Seguidores

Recanto das letras

quarta-feira, 14 de maio de 2014

CORAÇÃO ALADO...

  
Ah! Coração!
Lembro-te jovem, com belas asas,
Voando alto, buscando sonhos,
E, era tão bom e eram tantos...

Vem comigo, vamos buscá-los no vento,
Mesmo sendo, nosso último alento,
Reviver cada um, nem que só por um dia,
Depois, exorcizá-los, na hora da Ave-Maria...

E após cada sonho, reencontrado,
Dar-lhe adeus, como se fora vivenciado,
Pertenceu a um tempo hora distante,
D’um passado já morto, o mundo seguiu em frente...

Ah! Coração... Velho, cansado,
Se já não podes voar, então, sonha acordado,
Mantenha contigo a essência da criança,
Está tudo aí... Gravado em tua lembrança...

     Lani               (Zilani Celia)


86 comentários:

  1. Oi amiga! Eis que mais uma vez, aqui me faço presente para me deliciar com mais um dos teus belos poemas, principalmente para a estrofe abaixo:

    Vem comigo, vamos buscá-los no vento,
    Mesmo sendo, nosso último alento,
    Reviver cada um, nem que só por um dia,
    Depois, exorcizá-los, na hora da Ave-Maria...

    Beijos e muita paz para ti e para os teus.

    Furtado.

    ResponderExcluir
  2. Linda!!

    http://bloggarotaunica.blogspot.com.br

    Será que podia curtir minha página?
    www.facebook.com/GarotaUnicaBlog

    Beijoos!

    ResponderExcluir
  3. Quantos sonhos ficam para trás e quantas lembranças guardamos da expectativa de sua realização! Em nossos corações permanecem os voos e as caminhadas com pés no chão. Bjs.

    ResponderExcluir
  4. Bom dia


    Maravilhoso...mas quantas vezes sonhamos, e nunca realizamos esses sonhos... coração sofre.

    Gostei muito.

    Beijo
    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  5. oi Lani
    Eu quero que meu coração tb mantenha a doçura do passado.
    A vida as vezes é dura e nosso coração tende a endurecer tb.
    bjokas =)

    ResponderExcluir
  6. Lani

    Faz por manter sempre jovial esse coração, para mostra os poemas sempre bonitos, como o tens feito e o repetes hoje.
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Que o meu coração sempre permaneça jovem
    Lindos versos, como sempre,Zilani
    Um beijinho carinhoso para tí e afagos para a Candy
    Com todo carinho de
    Verena e Bichinhos

    ResponderExcluir
  8. Mesmo não mais podendo voar, na literalidade da palavra, mas resta o consolo de poder voar nos sonhos.Isso é muito bom!
    Tu com as tuas excelentes poesias nos fazem voar na inspiração.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  9. O coração deve ser a última coisa a envelhecer.,.. e convém deixá-lo voar sempre para se ir mantendo jovem...
    Magnífico poema m gostei imenso.
    Tem um bom resto de semana, querida amiga Zilani.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  10. Bom dia Zilani.
    Linda poesia.
    Independente de tudo,os sonhos nunca podem acabar,e o nosso coração cuidado com carinho,para que sempre permaneça como de uma criança com muito amor.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  11. Que nossos corações tenham sempre essa doçura do nosso passado.
    Essas lembranças ficam para sempre guardadas.
    Lindo amiga Zilani.
    Bjs
    Carmen Lúcia.

    ResponderExcluir
  12. Também o coraçao sofre com o tempo ,tempo que a saudade nos fazem reviver recordações ,um lindo poema querida amiga Zilani ,que Deus continue iluminando a sua vida ,beijinhos

    ResponderExcluir
  13. Boa noite Zilani! Vim deixar me carinho e ler tuas pérolas.

    Ressalto a belíssima estrofe. O coração mesmo cansado é atemporal sempre apto ao amor. Parabéns pela sensibilidade dos versos. Bjs de luz!
    "Ah! Coração... Velho, cansado,
    Se já não podes voar, então, sonha acordado,
    Mantenha contigo a essência da criança,
    Está tudo aí... Gravado em tua lembrança..."

