Seguidores

Recanto das letras

segunda-feira, 20 de outubro de 2014

ILUSÃO PERDIDA...


Desperta, senta na cama e reza,
Pensa no que fazer se só começou o dia,
Não tem ninguém, triste e fundo, suspira,
Está só, com a própria companhia...

Levanta-se, com gestos lentos veste a roupa,
Uma agonia imensa, seu pensamento, povoa,
A neve insiste em cair, congelando a rua,
Atingindo sua alma, que fria, continua...

Sai, andando pela calçada,
Muitos rostos, que não lhe dizem nada,
Estranhos, para quem, um sorriso mendiga,
Peito dorido, corpo sentindo, profunda fadiga...

Queria rogar, lhe voltasse o tempo,
Que trouxesse um amor, puro e sem sofrimento,
Juraria senti-lo, até seu último alento,
Morreria feliz, teria vivido...  Um lindo momento...


             Lani           ( Zilani Celia)



85 comentários:

  1. (•ิ‿•ิ)✿

    MERCI beaucoup pour cette magnifique poésie !

    Je t'envoie de GROS BISOUS d'Asie

    Bonne continuation !!!!!! ✿✿º°。

    ResponderExcluir
  2. Oi, Zilani...dolorida imagem de uma solidão...
    Um abraço

    ResponderExcluir
  3. Tristeza rima com beleza sim. Quem diz que não?
    Lindos versos, Zilani.
    Beijo*

    ResponderExcluir
  4. Resta a ilusão... portanto nem tudo está perdido... há uma esperança brotando...
    Abraço.

    ResponderExcluir
  5. A tristeza toca-nos a todos, é uma luta constante...!
    Em contra partida, temos a esperança que também está
    sempre por perto, e com a ajuda do Senhor vamos caminhando,
    à espera dum amanhã melhor. Tudo está nas mãos de Deus. Resta-nos
    caminhar com fé! Beijo Fraterno, em Ilusão perdida! Josélia.

    ResponderExcluir
  6. Bom dia Lani...um lindo momento sim este da sua intensa poesia...a felicidade é mais percebida por a conseguirmos comparar com tempos em que parece estar ausente de nossas vidas...esta perceção das coisas e saber aproveitar cada dia fazem a diferença na nossa vida.
    Beijinhos
    maria

    ResponderExcluir
  7. Bom dia
    Um fantástico poema, mas triste.
    A Imagem já diz tudo adorei.

    Beijinhos
    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  8. O drama da solidão feito poema.
    Gostei.
    Um abraço
    http://6feira.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  9. A tristeza também é beleza.
    Prova disso é este maravilhoso poema, é triste, ma muito bonito adorei
    Parabens poetisa!
    Abraços

    ResponderExcluir
  10. Que lindo poema Lani, mas triste. A esperança está na espreita...não podemos jamais desistir de encontrá-la!
    Beijos amiga...tudo de bom sempre!
    Mariangela

    ResponderExcluir

  11. Agindo e reagindo, eis a questão!
    Bonita poesia, Lani! Em busca do amor perdido...

    Beijos e boa semana...

    ResponderExcluir
  12. Bom dia Zilani
    Linda poesia!
    Todos sabem...
    Numa casa que por tanto tempo moramos, uma tempestade desmoronar, refazer fica mais caro do que construir outra, então a destruímos não levando sequer um tijolo para não contaminar a outra.
    Obrigada pelo carinho.
    Lua Singular

    ResponderExcluir
  13. É muito triste a solidão,mas sempre haverá um novo amanhecer,para dissipar essa saudade.
    Adorei ler.
    bjs amiga Zilani.
    Carmen Lúcia.

    ResponderExcluir
  14. O tempo é o único que leva a tristeza embora...
    Embora a solidão permaneça sempre é tempo de recomeçar...

    bjokas =)

    ResponderExcluir
  15. Bom dia Zilani,
    Que belo e triste poetar!Mas a beleza também esta contida no triste de cada um...Não percamos nunca, nem em dias de neve intensa, a delicia que é viver e só assim podemos trazer de volta a ilusão e a esperança de um lindo e terno encontro.
    Parabéns por mais esse lindo poema.
    Beijos com carinho
    Marilene

    ResponderExcluir
  16. Que coisa linda, porem tão triste. A historia de um amor perdido, doí e machuca e tempo demora muito para curar a ferida.

