir
  32. Sempre me emociono lendo suas palavras, Zilani. Sempre. bjssss

    ResponderExcluir
  33. Bom dia Zilani, versos verdadeiros, tem uma música do cantor Zezo chamada metamorfose, que descreve seu poema em cheio. Não adianta arrogância, a vida aos poucos vai nos transformando, e em cada fase há sempre uma beleza a se olhar!
    Versos soberbos querida.
    Bjss!

    ResponderExcluir
  34. Amiga, o seu comentário no Sexta, foi o número 32.000 Como sempre que dobra o milhar costumo oferecer a quem o faz, um dos meus contos. Se estiver interessada mande-me o seu email, para elviracarvalho328@gmail.com
    Abraço

    ResponderExcluir
  35. https://poemasdaminhalma.blogspot.pt/
    Oi Zilani!
    Lindíssimo o seu poema, convida-me a recordar a minha infância e juventude com maior nitidez...pois se fosse eu a escrever, acho que não mudaria nem palavra nem virgula.
    Excelente adorei Zilani toda essa sinceridade.
    Beijinho de ternura.
    Luisa Fernandes

    ResponderExcluir
  36. Belíssima poesia que me fez pensar.
    Beijos e boa semana!

    ResponderExcluir
  37. Simplesmente encantador, mostrando o passar da vida, a metamorfose das etapas do viver bem poético.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  38. A melhor idade é sempre a actual... e, com o tempo, até se faz poesia...
    Magnífico poema, parabéns.
    Bom fim de semana, amiga Zilani.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  39. Cara amiga Zilani, sou quase tentado a concordar com o Jaime; aliás tenho de concordar, pois vivo a dizer que estamos atados ao aqui e o agora, portanto...
    Um abraço. Tenhas um lindo fim de semana.

    ResponderExcluir
  40. Como o passar dos tempos nos ensina.
    Maravilhoso poema
    Bom fim de semana
    Beijinhos
    Maria de
    Divagar Sobre Tudo um Pouco

    ResponderExcluir
  41. A Poesia é sonho e verdade,
    É doce sentimento e fantasia.
    A Poesia nunca teve idade,
    Rejuvenesce e cria a alegria.



    Beijo
    SOL

    ResponderExcluir
  42. Olá querida Zilani!
    Que poesia linda, uma história verdadeira e singela.
    Parabéns amiga e grata por sua doce visita.

    ResponderExcluir
  43. Aproveitando, que vim aqui espreitar este cantinho... deixo um beijinho, e votos de uma boa semana!
    Ana

    ResponderExcluir
  44. Boa noite, Zilani
    E esta jovem inquieta hoje faz poesias lindíssimas.
    Aplausos, querida.
    Beijinhos e o meu carinho.
    Verena e Bichinhos.

    ResponderExcluir
  45. Olá Zilani! Passando para te cumprimentar e desejar uma ótima semana para ti e para os teus.

    Abraços,

    Furtado

    ResponderExcluir
  46. Bom dia. Visitando e esperando novas publicações.
    .
    * Amor = Fogo que Arde em Chispas Ardentes. *
    .
    Cumprimentos

    ResponderExcluir
  47. Oi Zilani! Que gracioso seu poema, sensível...O tempo é implacável com o externo, mas a alma é tão mais sábia, sensível...És linda com toda poesia que mora em ti.
    Abraço!

    ResponderExcluir
  48. Olá, Zilani!
    Soberbo poema! Vou voltar, com calma, para ler todos os outros.
    Gostei de a ver no meu "Pétalas de Sabedoria".
    Vou colocar o seu "Só pra dizer" no meu "Rol de Leituras".
    Abraço.

    ResponderExcluir
  49. ¡Hola Zilani!!!

    Que bonita es la vida y y la juventud poder contar los momentos vividos escalonados donde fuiste creciendo en sabiduría e intelecto, progresando día a día en tu preciosa poesía siendo muy placentero leerte.