    ResponderExcluir
  14. Que nossos corações nunca percam a ternura e a capacidade de armazenar as mais belas lembranças dos nossos sonhos.
    Um beijinho na linda e fofa Candy!
    Beijos...

    ResponderExcluir
  15. Olá, Zilani!
    Ter um coração sempre jovem, é tudo de bom!!!
    Gde beijo na alma,
    Soninha.

    ResponderExcluir
  16. Uma maravilha amiga, encantador. Um bj

    ResponderExcluir
  17. Oi, Zilani...os nossos sonhos de todos os tempos ficam guardados no fundo da alma...
    Um abraço

    ResponderExcluir
  18. Que o nosso coração, independente do tempo que passar, seja um eterno caçador de sonhos. :)

    Beijos,
    Blog | Youtube

    ResponderExcluir
  19. depois de um tempo afastada, estou retornando com meu blog..
    adoraria receber tua visita..

    bjs.Sol

    ResponderExcluir
  20. Olá querida amiga Lani!

    Saudades de ti.

    Passei por uma cirurgia, estou voltando aos poucos.

    Coração alado, é um coração amado, e os sonhos ficam guardados no coração. Linda Poesia!!

    Agradeço

    Você é uma amiga(o) especial.
    Quero guardar-te sempre em meu coração!
    Não tenho nada que possa recompensar ter uma amizade tão linda assim.
    Apenas digo obrigada, pela força, carinho de sua amizade.

    Com certeza e Fé em Deus,irei refazendo a vida.

    Beijos no coração

    Nati

    ResponderExcluir
  21. Passando em especial
    para te desejar ótimo fim de semana,
    de muita alegria
    (⁀‵⁀) ∞ ღ ∞
    .`⋎´ღ¸.•°*”˜˜”*°•ღ
    Beijinhos.
    www.coisasdeladdy.com

    ResponderExcluir
  22. Tão lindos os seus versos, Zilani...cada coração sempre traz dentro de si, tantos sonhos, tantas pessoas, tantas histórias, tanta riqueza... que nos são inesquecíveis...
    Bom final de semana, beijos,
    Valéria

    ResponderExcluir
  23. Que linda poesia,Lani! E quanto cabe e passa em cada coração,né? Lindo fds! bjs,chica

    ResponderExcluir
  24. Zi, muito bonito! sabe, o meu coração tambem anda meio cansado de muitas coisas.... parecem feridinhas, preciso que um ser alado me toque com a flecha do cupido. e existe isso?!?

    Bjs

    ResponderExcluir
  25. Um dia um certo dia, talvez já não se possa,
    nesta vida, recomeçar.
    Não deixemos que o tempo passe e,
    com ele, a ocasião de recomeçar
    um dia que podemos encher de felicidade.
    Recomeçar de um ponto de um lugar.
    Recomeçar com um gesto, com uma palavra,
    com um abraço
    O sucesso nessa vida depende de nós ,
    mais acima de tudo de Deus.
    A você um abençoado final de semana.
    Beijos e meu eterno carinho.
    Evanir..

    ResponderExcluir
  26. Ah, coração que tentamos acompanhar com todos nossos sonhos e inspirações.
    Lindo e bela construção Zilani.
    Lindo fim de semana a voce.
    Meu terno abraço amiga.
    Beijo de paz.

    ResponderExcluir
  27. Pla Lani,

    Que belo poema, mas mesmo os corações velhos e cansados
    conseguem voar pelos sonhos.
    Lindo blog, parabéns.
    beijos

    ResponderExcluir
  28. Olá Zilani.

    Obrigada pela visita em meu blog...
    Achei o seu bem fofo e adorei esse poema, bem escrito e com sentimentos intensos... Parabéns viu....
    Xero!!!!!!

    http://minhasescriturasdih.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  29. Olá, Zilani!