    ResponderExcluir
  17. Apesar dos pesares da vida, não devemos perder o norte e nem a esperança. Belo e triste poema. Bjs e feliz terça.

    ResponderExcluir
  18. Bom dia Zilani, como vai? Que delícia a tua visita no nosso espaço, volte sempre!! Obrigada pelo comentário carinhoso no Viviani...beijos

    ResponderExcluir
  19. Buscar o amor é também sofrer, enfrentar desilusões, percalços, mas vale a pena. Buscar é o que importa...
    Adorei sua visita, amiga!
    Uma semana de paz!Bjsss

    ResponderExcluir
  20. A melancolia deste poema tocou meu coração....beijos

    ResponderExcluir
  21. Oi Zilani
    Só,porém confiante e esperançosa.Lindo poema.
    beijos

    ResponderExcluir
  22. Apesar de tudo minha querida amiga a vida e tao graciosa que nos da sempre a cada amanhecer um renovar da esperança ,maravilhoso momento que tao delicadamente escreveu ,muitos beijinhos

    ResponderExcluir
  23. Um poema nostálgico, bem escrito, com emoção até ao fim!
    Saudações poéticas!

    ResponderExcluir
  24. Vazios que não podemos deixar abertos. Há que os preencher para que a ferida sare.
    Lindo poema, Zilani!
    Meu bjo :)

    ResponderExcluir
  25. A Marilene definiu bem: Que belo e triste poetar!
    O triste também pode ser bonito;

    Histórias, estórias e outras polêmicas

    ResponderExcluir
  26. Un lindo momento....un lindo poema...
    Paz
    Isaac

    ResponderExcluir
  27. Hoje estou passando somente para matar as saudades,
    e marcar minha presença.
    Sem duvidas levo no coração sua postagem.
    Só assim valerá a pena minha presença aqui.
    Um feliz continuar de semana .
    Beijos..Evanir.

    ResponderExcluir
  28. que belas palavras. muito edificante!
    bjs
    Flavia
    www.secret4beauty.blogspot.com
    www.adoteumfocinhocarente.blogspot.com
    loja virtual: www.adote.iluria.com

    ResponderExcluir
  29. [•ิ‿•ิ]❀

    MERCI à toi pour ta gentille visite sur mon petit blog ce matin.

    GROS BISOUS et à bientôt !!!!

    ResponderExcluir
  30. Bom dia Zilani,
    ah, quisera recuperar o tempo...
    se possível fosse, viver o que não vivi, fazer o que não fiz, apagar o que errei..
    Seria bom.
    bj amg

    ResponderExcluir
  31. A esperança existe e é, definitivamente, o último elo da cadeia; o elo que nos tráz vida renovada e força impensável.
    Quando o vazio é o Amor distanciado, sempre estamos ligados pelas recordações que não nos deixam sentir a solidão.
    Um belo Poema


    Beijos

    SOL

    ResponderExcluir
  32. Triste e solitário mas tão maravilhoso de ler e...imaginar a própria solidão

    Deixo cumprimentos

    Estou por aqui:

    http://pensamentosedevaneiosdoaguialivre.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  33. Todo es precioso en este blog Zilani. Un gozo leerte , escuchar esa música que me fascina.
    Te dejo mil besos del alma.

    ResponderExcluir
  34. É um banho de sensibilidade e inspiração neste espaço. Amo este pedaço de chão.
    O poema é triste, a solidão é sempre triste, mas há a esperança de uma renovação.
    Abração.

    ResponderExcluir
  35. Tão triste este poema, amiga, mas muito, muito bonito. Adorei lê-lo! Temos que aceitar que o sofrimento faz parte da vida e que a cada dia ela nos dá amanheceres muito diferentes, alguns bem tristes, bem vazios, muito difíceis de carregar. Mas a esperança tem de continuar e um dia o novo começar será muito diferente...será alegre...cheio de amor; será um " lindo momento ".
    Obrigada por esta maravilha, amiga
    Beijinhos
    Emília...

