Seguidores

Recanto das letras

segunda-feira, 13 de agosto de 2012

A SOMBRA

                       
              Com a noite, ela vem, sorrateiramente,
              Esgueira-se pelas ruas, lentamente,
              Procura sua presa, como serpente,
              É a sombra, presenciando um crime, impunemente...

              Quando a lâmina brilha no escuro,
              Rasga a carne, golpe desferido, profundo,
              Lambe o sangue, rindo alto, do moribundo,
              Despreza a vida, sombra nua, correndo mundo...

              Seu tempo já se esgota, mas, amor ela procura,
              Corpos brilham, iluminados pela lua,
              Sorve o gozo alheio e como ladra, continua,
              Encobre os amantes e traiçoeira, se insinua...

              Na flor da lama, boca vermelha, pintada,
              Enrola-se em seu corpo, quase sem nada,
              Segue sem rumo, desesperada... Será sombra, morta...
              Pela rival, que desponta... A fria, madrugada...


              Lani (Zilani Celia)

83 comentários:

  1. Oi Zilani, muitas verdades contidas nestas sombras,
    que de tao reais, me deram até calafrios.
    Bjks e uma semana de muita luz.

    ResponderExcluir
  2. Olá Lani!
    Lindos versos e haja sombra sem rumo, triste, mas é bem assim, a fria madrugada como rival!
    Abraços poetisa!

    ResponderExcluir
  3. linnndo... passei pra te ver amiga eu agora tenho um livro de sonetos para vender rsrs bjuuuu

    ResponderExcluir
  4. Ah, minha amiga querida! Todos nós temos as nossas sombras... Algumas muito bem ocultas.... Obrigada pelo carinho! Adoooorei ver meu selinho aí do lado! Fiquei toda bôba! Um abençoado início de semana!
    Abraço fraterno e carinhoso!
    Elaine Averbuch Neves
    http://elaine-dedentroprafora.blogspot.com.br/


    ResponderExcluir
  5. Lindo e tristes!!Muito bela tua poesia!!beijos,chica

    ResponderExcluir
  6. Um poema muito interessante sobre a sombra, que mito me agradou.

    Saudações cordiais.

    ResponderExcluir
  7. Oi Zilani, que linda poesia e uma bela inspiração!
    Esta sombra amiga que sempre nos acompanha,
    a sem rumo,
    a que é obrigada a se sujeitar a tudo,
    a ver tudo...
    Sem contar com as inúmeras pessoas que são sombras,
    somente!
    Um beijo querida amiga, fique com Deus!
    Mariangela

    ResponderExcluir
  8. Minha querida Lani ...que belas palavras ...de uma sinergia perfeita ... Não te preocupes com as sombras elas sempre existirão ...mas o seu sol sempre brilhara muito mais forte pois tu és luz ...e na luz não existe trevas de que te gosta muito com todo carinho e grato por tê-la encontrado Pedro Pugliese

    ResponderExcluir
  9. A sombra... convivemos com ela... mas existe a luz, e ela não resiste.

    ResponderExcluir
  10. Olá Zilani!
    Lindo poema... gostei demais.
    Suas palavras são bem inspiradoras... parabéns pelo dom, pelo talento de escrever. De colocar os sentimentos em forma de poesia.

    Quero lhe agradecer pelas palavras no meu post no texto do Recanto das Mamães. Fiquei muito feliz com a sua visita.
    Um beijo e um ótimo e abençoado dia.

    ResponderExcluir
  11. Olá Célia, bom dia!
    Uma novidade te espera no meu blog.
    Dê uma olhada, e quem sabe desperte seu interesse lhe motivando a participar, o que será, pra mim, uma honra.
    Um abraço e até mais!

    ResponderExcluir
  12. Interessantíssimo seu poema, Lani... As sombras existem, é fato, mas sempre são iluminadas e se esvaem a cada nova madrugada, que traz o despontar do sol...
    Beijos,
    Valéria

    ResponderExcluir
  13. Que poema instigante! mas o que pesou para mim foi a carência de luz que a sombra possuí.
    Umm abraço

    ResponderExcluir
  14. Tanto mais escura a noite
    Mais brilha a foice prateada;
    Mais tenebrosa ela foi-te,
    Mais clara é a madrugada.
    E o medo desse escuro
    Sucumbirá ante o puro
    Beijo do Sol na alvorada.