    Sonhos sempre terão asas; não há forma de os amarrar...

    Bonita composição, como sempre...

    Um abraço e bom fim de semana.
    Vitor

    ResponderExcluir
  30. Olá Zilani!

    É com uma baita cara-de-pau e na torcida se ser compreendido, que passo por aqui hoje para lhe convidar a conhecer o meu novo livro: Tempos Verbais! Assim como os demais, ele também está disponível gratuitamente em formato eletrônico:

    Desce Mais Uma! - Lançamento Tempos Verbais

    Muito obrigado,

    Rafael

    ResponderExcluir
  31. Boa tarde, Lani. Não podemos deixar de sonhar, independente se o nosso coração não voa mais como antes, se suas asas se perderam pelo caminho, se não exibe um frescor jovial.
    Importante em qualquer idade é lembrarmos dos sonhos bons que tivemos e continuar sonhando com novas perspectivas em nossa vida, novos sonhos. Sonhar, nunca deixar que o coração sinta que existe fim para isso.
    Muito bom, amiga.
    Tenha um fim de semana de paz!
    Beijos na alma.

    ResponderExcluir
  32. O fascínio de ter asas. O sonho de voar, sempre mesmo quando as asas estão fatigadas de tantos voos. Gostei do poema.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  33. Parabéns, Zilani. Sempre muito inspirada. As melhores asas são a imaginação, nos leva até à pessoa amada. Beijos.

    ResponderExcluir
  34. Querida amiga

    Se é verdade
    que o coração envelhece,
    também é verdade
    que os sonhos o ensinam
    a voar...

    Reencontrar sonhos,
    é reaprender o sentido da vida.

    ResponderExcluir
  35. O coração é a única coisa que não pode envelhecer em nós,pois com sua mocidade,a esperança nunca morrerá.A juventude da alma tem de perecer ao longo de nossa existência.

    Beijão,Zi!Dani.

    ResponderExcluir
  36. O coração é a única coisa que não pode envelhecer em nós,pois com sua mocidade,a esperança nunca morrerá.A juventude da alma tem de perecer ao longo de nossa existência.

    Beijão,Zi!Dani.

    ResponderExcluir
  37. UN BELLO TEXTO DE ILUSIONES Y ESPERANZAS.
    BESOS

    ResponderExcluir
  38. Pois é o coração sendo um órgão vital também se deve cansar
    muito, sobretudo nos tempos que correm.
    Estou na Irlanda, e aqui há mais tranquilidade que em Portugal,
    preciso desta calma, de vez em quando, e ainda com a maravilha
    de estar com as m/crianças.Bj.
    Irene Alves

    ResponderExcluir
  39. Lindo! No entanto, um coração "velho" ainda pode voar pelos céus do amor.
    Bom domingo Zilani

    ResponderExcluir
  40. Quando foi dito que "o coração tem razão que a própria razão desconhece", é porque tem a fortaleza de enfrentar os maiores vendavais em seus voos incessantes, constantes, desbravadores...Criam asas, sim!
    Bom domingo, Lani.
    Meu abraço!

    ResponderExcluir
  41. Oi, querida Lani!

    Tudo bem com você e família?

    Não lhe esqueci, e por isso estou passando aqui, mesmo sem ter blogues, portanto, não posso ter retribuição sua.

    Li seu poema, e já disse pra você várias vezes, que quanto mais nós escrevemos, melhor escrevemos. É o seu caso, embora a temática e a forma como é abordada tudo determine.

    Acho a blogosfera com menos participantes e comentaristas, como vocês falam aí. Não sei se as pessoas se viraram mais para o Facebook ou algo similar, contudo ainda há pessoas que vão até aos blogs de outras, dizendo: então, você anda tão "sumidinha/o" (não existe este diminutivo no Português de Portugal)," tôu" te esperando, lá no meu blog. Parece chamamento para filiação "partidária", ou algo do género. O importante é chamar, apelar, conseguir a pessoa, e depois de já ter alguma "raiz", se parte para novas "aventuras", pondo bem no fim da fila (salvo raríssimas exceções) os conhecimentos mais antigos. INCRÍVEL, pra não dizer outra coisa.

