Seguidores

Recanto das letras

quarta-feira, 20 de abril de 2016

PÁTRIA MÃE, BRASIL!

Seus olhos choram, suas tetas secam,
Suas entranhas agitam-se, tem fome de honestidade,
As árvores e as flores ante ela se curvam,
Uma rainha, que nunca perde a majestade...

É gigante, foi ferida de morte, seu grito se ouviu,
A dor foi forte, todo o continente sentiu,
Amargas lágrimas correm, de raiva e de vergonha,
Por ver-se, envolvida em tanta lama...

Por desmandos tiram de seu povo, o emprego,               
Tolhem seus direitos a educação e a saúde,
Predadores matam, não há segurança,
Roubam a dignidade e o futuro da criança...

Vê na fronte erguida o suor de quem labuta,
Seus filhos, sem armas, pintam o rosto, vão à luta,
Empunham o pendão, verde amarelo do céu o anil,
E orgulhosos, entoam o hino... Da Pátria mãe...  Brasil...



     Lani (Zilani Celia)

47 comentários:

  1. Olá Célia

    Muito bonita esta poesia.
    E também muito oportuno o teor da mesma.
    O Brasil, um País enorme, bonito, e rico. E contudo a desigualdade e a pobreza é o que se sabe. E agora, também o desassossego.Mas não é só no Brasil, afigura-se que o mundo está a entrar em desordem, como se de uma epidemia se tratásse, e que a todos aos poucos contagía.
    Abraço.
    Dilita

    ResponderExcluir
  2. Precisamos mesmo sentir a dor da nossa Pátria, muito bem retratado em seu Poema!
    Lani, choramos com ela, entoando o Hino ... Da Pátria, mãe... Brasil...
    Lindo o seu Poema, tenha um feliz final de semana prolongado!
    Abraços carinhosos
    Maria Teresa

    ResponderExcluir
  3. Fantástico,adorei. E já sigo o teu blog também,beijokas <3
    ❤ Célia Santiago
    Diário Feminino
    FacebookInstagramYouTube

    ResponderExcluir
  4. GRAN TRIBUTO A TU PAÍS!!!!
    ABRAZOS

    ResponderExcluir
  5. Um poema que é um excelente retrato da realidade brasileira.E um grito de dor.
    Abraço

    ResponderExcluir
  6. Muito lindos os seus versos patrióticos, Lani...
    O nosso Brasil precisa de uma "virada" na sua história...
    Haja paz, justiça e alegria dos Céus!
    Um bom feriado... Abraço

    ResponderExcluir
  7. Maravilhosa sua poesia Zilani.
    E temos que lembrar da frase:"Um filho seu jamais foge à luta"
    Para frente amado Brasil,se Deus quiser o veremos sorrir novamente.
    Bjs e um lindo feriado.
    Carmen Lúcia.

    ResponderExcluir
  8. Olá, Zilani, como vai?
    Vejo o quanto nosso país está castigado pelo sofrimento e decepção. Por outro lado é preciso que o povo seja mais consciente não só dos seus direitos como também, dos seus deveres. Fazendo nossa parte como bons cidadãos temos mais força para cobrar. Abraços!

    ResponderExcluir
  9. Nossa... fiquei comovida só em ver essa bandeira!! E teu poema fechou com chave de ouro. Estamos todos sentidos, parece que levamos uma punhalada pelas costas, não? É um orgulho ferido, esperanças mortas e a dúvida que sempre nos assalta: o que virá agora, dará certo?
    Espero que sim. Está tudo no chão, parece que sofremos uma guerra...
    Lindo poema, Zilani!
    beijo!

    ResponderExcluir
  10. Me emocionou Lane, linda e verdadeira demais tua poesia, parabéns amiga!
    Com a graça de Deus veremos nosso querido e lindo país, que não foge a luta, sorrir!
    Beijos e uma ótimo dia!
    Mariangela

    ResponderExcluir
  11. Triste, mas a realidade é essa. Há vergonha demais! Nada nos consola, ver abaixo nosso lindo país! Deus é Pai, sairemos dessa triste realidade!Abração!

    ResponderExcluir
  12. Oi Zilani!
    Linda poesia!
    Como disse Jabor:"Ai de ti Brasil"!
    Ai de nós, em meio a esse turbilhão de falta de caráter!
    Beijo carinhoso, feliz fim de semana!

    ResponderExcluir
  13. Maravilhoso o pais irmão que muito admiro e amo ,aqui neste lindo poema triste mas verdadeiro ,muitos beijinhos querida amiga.

    ResponderExcluir
  14. Estamos vivenciando um país numa situação bem delicada. Não só a pátria está abalada, mas sua população inteira, que se movimenta e reage.

    Que o amanhã seja dos melhores pra todos nós. Paz.