    Abraços.

    ResponderExcluir
  15. ¡¡Zuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuups!!
    Lo que de noche se hace... por la mañana aparece. Las sombras son misterios, traiciones, o cálidas pasiones. Mas... todas sucumben ante la pureza del día con el astro rey sol. ¡¡Precioso amiga... precioso!! Pero a las brujitas nos gusta más la noche que el día, aunque no se porqué será.
    Un beso muy grande corazón, de esta conjuritos MORIMÓ.

    ResponderExcluir
  16. Las sombras siempre son eternos rivales de los poseedores de luz.
    Gran trabajo Célia.
    Te dejo un beso

    ResponderExcluir
  17. Venho agradecer sua visita ao meu blogue e seu comentário.
    Parece que o seu blogue não tem seguidores.
    Virei sempre que possa ler os seus textos.
    Se quiser visitar outro dos meus blogues fica aqui:
    http://sinfoniaesol.wordpress.com
    http://papoilasnocampo.wordpress.com
    Beijinho
    Irene

    ResponderExcluir
  18. Oi Lani,

    Seu poema pode ter várias conotações, várias leituras.
    Logo que comeceisua leitura, me fez lembrar uma cena de "faca e alguidar". Ela de liga na coxa, um homem, que se aproxima e facada final, aparente. Sedução de amor, tango envolvente.

    Sombra na noite, ausência de amor e falta de luz no olhar de quem ama.

    Beijos da luz, com "Luzes e Luares".

    ResponderExcluir
  19. Oi, Zi!
    Mais uma vez deslumbrada com sua poesia!
    Caminhei com essa sombra por todos os cantos em que ela se enfurnou, caramba!
    De fato, quando se pensa na sombra, tem-se essa visão de espreita, de vigía, de uma espécie de perseguição! Muito interessante!
    Bjssssssssssssss, quérida!

    ResponderExcluir
  20. Olá tudo bem!
    Adorei passear e ler pela sua casa...e hoje a sombra existe e nos persegue, seja boa ou as vezes ruim, lá está ela em nosso lado escuro que as vezes só nós mesmos podemos ver.
    Lindo seu dom de escrever, parabéns!
    Bjs e te desejo uma ótima noite!
    CamomilaRosa

    ResponderExcluir
  21. Lindo seu poema, gostei muito da última estrofe. Se fosse possível escolher, ficaria com uma boa sombra de árvore, rsss
    Uma ótima quarta, tudo de bom, beijinhos

    ResponderExcluir
  22. Olá, Lani
    Você tem toda razão, com o tempo o blog e o carinho das amizades que constituímos a partir dele nos trás saudade quando temos que nos manter "OFF" por algum período. Mas estou de volta e tentarei ficar mais ativo... Agradeço pelo carinho da visita, pelo comentário e pelas observações dada aos meus escritos. Seu poema, por sinal, é extremamente lindo. Você expressa uma sensibilidade na sua escrita que chegamos a ter a conclusão que este poema flua calmamente de si enquanto escreve da mesma forma que penetra instigadamente em nós enquanto lemos. Parabéns!... Um abraço!

    ResponderExcluir
  23. Passeia ela na escuridão com desenvoltura. Mas sabe que será curta a vida sua.
    Creio que podemos caminhar por várias trilhas, ao ler seu poema. Mas todas elas mostrarão que a luz do dia trará a verdade. Bjs.

    ResponderExcluir
  24. Minha amiga assustei-a, mas é assim: acontece em todos os
    blogues, por vezes quando entramos não aparece de imediato
    os seguidores, quando estão em cima dá para se notar mais.
    Pronto já me registei.
    Se a amiga me ceder uma poesia sua, terei muito gosto em
    colocar no meu blogue http://sinfoniaesol.wordpress.com
    com a indicação do seu blogue.
    Basta que deixe um comentário.
    Bj.
    Irene Alves

    ResponderExcluir
  25. Olá Querida Zilani!
    Lindo seu poetar sobre a sombra da noite!
    Se pensarmos nas sombras como tristeza, logo me lembro de um provérbio " A tristeza pode durar uma noite, mas, a alegria vem ao amanhecer".
    Obrigada pelo carinho da visita!
    bjs
    Li Barbosa
    www.autoralibarbosa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  26. Oi Lani,boa tarde!
    Muito lindo o poema.
    Adorei o final magistral:
    'Sombra sem rumo,inacabada...Sabe que será morta...
    Por sua rival que agora desponta...A fria,madrugada...'