    Já reparou que todo o mundo quase sempre diz: AMEI DEMAIS SEU POST. Será verdade mesmo?

    Eu já tenho dito que não gosto deste ou daquele aspeto no escrito ou na imagem, e claro que a resposta pode tardar, mas ela vem, ela sempre chega, carregada de "explosivos".

    Acredita que não sei se corresponde ou não à verdade ou se se trata de mera VINGANÇA, e ela se serve fria, portanto, é bom "esperar", mas, também, Deus não agradou a todos, por isso, eu pobre pecadora, não devo ter essas veleidades, nem tenho/posso que me queixar, e se ele ou ela forem ateus ou agnósticos, então, aí, muito menos (é mais "chique" ser agnóstico. Você sabia disso)?

    Há poemas teus de que gosto bastante, porque o tema é bastante apelativo e estão bem construídos, gramaticalmente falando. Outros, menos, como já tive oportunidade de falar pra você. Suponho, ou melhor, tenho certeza, que em relação ao que escrevi em meus blogues, tenha acontecido o mesmo. Eu própria gostei mais de uns do que de outros.

    Vamos então ao comentário do poema, que você escreveu. Olha, foi feito COM CORAÇÃO, ah, se foi...!!!!!

    O coração, como qualquer outro órgão do nosso corpo, perde algumas capacidades/faculdades de funcionamento, mas é o único que mantém os afetos, que, embora até possam sofrer uns embates, e tenhamos de colocar "apetrechos" PARA SEU MELHOR FUNCIONAMENTO, ELE LÁ VAI CAMINHANDO, RESISTINDO E SEMPRE SENTINDO.

    O coração de você e de toda a gente não envelhece para o amor, e tudo guarda e grava, porque quem ama com amor ou amizade, ama para sempre (estou pensando, aqui, no amor de pai e mãe, em relação aos filhos/as).

    Evidente que o coração se pode cansar, como as nossas pernas, por exemplo, e precisar de novos "arrendatários", e, digo a você que não vejo nenhum mal nenhum nisso. Por vezes, o que parece não é, e o que não parece, é.

    Seu poema está um verdadeiro bolero, com sensibilidade e muita graciosidade, mas também com alguma tristeza de não sentir asas, como dantes. Isso, é apenas, pura imaginação e engano, nada mais.

    O CORAÇÃO, NA QUESTÃO DOS AFETOS, SERÁ SEMPRE CRIANÇA, EMBORA COM EXPERIÊNCIA, QUE O ENRIQUECE E O FAZ SABER DISTINGUIR O BEM DO MAL, A VERDADE DA MENTIRA.

    Tenha um bom domingo e melhor semana.

    Um beijo da Luz, com apreço e carinho.

    ResponderExcluir
  42. Lindo poema ,sonhar e uma maneira de ter asas!

    Tem um sorteio rolando no meu novo blog, quero muito quer voce participe
    http://lojatricoecompanhia.blogspot.com.br/2014/05/sorteio.html
    bjs

    ResponderExcluir
  43. Olá, Zilani.
    Bela criação; o coração é possivelmente o órgão do corpo que, por ter de sustentar toda a carga emocional de uma vida inteira, acaba por sofrer muito mais do que os outros.
    Cabe a nós cuidarmos dele, já que el não pode se cuidar sozinho.
    Estive sem internet por um bom tempo e só consegui voltar agora.
    Abraço e uma excelente emana pra ti, Zilani.