    ResponderExcluir
  36. Zi,

    Mas a ilusão já é uma causa perdida. Uma coisa é sonhar e outra se iludir.

    Bjs

    ResponderExcluir
  37. Ilusão perdida,
    onde poderá ser encontrada
    de verdes folhas despida
    da árvore uma seca pernada.

    Uma folha caída no chão,
    junto de uma lágrima sem vida
    desgostos magoam o coração
    de uma para sempre despedida!

    Desejo-lhe amiga Zi, um beijo.
    Eduardo.

    ResponderExcluir
  38. Passando para dar um oooooi rs amei seu blog!! E a musiquinha também haha to seguindo aqui :) quando tiver posts novos me avise :) te convido a conhecer meu blog também : http://nathmakeshinebr.blogspot.com.br/
    beijão!

    ResponderExcluir
  39. Que poema profundo... apesar de trazer uma dor, não deixa de ser belíssimo. Beijos!

    ResponderExcluir
  40. Vivido um lindo momento de amor....
    Beijo Lisette,

    ResponderExcluir
  41. Nos seus versos, beleza. No coração de quem assim se sente, tristeza. A dor do amor desfeito, da decepção, da saudade... machuca. E traz consigo um vazio que só a aceitação propiciará seja novamente preenchido. Bjs.

    ResponderExcluir
  42. Um bonito poema que, digo eu, faz um apelo à desaceleração do tempo.
    Afinal o que interessa é viver os momentos com honestidade e apreciá-los,
    deixar de correr a fazer mil e uma coisas nenhuma e no fim viver a frustração de não ter tempo para nada.

    ResponderExcluir
  43. Como seria se não fosse é pouco, aproveitar o que se pode, como ouvir um pássaro, olhar uma flor, andar somente pensando no bem é o que é. Um abraço, Yayá.

    ResponderExcluir
  44. '¡Hola Zilani!

    Nos dejas un exquisito poema: un poco pegado a la tristeza -ésta, hermana de la soledad del amor. Pero, no por eso, deja de ser menos bello en poema. Tiene la ternura de tu corazón de tu alma que sabe hilvanar con exquisita elegancia las letras
    Así es la vida, a veces navegamos por un mar bravo con la mirada perdida por el amor por la esperanza, pensando en aquello que pudo haber sido y no fue.
    Pero siempre que uno se caiga, ha de volver a levantarse y seguir el camino.

    Ha sido un inmenso placer leerte.
    Te dejo mi gratitud y mi estima. Un abrazo y se muy muy feliz.

    ResponderExcluir
  45. Poema triste... nao menos belo... mas triste...

    Beijos...

    ResponderExcluir
  46. Olá, Zilani!

    "Voltasse o tempo para trás, e tudo poderia ser tão diferente...."Assim pensará outra gente como a personagem que tu aqui tão bem descreves - fazendo um balanço triste da vida que ficou por viver.

    E está muito bem construído o poema.

    Um abraço e bom fim de semana.
    Vitor

    ResponderExcluir
  47. Existe sempre uma ilusão que caminha lado a lado com uma esperança, às vezes num caminho invisível. A solidão nem sempre é tão dramática como aparenta.
    Triste e belíssimo poema, Zilani!
    Estou de volta!
    xx

    ResponderExcluir
  48. Adorei o texto! Parabéns!

    http://meucarpediem.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  49. Lani a solidão é realmente triste, triste levantar se dando conta que não tem nem lembranças para recordar, para quem as tem já é triste, no entanto menos triste, como é difícil vivermos conosco mesmo, é minha amiga um aprendizado duro e necessário, linda e ao mesmo tempo triste poesia, bjos Luconi

    ResponderExcluir
  50. Que poema profundo, Zilani. Bjs e bom fim de semana.

