Seguidores

Recanto das letras

terça-feira, 16 de julho de 2013

RESILIÊNCIA...


Pela espessa densidade do tempo,
Não transponho a linha tênue que nos separa,
Dou um passo em tua direção e algo me para,
É a parede invisível do desencanto...

E assim, permaneço estática e cega,
Minhas forças já inúteis se esvaem de mim,
De nada valeu, da alma a pura entrega,
Se agora podes ver meu triste fim...

E enquanto a noite escura, de tudo toma conta,
Meu corpo ainda frio, lentamente se levanta,
Veste o manto pesado da solidão,
E sai, procurando apenas, um apoio ou uma mão...

Uma fina garoa aos poucos me desperta,
Gemendo, te arranco do peito a chaga é aberta,
Pelas mãos molhadas escorrem os restos teus,
Meu coração liberto... Enfim te diz...  Adeus...

      Lani

66 comentários:

  1. Ai Lani que doído esse poema, tão triste, tão apaixonante, e tão sofrido!!! Mas nem por isso lindo demais como todos que voce posta. Hoje estou meio triste com alguns problemas que andam acontecendo, e essa poesia me transmitiu a minha dor. Adorei viu? Beijocas

    ResponderExcluir
  2. Sempre esqueço de falar, adoro sua Candy muito fofa, lembra uma que tive a Pituxa. Agora tenho meu pequenino Gigio, meu amor, meu amigo, sincero, que me ama de verdade e para sempre. Linda sua Candy. Beijocas

    ResponderExcluir
  3. Lani!
    Resiliência, palavra forte e libertadora!...
    Gostei da conclusão: "Meu coração liberto... Enfim te diz... Adeus..."

    Uma Boa Noite... Muitos abraços...

    ResponderExcluir
  4. Oi Lani,
    Sua poesia é linda do início ao fim, mas o final dela é poderoso, revela a capacidade de reconstrução do ser humano, depois de experimentar as piores frustrações. Gostei muito, senti a energia que flui de tuas palavras!

    Beijo, conterrânea :)

    ResponderExcluir
  5. Poema do Adeus Maior. Belíssimo.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  6. Vim te dá um oi! Mas entendo que todos nós sofremos, caímos, levantamos e no dia seguinte: Erguemos a cabeça e bola pra frente.....como no poema!

    ResponderExcluir
  7. Beijos e abraços carinhosos......tenha uma semana abençoada de muita paz! + beijos....

    ResponderExcluir
  8. Como dói , arrancar alguma coisa de nós...

    boa semana.

    http://eueminhasplantinhas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Profundo... amei o poema, bjs.

    ResponderExcluir
  10. Oi Lani,


    É dolorido quando esse arremate da história termina, sair de dentro da gente as vezes dói.
    Esse final foi com chave de ouro.Meu coração liberto... Enfim te diz... Adeus...

    Maravilhoso seu poema...
    Ja tem atualização, passa lá pra da uma olhadinha.
    Beijos!
    ótima semana!

    ResponderExcluir
  11. Na noite mais escura ou na penumbra a solidão sempre nos abraça e nos leva pra passear.


    brendovieira.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Bom dia

    Um poema intenso, profundo na tristeza, forte na mensagem de amor.
    Gostei muito de ler
    Fique feliz
    *******************
    Querendo, visitem-me ...Obrigado

    http://pensamentosedevaneiosdoaguialivre.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  13. Olá Zilani!
    Você escreve maravilhosamente!
    Um poema muito triste, belo, belo.
    Parabéns! Adorei!

    ResponderExcluir
  14. Hola querida Zilani. me encantó tu poema , elocuente y claro. Sólo apoyándonos en la resiliencia podemos resurgir .ponernos después de los golpes de la vida. Salir a flote.
    Besos del alma :)

    ResponderExcluir
  15. Oi, zilani, a alma nos seus limites rompe as algemas da escravidão.
    Um abraço

    ResponderExcluir
  16. Um lindo poema triste mas cheio de sentimentos ,não poderia terminar de outra forma ,meus parabéns beijinhos

    ResponderExcluir
  17. Oi amiga, adorei esse poema, é muito lindo mesmo sendo muito triste!
    Tenha uma ótima semana, beijos!

    ResponderExcluir
  18. Lani, é essa nossa capacidade de refazimento que nos conduz além da dor e nos põe de pé novamente. Vc baila com maestria pelos versos e isso é bom para quem aprecia uma boa leitura. Bjos.

    ResponderExcluir
  19. Boa tarde Lani :)
    Poesia triste,mas com sombras de esperança.
    Quem é resiliente,enfrenta as crises bravamente,
    sempre dá a volta por cima,e sabe que recomeçar é preciso.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  20. Um poema lindo, mas triste.
    Beijos, Élys.