    Bjs!

    ResponderExcluir
  27. Quando aluz brilhar a sombra não mais existirá.
    Uma poesia forte, intensa...
    Beijos.

    ResponderExcluir
  28. ola vim ver seu blog pois vi um comentário noutro blog com a hiperligação do seu, e felizmente encontrei um blog relacionado com o meu, adorei o seu blog, venha ver o meu se voce quiser http://assombrado-mc.blogspot.com

    ResponderExcluir
  29. Oi Zilani!

    Linda poesia!
    A noite é um universo misterioso e inspirador!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  30. obrigado por aceitar o meu convite amiga, claro hoje ja comentei uns 100 blogs e amanha comentarei mais, se voce quiser ou poder pode me dar umas dicas de como conseguir mais visitas e mais leitores, já agora muito obrigada por se tornar minha leitora , espero que nao se arrependa

    ResponderExcluir
  31. Adorei!
    É o típico poema que me fascina.
    gosto dessa pegada mais obscura com um cenário instigante e camuflado.

    hey segue de volta e deixa um comment?
    www.diademegalomania.blogspot.com
    valeeeu

    ResponderExcluir

  32. Olá, Zilani

    É assim o mundo, feito de Luz de Sombra. A Luz ganhará essa batalha, tenho a certeza...

    Bjs

    Olinda

    ResponderExcluir
  33. O tempo se encarrega de trazer as coisas todas a seu tempo... o bem , o mal, duelo de forças... noite, dia... a vida depois a morte...
    Lindo Lani!!!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  34. Oi Zilani
    Nossa que poema mais profundo e intrigante, eu fiquei realmente intrigada, mas gostei, gosto de ler coisas que me fazem pensar. Na verdade adorei!
    Bjos. Fique com Deus!

    ResponderExcluir
  35. Querida Zi, estava tão cansada, antes de ler seu belo poema fiquei ouvindo ouvindo ouvindo a musica deliciosa do seu blog. Nossa, me deu uma paz, uma calma, me senti otima depois, então parti para a leitura e terminei num sorriso.
    Acredita que hoje é a terceira postagem que leio falando sobre sombra?!?!?! cada um de escreveu de maneira diferente.

    Beijos

    ResponderExcluir

  36. Olá Zilani,

    Poema forte, intenso e bem inspirado. Gostei demais, principalmente do final magistral:
    "Sombra sem rumo, inacabada... Sabe que será morta...
    Por sua rival que agora desponta... A fria, madrugada..."

    Lindo!

    Ótima noite.

    Beijo.


    ResponderExcluir
  37. Um dos mais bem construídos poemas que eu tenho lido.
    Parabéns, Amiga.


    Beijos


    SOL

    ResponderExcluir
  38. Sinistra essa sombra minha cara poeta, porém uma poesia maravilhosamente sonórica, bem construída e que enche os olhos ao ser lida. Parabéns mesmo ameiiii!!!! Um grande beijo e a partir de agora tens uma seguidora que frenquentará sempre esse teu cantinho. Bjão

    ResponderExcluir
  39. Minha querida Lani,

    Sombras existem,mas sempre haverá um nascer do sol e,com ele,a esperança.
    Lindo e elaborado poema,amiga,par perfeito para a música e nossos "rainbows"interiores.

    Bjssssssss,
    Leninha

    ResponderExcluir
  40. Lani,sempre muito lindas as suas poesias!Eu adoro!bjs e meu carinho,

    ResponderExcluir
  41. Querida amiga

    Quando as palavras
    encontram sentimentos
    que fazem com que elas
    encontrem seus sentidos,
    nossa vida se enfeita
    com as cores da esperança.

    Obrigado por sua amizade.

    Aluísio Cavalcante Jr.

    ResponderExcluir
  42. Uma noite passional tendo a lua como testemunha... uma beleza de poema com figuras que ficaram registradas em minha mente. Bom restinho de semana!! Beijus,

    ResponderExcluir
  43. Obrigado pela visita e pelo textos que aqui encontrei e que proporcionaram momentos de reflexão e beleza.