    ResponderExcluir
  44. Olá amiga! Minha visita de hoje é para agradecer sua visita ao meu blog e por deixar um belo comentário. Volte sempre aquele cantinho é nosso.
    Lindo poema, o corações é uma caixinha de segredos e sentimentos, cabe a nós cuidar bem dele, não só por ser um órgão principal do nosso corpo.
    Às vezes pedimos coisas
    para a vida
    que ela não tem como nos
    oferecer...
    Mas as vezes ela nos da
    coisas que
    não sabemos como
    agradecer...
    Muitas bênçãos pra você, hoje e em toda sua vida. Obrigada pelo carinho de sempre. Bjuss
    Prof Lourdes Duarte
    http://professoralourdesduarte.blogspot.com.br/
    http://filosofandonavidaproflourdes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  45. O coração nos surpreende, beijo Lisette.

    ResponderExcluir
  46. E o vento levou mais um lindo poema...
    Abraços, Lani!

    ResponderExcluir
  47. Quando a Zi se encontra com a Lani
    A poesia festeja e forma-se a Zilani

    Querida amiga poetisa , que saudade de seu recanto e desse aconchego de palavras que é sempre um bálsamo cada leitura .

    Ao ler cada verso bem doado e formulado, regressei em meu passado , nas emoções que esse meu coração sentiu em outrora mas como um forte coração já aprendeu a cicatrizar feridas colossais , da mesma forma , o coração forma constelação e magníficas auroras boreais , e assim é o seu poema ...um regresso de cada caminho que esse coração pisou ...ás vezes em falso e outras numa calçada da fama , ou seja , nas glórias das emoções mais humanas

    E vós como uma maravilhosa poetisa , não podia terminar melhor :

    " Ah! Coração... Velho, cansado,
    Se já não podes voar, então, sonha acordado,
    Mantenha contigo a essência da criança,
    Está tudo aí... Gravado em tua lembrança... "

    Ainda bem que temos a poesia que sustentar toda essa emoção do coração e mesmo velho e cansado faz-nos voar em altas escalas , nas mais belas plenitudes da aurora ...pois a poesia nasce e renasce e floresceu em mim agora , no Só pra dizer , cujo seu recanto enternece todo meu estado de ser .

    Muito obrigado pelo seu talento e amor à poesia .

    Que os anjos te ilumine sempre !!!!

    Abraços querida poesia !!!!

    ResponderExcluir
  48. Oi, Zilani!
    Cá estou eu conhecendo o seu espaço e me regozijando com este belo poema.
    Beijos, amiga,
    Renata

    ResponderExcluir
  49. Bom dia amiga que poema lindo maravilhoso e quanta sabedoria nos comentários adorei passar por aqui começando a semana grande abraço meu carinho e amizade bjs marlene

    ResponderExcluir
  50. O coração físico pode envelhecer (e envelhece) mas o coração dos sonhos está sempre luzidio e radioso. Só temos de optar escolher entre um velho Coração e um Coração velho.
    Uma linda POesia.



    Beijos


    SOL

    ResponderExcluir
  51. ¡¡Zuuuuuuuuuuuuuuuuups!!
    Tengo el corazón contento el corazón contento y lleno de alegría, vuela corazón joven, recuerda corazón viejo, pero nunca pierdas la ilusión de soñar... amar... aunque sea tu ultimo deseo.
    Lindo poema querida amiga, muy grande que nos coge dentro del cuerpo, que no deja de latir en todo momento... corazón contento.
    Un beso de la brujita amiga MORIMÓ.

    ResponderExcluir
  52. Com o passar do tempo, Zilani, fomos mudando, ficando mais maduros, mais experientes e, porque não, mais sábios? Com o coração acontece o mesmo. Assim como nós, ele também já não é o mesmo; bate, mas de maneira diferente e as emoções que por ele passam são diferentes também. No entanto, se quisermos ele é sempre capaz de voar até ao passado e trazer-nos todas aquelas vivências que fizeram de nós o que hoje somos e das quais sentimos muitas saudade. Há algumas que não gostamos de recordar, por terem sido doídas demais, mas, se pedirmos, o coração nos trará apenas as lembranças boas, lembranças que iluminam o nosso dia e nos dão força para continuarmos a nossa caminhada com otimismo, esperança e fé na possibilidade de continuarmos a sonhar. Gostei muito, amiga! Obrigada pela partilha. Um beijinho e a minha sincera amizade.
    Emília

    ResponderExcluir
  53. Oi Zilani!O coração não envelhece,não é?Pode ser sempre jovem como nossa alma!Um abraço!