    ResponderExcluir
  21. Oi Zilani!

    Como dói arrancar alguém do nosso coração...Muito lindo seu poema, me fez recordar uma situação parecida.
    Difícil a dor do Adeus...

    Bjo no coração minha linda amiga!

    ResponderExcluir
  22. Espléndidas letras con una energía única que traspasa la melancolía!
    Un placer leerte, te dejo un fuerte abrazo, bella jornada!

    http://perfumederosas-cristina.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  23. Triste, profundo e tocante poema, Zilani! Palavras muito bem colocadas e emocionantes. Bjssss

    ResponderExcluir
  24. "Ninguém vive uma paixão impunemente. A intensidade é uma doença contagiosa. E eu não concebo a vida sem contágios. Sei sobre a dor da solidão, a falta de ar, perda de chão. Sei que nada mais vai ter importância. Sei que o mundo vai ficar pequeno e perder o sentido". - Do filme Nome Próprio.

    Que poema belíssimo Zilani, sentimento à flor da pele. Dizem que a tristeza inspira as melhores músicas e poesias, já notou? Embora não necessariamente precisem ser sempre tristes, obviamente. E esse baixinho ai do lado, o que é seu? Tempo bom né. "Como são belos os dias do despontar da existência!"

    http://apoesiaestamorrendo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  25. Querida amiga vim agradecer
    A sua presença carinhosa no meu cantinho
    Me dando força para seguir meu caminho
    Com serenidade paz e alegria.
    Tenha uma linda semana, coberta de muita paz e amor!
    Com carinho
    Abraço amigo!
    Maria Alice

    ResponderExcluir
  26. Agradeço a Deus cada laço de amizade ,
    que eu criei nesse mundo.
    Hoje desfruto do amor e
    da bondade de vocês.
    Deus esteja sempre contigo
    nessa caminha longa das nossas vidas.
    Um abençoado final de semana,
    beijos e meu carinho hoje e sempre ,Evanir.

    ResponderExcluir
  27. oi... que doloroso e profundo ao mesmo tempo...
    lindo demais!!!
    bjs
    Ritinha

    ResponderExcluir
  28. Oi tudo bem , respondendo sua pergunta , eu sou de joinville -SC, o frio as vezes nos maltrata mas tem seu lado bom né? bjs

    http://eueminhasplantinhas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  29. Poema de beleza chocante, como de costume...
    Abraços, Zilani!

    ResponderExcluir
  30. ¡¡Zuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuups!!
    Precioso poema lleno de melancolía querida amiga, es un placer poder leer lo que nos regalas en este lugar tan cálido virtual. Me encanta volar con "Petra" por aquí, y dejarte mis mejores deseos de cariño linda amiga.
    Un beso muy grande, de esta brujita MORIMÓ.

    ResponderExcluir
  31. Oi Lani

    Um poema triste de despedida, mas que toca o coração.
    Obrigada pelas palavras sempre carinhosas e agora também no blog da Lu. Adorei.

    Lindos dias cheios de luz.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  32. Muito belo, mas triste, Zilani linda!
    Beijinhos, bom fim-de-semana e... estou por aqui ;)

    ResponderExcluir
  33. Belo e triste mesmo, a dor de dizer adeus.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  34. Triste, porém, lindo. Zilani, beijos!

    ResponderExcluir
  35. E enquanto a noite escura,de tudo toma conta,eu te desejo um excelente fim-de-semana,passei por aqui para te deixar um beijinho dado com carinho,foi um prazer ler o teu poema. Fica com deus!! http://pontodecruzdamafalda.blogspot.pt

    ResponderExcluir
  36. Oi, Lani!

    Só o que é nosso o que fica.

    Feliz DIA DO AMIGO e bom fim semana.

    Beijos da Luz.

    ResponderExcluir
  37. Querida Lani
    O seu poema é muito belo.É pena que esteja a sentir o desencanto.Mas,vai passar.
    Só depende de si.Eu sei que é difícil,pois,quando o desencanto nos separa,só nos resta a solidão.Porém,pense sempre que não está só,está com Deus.
    E ,como sei que é uma pessoa forte,foi capaz de arrancar do seu coração quem a magoou.
    Hoje é o Dia do Amigo e creia que tem muitos.
    Um ótimo sábado e obrigada pela partilha.
    Beijinhos da
    Beatriz

    ResponderExcluir
  38. Poema forte e belo , Lani .
    Sabe que sua escrita nos encanta , não é ?
    Agradecendo sempre a partilha aproveito para lhe desejar um alegre dia do amigo .
    Bom final de semana
    Beijos

    ResponderExcluir
  39. Olá hj é um dia especial, deixo aqui
    uma frase pela bela amizade que temos
    Agradeço sempre seu carinho.