    ResponderExcluir
  44. Uma sombra lindamente descrita.
    Adorei!

    beijinho

    ResponderExcluir
  45. Obrigada por me ceder a sua poesia. Acabei de inserir
    A SOMBRA. Espero que esteja a seu gosto.
    Sempre grata. Voltarei sempre que possa.
    Beijinhos e bom fim de semana
    Irene Alves

    ResponderExcluir
  46. Que lindo poema, Zilani... triste e profundo...

    Um beijo, querida!

    ResponderExcluir
  47. Oii, seu blog é lindo, estou amando e também te seguindo !!! Quando puder da uma olhadinha no meu: http://cadeadani.blogspot.com.br/

    Bjs

    ResponderExcluir
  48. A personagem mais forte, desse cenário noturno,
    de uma belíssima poesia.

    Um abraço,Lani
    da Lúcia

    ResponderExcluir
  49. Que poema interessante, Zilani!
    As sombras são a prova de que luz e escuridão caminham juntas e se equilibram entre si...
    Gostei muito daqui e vou voltar outras vezes mais!
    Um grande abraço!

    ResponderExcluir
  50. Olá!Boa noite!
    Tudo bem?
    Zilani...
    penso que enquanto a alma não estiver moribundo , manifestado através do relógio da vida, poderá haver um renascer com o brilho pouco solar da lua...
    Obrigado!
    Bom final de semana!
    Beijos

    ResponderExcluir
  51. Oi minha querida! Muito interessante seu poema, admiro todos que sabem fazer poesias. Tenha um fim de semana de paz e alegrias, bjs!

    ResponderExcluir
  52. Gostei muito desse jogo de luz e sombra.
    Beijo

    ResponderExcluir
  53. Olá querida!
    Obrigada pela visita!
    Vim te visitar com o login do meu blog comercial, ZixPlus!Fazemos blogs e sites e perfil nas redes sociais. Também colocamos seu blog nas principais redes de buscas da internet.
    Espero uma visita sua!
    Bjusssss
    http://zixplus.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  54. Lindo....

    Lindo....

    Querida adoro ler tudo que vc posta
    de bonito e suave, eu sou fã desse Blog
    Um final de semana cheio de brilho
    Bjuss
    Rita!!!!

    ResponderExcluir
  55. Amiga Lani nostálgico e lindo poema.
    Bom fim de semana
    beijinhos
    Maria

    ResponderExcluir
  56. Oi Zilani

    Que belo poema, forte e intenso!

    Nas sombras muitos desejos se encondem.

    Beijos

    ResponderExcluir
  57. Oi Zilani!Pois é,sombra é sempre associada a algo ruim assim como a luz a coisas boas...Tomara que sempre tenhamos luz no nosso caminho.Um beijo e bom domingo!

    ResponderExcluir
  58. SOMBRA DE INSINUANTES MOMENTOS À
    PROCURA DE UM AMOR MAIOR.
    MEU ABRAÇO. MARLENE S.

    ResponderExcluir
  59. Um corpo que também tem alma,e que busca o amor erroneamente sem perceber que a vida passa e leva seus sonhos, a beleza, a juventude deixando apenas o "tarde demais!" Minha amiga, você escreveu um poema maravilhoso, colocou nele o talento dos grandes poetas, só quem tem um grande talento escreve assim! Parabéns! Peço desculpas pela ausência, fiquei afastada uns tempos e volto quase sem tempo nenhum, mas como adoro minhas amigas blogueiras, virei nem que for no meio da noite. Tenha um lindo domingo. Beijo da amiga Ivany

    ResponderExcluir
  60. Oi Lani, linda mensagem, tenha uma ótima semana, bjs!
    http://www.arionetorres.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  61. Saudades, Lani... Não tenho podido visitar este espaço com a frequência que ele merece. Espero voltar a fazer isso logo. Deixo meu abraço e desejos de que tenhas uma ótima semana com todos os seus.
    Gilson.

    ResponderExcluir
  62. Boa noite Lani!!!Lindo poema!você, soube dosar bem a luz e a escuridão.Em nosso caminhar sempre,haverá luz,amor e um pouco de escuridão.Mais nada que o amor passe e deixe tudo sublime.
    Beijos com carinho!!!