    Parabéns pelo lindo poema, Zilani. beijos

    ResponderExcluir
  15. Como é verdadeiro e pungente o seu lindo poema...que pena vermos assim tão sofrida uma pátria que é tão rica e amorosa. Esperamos que após essa limpeza toda, a nossa casa finalmente esteja livre de grande parte da sujeira que escondia de seus cidadãos o quanto são valorosos.
    Um grande abraço!
    Bíndi e Ghost

    ResponderExcluir
  16. Esses versos são tão verdadeiros e demonstram a situação social ao qual nossa nação enfrenta. Assim todos nós sentimos essa desordem, mas tu soube expressá-la de forma...inspirada, honesta e primorosa! A desordem é geral, mas o orgulho de sermos Brasileiros e ir a luta, por nossos direitos de exercer a cidadania.

    Abraços e tenha uma boa noite!
    :D

    (A convido para visitar meu blog)

    ResponderExcluir
  17. Lani: partilho deste excelente grito poético: por cá, andamos apreensivos e desejamos o melhor para o Brasil e para os brasileiros.
    Um bjo, querida

    ResponderExcluir
  18. Zilani, não conseguimos imaginar a história que será escrita. Conhecemos, porém, os desmandos, as falsidades, o desastre que se abate sobre nosso querido Brasil. Você cantou muito bem a dor que nos assola. bjs.

    ResponderExcluir
  19. Palavras bem patrióticas... que retratam bem os tempos conturbados, que por aí se vivem...
    Mas o amor à pátria estará sempre acima de tudo... que melhores dias cheguem rápido... e façam esquecer estes tristes acontecimentos, dos últimos tempos...
    Belíssimo e emocionante poema, Zilani!
    Beijos! Bom fim de semana!
    Ana

    ResponderExcluir
  20. Oi, Zilani, um país de potencial de riqueza...uma nação mantendo a unidade da língua em regiões tão díspares geograficamente,um amor entranhado pela pátria contida em sua história...onde foi que que erramos? o desmantelamento dos valores éticos e morais priorizando a ganância, o ganho fácil, o cinismo e o sucateamento da Educação ...o vale tudo nos relacionamentos, a mistura entre o público e o privado e a grande hipocrisia social.
    Agora como já diziam as músicas populares "Brasil mostra sua cara"... Agora é a hora de tomada de consciência e ver que a República desde sempre patina nos desmandos do poder.
    A lição da Democracia tem que ser aprendida o quanto antes.
    Um abraço

    ResponderExcluir
  21. Tão necessário esse post nos tempos em que vivemos, Zilani... Adorei. Bjs e bom fim de semana!

    ResponderExcluir
  22. Lindos versos, Zilani querida
    Rogo por dias melhores para nós brasileiros.
    Basta de tanta lama!
    Um beijinho e o meu carinho.
    Verena e Bichinhos

    ResponderExcluir
  23. Lani,
    Gostei muito de seu poema, que é um grito de dor pelo Brasil, nosso país que ainda está preso por fortes amarras de um partido desleal, desonesto, criminoso, mas que logo estará liberto. Parabéns, minha amiga.
    Um bom final de semana.
    Abraços,
    Pedro.

    ResponderExcluir
  24. Sabe, Célia, emudeci diante de tanta desfaçatez, cinismo, hipocrisia e imoralidade.
    Deus é brasileiro! Espero Nele...
    Abraço.

    ResponderExcluir
  25. Maravilhoso, Zilani, esse grito de revolta e de esperança.
    O Brasil é o país do futuro!
    Beijos!!!

    ResponderExcluir
  26. Um poema muito sentido. Que tudo corra pelo melhor no Brasil, amiga.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  27. Um grito de dor pelo nosso lindo lindo país que agoniza chafurdado na lama da impunidade, da corrupção e da vergonha.
    Mas nós seus filhos orgulhosos seguimos em frente empunhando nossa flâmula até o porvir de uma solução.
    Uma semana linda
    Beijos

    ResponderExcluir
  28. Olá Zilani,

    É isto, querida, a poesia como catarse neste momento vergonhoso
    destes políticos sem nenhuma ética e caráter do nosso Brasil!...

    Grata pela sua visita e comentário solidário a este grito de todos nós
    perante este momento no nosso País.
    Abraço carinhoso.

    ResponderExcluir
  29. Um lindo, reflexivo e sentido poema. Sem palavras...
    Só Deus pra salvar terras tao lindas de um povo tão abandonado.

    Abraço forte, amiga Zilani.
    Semana de paz pra ti.

    ResponderExcluir
  30. ¡Hola Zilani!!!