    Pode ser que um dia nos afastemos...
    Mas, se formos amigos de verdade,
    A amizade nos reaproximará.

    (Albert Einstein)

    Bjusss
    Rita!!!!

    ResponderExcluir


  40. Qué bello puede llegar a ser el día
    Cuando la amistad lo ha iluminado...
    ► ♣ ◄

    Hoy día del amigo golondrina quisiera ser,
    Para acercarte desde la distancia mí estimado aprecio.
    ► ♣ ◄

    Aquel que se crece con el silencio de las palabras,
    Cuando a tu paso vas dejando en el alféizar del viento,
    Semillas de cariño que han sido engalanadas
    Por el mágico sentimiento de la amistad…
    ► ♣ ◄

    Deseo pases una tarde de sábado esplendida,
    Descansando sobre nubes de algodón
    Y acuarelas de estrellas…
    ► ♣ ◄

    Hoy más que nunca
    Un fuerte y sentido abrazo
    De mí para ti!!

    Atte.
    María Del Carmen



    ResponderExcluir
  41. Lani, especialmente hoje venho por aqui e deixo o meu abraço amigo e grato pela sua boa amizade!

    TODO DIA É DIA DE EXPRESSAR O NOSSO CARINHO...

    BOM FINAL DE SÁBADO E BOM DOMINGO!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  42. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  43. Boa noite Zilani
    É triste e sofrido o fim de um grande amor.
    Vim lhe desejar um feliz dia do amigo. Que sua noite seja regada com o carinho dos verdadeiros amigos.
    Tem um carinho no meu blogue pra você
    Meu fraternal abraço
    Bruno

    ResponderExcluir
  44. Querida Zilani, hoje os amigos merecem homenagens especiais, pois é o seu dia.
    “O verdadeiro amigo não é aquele que está com você todos os dias mas, sim aquele que, quando você está no chão ele te ajuda a levantar e diz que sempre que precisar ele vai estar do seu lado”.
    Que você tenha verdadeiros amigos, anjos sem asas, tesouros que não tem preço.
    Na vida Deus me presenteia com grandes amigos, reais e virtuais, todos importantes na minha vida.
    Que bom que posso te chamar e te sentir minha amiga.
    Abraços com carinho e desejo de felicidade.
    Lourdes Duarte.

    ResponderExcluir
  45. Amiga
    Passando para te desejar um feliz Dia do Amigo.
    Quando estamos tristes, recorremos àqueles que nos fazem bem. E esses só podem ser os amigos.
    Com carinho.
    Ana

    ResponderExcluir
  46. Um momento especial de renovação para sua alma e seu espírito,
    porque Deus, na sua infinita sabedoria, deu à natureza,
    a capacidade de desabrochar a cada nova estação e a nós
    capacidade de recomeçar.
    Desejo a você, um final de semana cheio de amor e de alegrias.
    Afinal Deus nos a oportunidade de fazer novas amizades,
    ajudar mais pessoas,
    aprender e ensinar novas lições,
    vivenciar outras dores e suportar velhos problemas.
    Sorrir por novos motivos e chorar outros,
    porque amar o próximo é dar mais amparo,
    orar e agradecer .
    Fazer novas amizades é amadurecer um pouco mais
    e olhar a vida como uma dádiva de Deus.
    É ser grato, reconhecido,
    forte, é ter fé acima de tudo.
    Que o Senhor abençoe a você,
    no doce lar Lugar onde vive!
    Que você possa ver sua
    família crescer e progredir,
    e tenhas uma vida longa,
    com saúde , paz e eterna felicidade.
    Um Feliz Dia Do Amigo : Estou atrasada , mais Nunca esqueceria essa data.
    Tem um mimo
    na postagem fique a vontade para pegar.
    Um abençoado final de semana.
    Deus abençoe VOCÊ!
    Beijos da amiga sempre ,Evanir.

    ResponderExcluir
  47. Oi querida amiga, que linda poesia, você tem um sensibilidade incrível para escrever! Adorei1
    Tenha uma ótima semana, beijos!

    ResponderExcluir
  48. Linda poesia!

    Se puder dá uma passadinha no meu e deixa um comentário?
    Meu mundo, Meu quarto

    ResponderExcluir
  49. Oi Zilani!Você descreveu muito bem como é dolorido perder um grande amor!Um abraço e boa semana!

    ResponderExcluir
  50. Boa noite Zilani! Muitas vezes nesta caminhada acontecem situações, doloridas, tristes, que nos machucam...Para que apressemos o passo e aprendemos a voar, mais e mais alto, em direção do amor que transcende! Linda poesia, um tanto triste... Abençoada semana! Abraços...