    ResponderExcluir
  51. estou maravilhada com seu poema!
    Muito intenso o sofrimento!
    A solidão é fato!
    Bjus e bom final de semana,querida amiga!
    http://www.elianedelacerda.com

    ResponderExcluir
  52. Oi, Zilani, como vai? Eu acredito que nunca é tarde para voltar a ter a alma preenchida por um amor... desejo bons ventos ao personagem do poema. Um abraço!

    ResponderExcluir
  53. BELO E MARAVILHOSO POEMA LINDA POETISA ZILANI!
    REALMENTE SAÕ FOTOS DE FILHOS, NETOS , GENRO QUE POSTO PARA QUE MEUS AMIGOS CONHEÇAM A BELA FAMÍLIA QUE TENHO E PELA QUAL AGRADEÇO A DEUS TODOS OS DIAS!
    AMO SEUS POEMAS AMIGA , ÀS VEZES TRISTES MAS BELOS DE MANEIRA IGUAL, ÉS MUITO CRIATIVA E TE ADMIRO MUITO AMIGA!
    TENHA UM FIM DE SEMANA MUITO ABENÇOADO!
    BEIJOS COM CARINHO!

    ResponderExcluir
  54. Muito belo blog
    Obrigada pela visita
    Bárbara

    ResponderExcluir
  55. Belíssimo, Zilani, belíssimo! Amei.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  56. Um poema triste! Porém maravilhoso de ler...
    Há sempre uma esperança para tudo na vida!
    Um ótimo Domingo.
    Obrigada pelo comentário,sobre a participação da Viviani.
    Beijinhos.

    ResponderExcluir
  57. Uma doce semana, querida!
    Beijinhos em teu coração...

    ResponderExcluir
  58. Querida Lani
    Como a solidão faz doer!
    Mas deu origem a um poema muito lindo e sentido!
    Tentemos começar cada dia com um pensamento muito positivo e a nossa alma se irá fortalecendo cada vez mais.
    Afagos na sua alma
    Uma excelente semana.
    Um beijinho
    Beatriz

    ResponderExcluir
  59. Ciao Lani, come vedi, mantengo la promessa e vengo a trovarti. Ho tradotto riga per riga con Lingoes e, pur con una certa difficoltà, ho capito il senso del tuo poema. Molto bello. Cercherò di essere il più presente possibile, ma, in questo momento sono impegnato nella rilettura della traduzione che ho fatto recentemente. Buona settimana.

    ResponderExcluir
  60. Solidão: o maior de nossos medos, a mais triste de nossas realidades! Belo texto, Zilani; boa semana.

    ResponderExcluir
  61. Venho te deixar um grande abraço bem
    apertado com imenso amor ,
    aquele amor que só existe numa grande amizade.
    Eu me sinto feliz por poder contar
    com seu carinho .
    Na minha vida receber você no meu blog
    é meu melhor presente.
    Desejo você uma semana abençoada.
    Beijos no coração..
    Evanir..
    Tem que haver sempre uma esperança.

    ResponderExcluir
  62. As respostas geralmente estão na própria solidão, porém, quando tudo parece confuso, a oração pode trazer raios de luzes.

    Abraços.

    ResponderExcluir

  63. Oi Zilani, boa noite!
    Muito belo- Lindo momento!
    Sempre que te leio me encanto. Sua forma de escrever é peculiar extraordinária.
    Os poemas mais bonito são de fato os que fala em solidão...
    É a solidão que inspira os poetas, embora seja doída as vezes.

    Uma ótima semana!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  64. ¡Hola, Zilani!!!

    Paso de nuevo a releer este exquisito poema que abraza el sentimiento.
    Y con esta música melancólica tan acorde con la letra, casi se me asoma una lagrima.

    Gracias por tu buen hacer y tu cercanía.
    Un baso en vuelo.
    Feliz día.

    ResponderExcluir
  65. Magnificos porém tristes versos, Zilani
    Deixo um beijinho carinhoso para tí e afagos na pequena Candy.
    Verena e Bichinhos

    ResponderExcluir
  66. Olá minha amiga, mais um dezembro se aproxima em nossas vidas e, como tradição vamos homenagear o aniversariante Jesus Menino, por isso estou te esperando na Ilha para nos interagirmos no Boas Festas 2014. O convite é um spam, pois como sabes que meu tempinho é curto. Um enorme beijo no coração.