    ResponderExcluir
  63. Por ser presente do meu amor se torna mais linda! *___*

    Adorei o poema! Fico imaginando quanto mais se tem por de trás da sombra... Podemos pensar em muitas outras coisas!

    Ótima noite de domingo pra você, Zilani! ;D

    Beijo! ^^

    ResponderExcluir
  64. OI LANI,

    Passando pra ver se havia novidade. Ainda não. No meu blog "Afetos" tem. Te aguardo, tá?

    Boa semana.
    Beijos da Luz.

    ResponderExcluir
  65. Lani querida,
    Como sempre teus lindos poemas nos fazem refletir.
    Sombras é que não faltam em nossa vida.Como bem te refe- riste no comentário sobre minha última postagem, sonhos, lembranças é que não faltam e lá estão as sombras presentes que não nos deixam esquecer passagens tão queridas.
    Bjs. e uma linda semana para ti e familiares.

    ResponderExcluir
  66. BELO POEMA, SOMBRAS FAZEM PARTE DE NOSSAS VIDAS.BEIJOS

    ResponderExcluir
  67. Querida Zilani,a vida é feita de luz e de sombras.Faz parte da valorização e do aprendizado.Buscar abrigo nos reveses da vida é sabedoria e o caminho da mudança.Lindo! Bjs Eloah

    ResponderExcluir
  68. Até a sombra tem lá seus atributes...nem que seja para mostrar que a luz existe!

    Bjusssssss

    ResponderExcluir
  69. Mas as sombras guardam sempre uma doce madrugada!
    Gostei deste poema.
    Beijo
    Graça

    ResponderExcluir
  70. Lindo como sempre!
    Meu anjo vim buscar vc... meu espaço se esgotou e tive que abrir outro para receber vcs... estamos festejando lá e vim buscar vc para festejar conosco.

    Convido a todos os blogueiros. Aguardo vc.. simbora tá uma delicia por lá... ahhhhh quem abre meu espaço é nossa amiga Bandys.. tá lindo mesmo..
    beijos
    Lucinha

    http://sonhosecarinhosdetimel3.zip.net

    ResponderExcluir
  71. Entre a vida e a morte, a sobrevivência.
    Cadinho RoCo

    ResponderExcluir
  72. Minha querida

    Como sei dessa sombra que na noite nos visita e que connosco se deita, sobre o nosso corpo exausto de esperar a madrugada.
    Este poema tocou-me como se fosse meu...a tua alma a falar à minha.

    Um beijinho com carinho
    Sonhadora

    ResponderExcluir
  73. Olá Lane! Foi uma agradável surpresa receber sua visita em minha pagina. Quando esperamos uma visita é bom, mas quando ela vem de surpresa é melhor ainda.Espero que não fique apenas nessa visita e eu com certeza estarei sempre por aqui também. Sei que nossos blogues são estilos diferentes, mas o importante é que lemos algo em comum que é a poesia. E por falar nela este seu poema "A Sombra" é bem elaborado e atinge em cheio a nossa emoção. Vim, vi e gostei. Voltarei mais vezes assim como a espero agora sem surpresas no "Amor Desbragado". Agora antes de sair mergulho novamente de corpo e alma neste seu poema perdendo me na noção do tempo e do espaço. Foi muito bom vir aqui e eu virei sempre que puder. Saudações Poéticas – Mario Neves.

    ResponderExcluir
  74. Obrigada por sua visita no meu blog Pensando e Aprendendo, aliás adorei o seeu cantinho tbm... mts bjinhus e apreça sempre que tiver um tempinho....

    ResponderExcluir
  75. Bom dia minha querida e amada !!!!!
    Amada por todos que te visita,isso é muito bom e engrandece muito a alma do poeta ...
    Mais um poema encantador onde viajo junto com as palavras de sabedoria...
    bjsssssssssssssssssssss

    ResponderExcluir
  76. Zilane
    belo poema pra ser lido
    com carinho Monica

    ResponderExcluir
  77. Excelentes poesias num lindo blog. Parabéns! Meu abraço.
    Gilson.

    ResponderExcluir

Obrigada por sua visita!

Seu comentário é sempre bem-vindo!

Beijos, Zilani Célia.