    Has conseguido plasmar esa trayectoria bonita evolucionando a la perfección.
    Te dejo mi felicitación y cariño, ha sido lindo pasar por esta tu casa donde se respira poesía exquisita por los cuatro costados; gracias por darnos tanto y tan bello.

    Te dejo un abrazo apretado, mi gratitud y estima por tu huella en mi puerto.
    Se muy, muy feliz.

    Estuve ausente de mi casa, por eso mi demora.

    ResponderExcluir
  50. Zilane Amiga .
    Eu não me afastei para sempre tive que cuidar dos antigos problemas,
    saudades nem se fala principalmente de vc sabes o quanto gosto dos seus poemas.
    Eu voltarei de vagar sempre é melhor que calar de uma vez.
    Seu poema é e sera sempre uma joia;
    Beijos carinhosos.
    Evanir.

    ResponderExcluir
  51. Boa noite! Linda poesia, o tempo passa e com ele caminhamos juntos, todas as idades são lindas! O mais importante é sermos felizes.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  52. rsrs e não é assim com todos?
    A beleza da maturidade... saber esperar... respeitar o espaço e o tempo do outro... ver que não somos donos da verdade e que tão pouco mudaremos o mundo...
    Lindo!

    Abraços esmagadores e feliz final de semana.

    ResponderExcluir
  53. Bom dia querida Zilani, o tempo nos presenteia com esta tão verdadeira metamorfose, eu já estou vivendo ta transformação, não me mordo com tais mudanças, pois são invitáveis e aceitá-las sem revolta é não são sofrer por se olhar no espelho e ver uma outra pessoa. Muito verdadeira sua poesia. Amei ler esta pérola.

    Bfs. Bjs!

    ResponderExcluir
  54. Un dulce poema.
    La vida pasa sin casi darnos cuenta.
    Muy hermoso.
    Un beso

    ResponderExcluir
  55. Boa tarde, maravilhoso auto retrato em poesia, a melhor idade é a presente.
    Feliz semana,
    AG

    ResponderExcluir
  56. Lindo este poema que retrata bem os sentimentos por nós vividos nas diversas fases da vida. Sabes, nunca pensei muito na velhice, mas, depois de ver nos meus pais ( o meu pai faleceu no dia 25/12) as consequências dessa idade, comecei a temê-la; sei que não interessa nada este meu receio, porque a vida manda e só ela sabe por quanto tempo cá andaremos, por isso o melhor é viver um dia de cada vez e pensar que a melhor idade é esta é este aqui e este agora, é este preciso instante; no próximo poderemos já ter ido para outra dimensão. Amiga, Parabéns e obrigada pelo belo momento de poesia. Beijinhos e tudo de bom para ti e para os teus.
    Emilia

    ResponderExcluir
  57. Boa semana, Zilani; aguardo o próximo post!

    ResponderExcluir
  58. Olá Zilani, vim deixar meu carinho e desejar um abençoado dia e dizer que hoje tem no meu blog:

    https://afetocolorido.blogspot.com.br/2018/05/2-anos-de-blog.html

    Bjs no coração querida.

    ResponderExcluir
  59. https://poemasdaminhalma.blogspot.pt
    Oi Zilani!
    Passei para agradecer a sua visita e comentário... amo cada poesia sua e aproveito para dizer que amo tudo o que é simples e belo...porque a beleza está na simplicidade com que Deus criou o mundo.
    Beijinho amigo.
    Luisa Fernandes

    ResponderExcluir
  60. Oi Zilani
    Como sempre mais uma linda poesia! Retrato do tempo, que serena nossos pensamentos e refina nosso olhar!
    Beijo carinhoso!

    ResponderExcluir
  61. Zilani
    Que poema bem bonito e rítmico. Em suma um poemão!...
    Beijos

    ResponderExcluir
  62. Bom dia querida Zilani,
    Cá já estive e comentei, vim saber de vc e desejar um feliz Dia das Mães.
    Meu carinho e um bj no coração!

    ResponderExcluir

Obrigada por sua visita!

Seu comentário é sempre bem-vindo!

Beijos, Zilani Célia.