    ResponderExcluir
  54. Acredito que todos os corações são alados, apenas que uns voam alto, outros baixo, mas ele só cansa se a gente deixa.

    Abraço,

    ResponderExcluir
  55. Minha querida

    Mesmo que o coração e o corpo envelheçam, que os sonhos continuem bem vivos dentro de nós, só assim nos sentimos vivas.
    Lindo como sempre.

    Um beijinho com carinho
    Sonhadora

    ResponderExcluir
  56. Oi Zilani,
    Que bom estar novamente aqui. Lindo te ler sempre!
    Que o nosso coração mantenha-se sempre forte e livre para voar em busca de novos horizontes, da realização de nossos sonhos.
    Obrigada sempre por tuas carinhosas visitas.
    Um grande beijo.

    ResponderExcluir
  57. Bom dia Zilane ,muito lindo o pema , nos envelhecemos ,nossos sonhos também ,que pena. Um maravilhosos dia.

    ResponderExcluir
  58. Bem-aventurança
    Criança! Bj. MMS

    ResponderExcluir
  59. Olá Lani,

    Lendo seu lindo poema veio-me à mente os sonhos engavetados pela própria contingência da vida. Bom revisitá-los e perceber que não estavam escritos nas estrelas, pois se assim fosse a minha vida teria um rumo bem diverso e contrária aos sonhos de hoje. Continuar sonhando e deixar o coração voar é o lema, pois sonhos enfeitam a vida.

    Belos dias.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  60. Bonito, Lani! O coração precisa voar/sonhar sempre e manter a essência da criança!...
    Beijos e abraços...

    ResponderExcluir
  61. Oh Lani...o meu coração morre jovem...coloquei-lhe umas asas, chamadas "Sonhos"
    Adorei o teu poema que mostra um coração cheio de sensibilidade... e lindo!
    Mil beijos
    Graça

    ResponderExcluir
  62. É preciso, sempre ir sonhando!
    Beijinho para si!

    ResponderExcluir
  63. Passando para te deixar um grande beijo e reler este lindo poema. Tenha um bom dia.
    Renata

    ResponderExcluir
  64. Zilani , gostei demais . Penso que os sonhos não deixam o coração envelhecer . Beijos

    ResponderExcluir
  65. Que beleza de versos, Zilani! Dizes bem da necessidade de sonhar sempre. Quem sonha sempre encontra motivos pra continuar, sejam sonhos pequeninos e modestos, ou grandes e distantes, eles nos conectam à luz.
    Um grande abraço!

    Bíndi e Ghost

    ResponderExcluir
  66. Somente te aplaudindo de pé para fazer jus a envergadura de tal poema, lindo demais, mas olha amiga o coração envelhece mas continua podendo voar sim, mais consciente e mais sábio, beijos Luconi

    ResponderExcluir
  67. Bom dia, Zilani
    A sua poesia é sempre muito doce e, tal como esse coração de que fala, faz-me sonhar.
    E sonhar é bom, rejuvenesce!

    Obrigado pelo seu comentário no «DEUSA». Conto sempre consigo :). Dentro de dois dias (dia 24) publico novo post. Fico lhe aguardando.

    Um beijo muito amigo
    Miguel

    ResponderExcluir
  68. Bom dia amiga voltei a ler este poema maravilhoso
    porque o que guardamos neste coração alado nem o termpo consegue apagar lindo de mais bjs com carinho marlene

    ResponderExcluir
  69. Querida Lani
    Poder ter um coração alado é bom demais!
    Pedir-lhe que mantenha esse lado de criança.é algo que nunca deve ser esquecido! É primordial para facilitar o sonho.
    Parabéns.
    Um beijinho
    Beatriz

    ResponderExcluir
  70. Oi, Lani
    O coração, para sonhar, ganha asas e voa para longe!
    Quando a idade o torna um pouco pesado e lhe custa abrir as asas... pode deixar de voar, mas não pode deixar de sonhar...
    Que o seu continue a voar é o que desejo...
    Gostei imenso deste poema.