    ResponderExcluir
  67. Muito belo poema...Espectacular....
    Cumprimentos

    ResponderExcluir
  68. que belo poema. lindas palavras
    bjs
    Flavia
    www.secret4beauty.blogspot.com
    www.adoteumfocinhocarente.blogspot.com
    loja virtual: www.adote.iluria.com

    ResponderExcluir
  69. Meu Deus,

    O que somos sem ilusões??

    Triste!

    beijinhos, Lani, tenha um final de semana bem bonito!

    Lígia e =^.^=

    ResponderExcluir
  70. Olá Zilani! Mais um poema lindo. A tristeza toca a todas, mas melhores dias virão. Parabéns por escrever tão bem.
    Bjs

    ResponderExcluir
  71. ¡Hola Zilani!!!

    Paso a saludarte y decirte que no me cansaré de leer y releer tu poema y es que me llega a lo profundo del corazón; pues en una ocasión ya lejana, me he sentido casi igual, por eso me identifico con tus preciosos versos.

    Bien, pues quiero darte la gracias en nombre de mi amiga Josefa, por dejarle tu comentario en prosas poéticas, de J-R- Viviani. Ella está prácticamente ciega, no anda por los blogs, ni ya escribe. Tiene algunos libros publicados. Pero ahora solo se dedica a asistir a recitales que lo hace como los Ángeles. Siempre va ayudada por una asistente social, ella es una persona adorable, yo le hablo por teléfono y le voy contado los comentarios que le dejan y queda eternamente agradecida a todos los brasileños que le dejan su huella.

    De nuevo mil gracias.
    Te dejo mi cálido abrazo y mi admiración. Poeta Grade.
    Besos azules en vuelo. Desde mi Pontevedra amada.

    ResponderExcluir
  72. Amiga, você é uma poeta mesmo!
    Lindo demais, apesar de ser retratada a tristeza, mas é pra ser sentida mesmo!
    Bjus e um final de semana de paz em seu coração!
    A luz chegará em seu coração!!!!!!
    http://www.elianedelacerda.com

    ResponderExcluir
  73. Hoje é dia de deixar uma frase pra vc!

    Deus é capaz de trocar reinos por ti, abrir mares pra que possas atravessar e se preciso fosse daria novamente a vida por ti!
    Deus só não é capaz de deixar de te amar...
    Acredite!!

    Padre Fábio de Melo

    Bom final de semana
    Bjuss com meu carinho de sempre

    └──●► *Rita!!

    ResponderExcluir
  74. Ótima obra, Zilani!
    Tristemente belo!
    Grande abraço, sucesso, ótimo final de semana!

    ResponderExcluir
  75. Boa tarde!
    Que tristeza! A vida é uma ponte movediça...Eu acho.
    Bom domingo
    Bárbara

    ResponderExcluir
  76. Olá Zilani,

    Penso que a maior solidão é aquela em que nem a nossa companhia consegue nos preencher. E assim acontece quando as ilusões/sonhos morrem, pois deles dependemos para manter viva a esperança de dias mais completos e mais brilhantes.

    Belíssimo! Uma nostalgia tocante.

    Ótimo final de semana.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  77. Zilani
    O tempo nos proporciona a oportunidade de deixar para trás , aquilo
    que tanto machucou e tentar novas coisas.
    beijinhos e bom fim de semana.

    http://eueminhasplantinhas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  78. ¡¡ZUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUPS!
    Triste pero precioso de leer querida amiga, me encanto tu canto a las soledades del alma.
    Un abrazo muy fuerte para ti y tus seres queridos, a Pedro dale un achuchón muy fuerte de mi parte, un beso de la brujita amiga MORIMÓ.

    ResponderExcluir

Obrigada por sua visita!

Seu comentário é sempre bem-vindo!

Beijos, Zilani Célia.