    ResponderExcluir
  51. Oi, Zilani!
    Um poema que nos pega de jeito com uma poesia sofrida. Como pode ser lindo e triste ao mesmo tempo?
    Boa semana!!
    Beijus,

    ResponderExcluir
  52. Por vezes o desapego,o deixar ir pode ser a melhor opção.

    beijinho

    ResponderExcluir
  53. Olá, vim agradecer e retribuir a visita no meu blog.
    Adorei o seu blog e já o estou a seguir.
    Adorei este poema.
    http://strawberrycandymoreira.blogspot.pt/
    Beijinhos,

    ResponderExcluir
  54. Oi, Lani!

    Está tudo bem com você?

    Está com seus filhos, nora e neto. Graças a Deus.

    O PAPA FRANCISCO I CHEGARÁ, HOJE, AO BRASIL. QUE TUDO DECORRA MUITO BEM, E QU ELE ABENÇOE TODO ESSE POVO.

    Como católica que sou, quero paz, concórdia, segurança, amor e igualdade social, pra todo o mundo.

    Boa semana.

    Beijos da Luz.

    ResponderExcluir
  55. Bom dia, Lani. Um dos seus poemas mais belos, até então.
    Realmente, não importa que doemos a alma se não há o retorno, se o outro não vibra na mesma sintonia que a nossa.
    Vem o pedido de perdão, depois de muitas feridas causadas e a constatação de uma gangorra no outro inexplicável.
    O nosso amor que é intenso, muito forte, fica fraco, sem ação, apático.
    Mesmo conscientes que o amor pode curar, renovar, salvar, existem situações em que a outra pessoa, geralmente confusa em si mesma, não aceita ajuda.
    Sofremos, resgatamos aos poucos a nossa autoestima e seguimos em frente com a pouca força e a coragem tímida que temos em nós.
    O amor permanece, apenas se foram as esperanças.
    Verdadeiro demais!
    Beijo grande e excelente semana!

    ResponderExcluir
  56. Olá, Zilani!

    Nem sempre o renunciar é fácil, ainda que o nosso lado racional nos diga que é chegado o momento; mas depois lá vem a senhora emoção, que se intromete e tudo complica...

    Tristinho, mas muito bem escrito.

    Boa semana e abraço amigo.
    Vitor

    ResponderExcluir
  57. ... quanto nos custa, às vezes, Zilani, libertar o coração! Belo texto, boa semana.

    ResponderExcluir
  58. Oi, Lani!

    Foi com muita alegria que recebi tuas palavras. Julguei que algo ruim pudesse ter acontecido com você ou com alguém de sua família. Graças a Deus que estiveste acompanhada, e muito bem acompanhada.

    O MAIOR PAÍS CATÓLICO DO MUNDO RECEBEU O NOSSO PAPA. PENSO QUE ÉS CATÓLICA, DAÍ ESTAR DIZENDO NOSSA.

    Que multidão! Que entusiasmo! Só que a Presidente Wilma e o governo, em geral, deveria ter desviado o trânsito pra outras estradas, ou mesmo pará-lo, com exceção às ambulâncias, para passar a comitiva Papal. Má organização. Eu sei que circular no Brasil é caótico, vejo pela TV, mas esses políticos daí, têm de pensar em acontecimentos desse género.

    Que toda a visita decorra com normalidade. ASSIM SEJA!

    Um beijo com carinho.

    ResponderExcluir
  59. Retifico: DIZENDO NOSSO E NÃO nossa.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  60. Olá Lani, boa noite minha amiga! Me perdoe e demora em passar, mas o tempo anda sendo ingrato comigo...Que triste e belo poema...Sempre é muito custoso dizer adeus e deixar o coração livre.Muitas vezes para sermos felizes e livres termos que desapegar do que nos faz sofrer e não tem volta...Parabéns pelo lindo Poetar.Obrigado pela carinhosa visita.
    Beijos com carinho e fica com Deus.
    marilene

    ResponderExcluir
  61. Um adeus nem sempre é o fim...
    Beijo Lisette,

    ResponderExcluir
  62. a solidão
    o manto do silencio

    o adeus


    abrazo

    ResponderExcluir
  63. Lani

    Tomemos o tempo como o grande mestre da vida e assim fazem sentido palavras como: "a espessa densidade do tempo", Para, por fim se poder respirar fundo e partir, para um bonito poema.
    Beijos!


    ResponderExcluir
  64. Que belos seus poemas,Lani.
    Cada vez que aqui estou descubro novas pérolas

    Beijos,ótimo fim de semana e obrigada pelas visitas.

    Donetzka

    Face Book: Donetzka Cercck

    ResponderExcluir

Obrigada por sua visita!

Seu comentário é sempre bem-vindo!

Beijos, Zilani Célia.