    Nos dejas unos versos exquisitos y profundos que parecen llorar por la crisis que se desarrolla en Brasil tu tierra y la mía porque así la considero, pues tengo mucha familia por ahí.
    Ojalá que pronto se arregle la situación brasileira, lo mismo deseo para nuestra España, donde tambíen se cuecen habas, los políticos dan verdadero asco nos llevan a repetir las elecciones. Quizás si fueran poetas, no pasaría lo que está pasando.
    Te dejo mi cálido abrazo, mi gratitud y mi estima siempre.

    Ten un muy feliz semana.

    ResponderExcluir
  31. Um poema muito sentido. O Brasil , com tanta riqueza natural
    e humana parece sempre ser um país adiado quanto à justiça e bem comum.
    Numa encruzilhada da qual não se sabe o que virá é triste ver a corrupção
    a pairar sobre grande parte da classe política. Pobre povo cujos políticos
    não querem sequer ouvir falar de honra.
    Excelente poema, Zilani.
    xx

    ResponderExcluir
  32. Zilani, sabes que a esse grito de dor e revolta junto o meu, pois o Brasil é meu também. Fico muito triste sempre que lá vou e agora há pouco passei lá três meses. Triste por ver o meu querido Brasil a andar para trás. A minha cidadezinha de Guaratinguetå, tão bonita e arrumadinha quando para lá fui em 76, agora tão abandonada com ruas e calçadas esburacadas, comércio fechado , mato por tudo quanto é lado. Mas, amiga, o Brasil já passou por mt crises e deu a volta por cima e agora também vai acontecer isso. Há uma coisa que temos de salientar e que nos deixa orgulhosos; a justiça está a apanhar os corruptos mesmo sendo eles de " colarinho branco " Espero que assim continue para que a corrupção vá diminuindo. Amigam tenhamos esperança! Um beijinho
    Emilia

    ResponderExcluir
  33. Belíssimo poema Zilani, pena de retratar uma realidade não tão boa que é a situação brasileira!
    Grande abraço!
    andersonribeiro18.blogspot.com

    ResponderExcluir
  34. Parece-me um problema velho que mina a dignidade de todo um povo. Não é só aí.
    Tem sido um "espectáculo" muito feio com muita gente sem ética e sem pinta de vergonha.
    Parabéns, Célia, pelo grito, pelo hino, que soltou neste belo poema.
    Bj

    ResponderExcluir
  35. Parece-me um problema velho que mina a dignidade de todo um povo. Não é só aí.
    Tem sido um "espectáculo" muito feio com muita gente sem ética e sem pinta de vergonha.
    Parabéns, Célia, pelo grito, pelo hino, que soltou neste belo poema.
    Bj

    ResponderExcluir
  36. Boa tarde Lani :)
    Um poema verdadeiro, comovente
    e digno de aplausos.
    Esse povo tão sofrido, ainda não desistiu da Pátria amada
    e por ela tem ido à luta...
    Bjs!

    ResponderExcluir
  37. Hoje vim só deixar um convite. Se puder e quiser junte-se à festa no Sexta.
    Abraço

    ResponderExcluir
  38. É isso aí Zilani: temos que ter orgulho de nossa Pátria. Nosso desgosto são os que estão no poder: um podre poder! Bjks Tetê

    ResponderExcluir
  39. Quando a ganância chega no ápice é isso que nos sobra, dor e questionamentos ...
    Todos os dias ao acordar lembro da frase "O que me preocupa não é nem o grito dos corruptos, dos violentos, dos desonestos, dos sem caráter, dos sem ética... O que me preocupa é o silêncio dos bons."

    Teu poema vem bem a calhar no momento atual em que estamos vivendo Zilani ...

    Bjos
    Minda ❤ 😍

    ResponderExcluir
  40. Como portugues, vejo com muita pena o que setá a passar nesse lindo país.
    Saudaçóes poéticas!

    ResponderExcluir
  41. Linda obra, Zilani!
    Precisamos falar mais sobre a terrível situação do país!
    Eu também criei uma obra homenageando nossos representantes!
    Grande abraço, sucesso e ótima semana!

    ResponderExcluir
  42. Belo e sentido lamento, de uma verdadeira poetisa e brasileira! Boa semana, Zilani; obrigado!

    ResponderExcluir
  43. Olá, Zilani! Seu poema me fez pensar que talvez nossa esperança esteja no amor por nossa pátria que apesar das dores e decepções, persiste. Abraços!

    ResponderExcluir
  44. Oi Zilani! Embora jogado na lama pelos crápulas que o administram, ainda me orgulho de ser seu filho. Belíssimo e pertinente à época este teu poema. Parabéns1

    Abraços,

    Furtado

    ResponderExcluir
  45. Belo Poema, Zilani, tem tudo haver com momento que estamos passando hoje em nossa bela Pátria, um poema muito oportuno parabéns.
    Bjs.
    http://kellyrlopes2015.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Obrigada por sua visita!

Seu comentário é sempre bem-vindo!

Beijos, Zilani Célia.