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  71. Um abraço bem forte, bem verdadeiro,
    abraço longo, cheio de sentimento.
    Venho deixar meu abraço pelo dia do abraço
    com muito carinho.
    Evanir.

    ResponderExcluir
  72. Que o coração nunca deixe de sonhar. Enquanto há sonho há vida bem vivida!

    ResponderExcluir
  73. Boa tarde Zilani, não é só seu coração que anda cansado, eu também,,, adorei seu poema muito inspirador...bjks desejo uma semana iluminada.

    ResponderExcluir
  74. Olá Zilani,passando para lhe desejar um lindo final de semana.
    bjs
    Carmen Lúcia.

    ResponderExcluir
  75. Barbaridade que coisa mais lindaaaaa..nossa fiquei emocionada.

    ResponderExcluir
  76. Coração embalado por sonhos, não pode ser mais doce do que isso! Jovem, velho, cansado? Vivo! É isso que importa.
    Adoráveis versos
    Beijinho, um doce fim-de-semana
    Ruthia d'O Berço do Mundo

    ResponderExcluir
  77. O valor das coisas não está no tempo que elas duram, mas na intensidade com que acontecem.
    Por isso existem momentos inesquecíveis, coisas inexplicáveis e pessoas incomparáveis.(Fernando Sabino)
    Um lindo e abençoado final de semana!!!
    Abraços Marie.

    ResponderExcluir
  78. Lani querida,
    Como sempre eu em atraso com as visitas, mas creia-me não é esquecimento não, é falta de cooperação do meu pc. rsrsrs
    Lindo poema, amiga. Ah! se tudo se realizasse segundo nosso coração... mas os sonhos jamais serão esquecidos, eles ali persistem
    para nos alegrar e dar sentido as nossas vidas.
    Um afetuoso abraço e um lindo final de semana..

    ResponderExcluir
  79. O coração cansa e envelhece, mas o que guardamos dentro dele não. Lindo poema, Zilani. bjsd e bom fim de semana.

    ResponderExcluir
  80. .

    .

    . do coração . da jovialidade . ao tempo do estio .

    .

    . um beijo meu .

    .

    .

    ResponderExcluir
  81. Olá, bom dia.
    E chegamos ao fim de semana. Com saúde, paz espiritual. uns com os seus desejos, outros com as suas manias, e outros sem desejos e sem manias. Mas, o importante, é que atravessamos, mais esse mar de nuances, vivos.
    Que o Criador, tenha sempre compaixão de nós. Precisamos.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  82. Olá, Zilani
    Passando para te desejar bom fim de semana, e informar que há novo post no «DEUSA». Te aguardo... verás porquê...
    Um beijo
    Miguel

    ResponderExcluir
  83. Boa tarde,
    Quantas recordações e desilusões guarda o coração cansado pela impotência de não conseguir voar, o poema é maravilhoso.
    Dia feliz
    ag

    http://momentosagomes-ag.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  84. Que maravilha de poema,,Zilani.Amo seu jeito doce de escrever.Obrigada pela visita,seus elogios,querida. Aqui você sempre se supera também.

    Obrigada pela visita e ótimo fim de semana

    Beijos

    Donetzka

    Face Book:


    https://www.facebook.com/donetzka.cercck

    Twitter: @donetzka13


    Blog Magia de Donetzka


    ResponderExcluir
  85. Uma doçura em versos Zilani... Coração que sonha e voa nas asas da poesia. Obrigada pela gentil visita. Deixo meu abraço de paz.

    ResponderExcluir

Obrigada por sua visita!

Seu comentário é sempre bem-vindo!

Beijos, Zilani Célia.