Seguidores

Recanto das letras

domingo, 27 de janeiro de 2019

TODAS AS DORES!



Foram subidas íngremes e penosas,
Descidas sem rumo, dolorosas,
Que me deram, a noção verdadeira,
Das cicatrizes, que me marcaram, inteira...

Nas noites, a solidão, me consumia,
Escondida, esperava clarear o dia,
Que meu sofrer, era d’alma, eu sabia,
Portanto curá-lo, só o tempo o faria...

Sei que meu coração, é hoje um moribundo,
Tem marcadas nele, todas as dores do mundo,
Semimorta, com vida p’ra só mais, um segundo,
Descobri forças e fui buscá-las, no final do mundo...

Agora, a cada pedra em falso, que novamente pisar,
Mesmo ainda em desequilíbrio, vou acreditar,
Que com isso, mais perto de mim, vou estar,
E mais forte e mais longe, desta vez... Vou chegar...

         Lani (Zilani Celia)

50 comentários:

  1. Notevole carica emotica, in questiversi di bella lettura
    Un saluto,silvia

    ResponderExcluir
  2. Lindo poesia com versos decididos e um final marcante!Crescemos a cada tombo!!! beijos praianos,chica

    ResponderExcluir
  3. Bom dia, querida amiga Zilani!
    Um poema com a maturidade de quem caiu, foi ao fundo e, mesmo assim, soube soberbamente levantar-se e deu como troco versos magníficos de grandes ensinamentos partilhados.
    Muito obrigada pela profunda mensagem.
    Felicidade e bênçãos para você!
    Bjm carinhoso e fraterno de paz e bem
    😘😘😘

    ResponderExcluir
  4. Puro brilhantismo poético inserto em versos escritos e saídos da alma. Gostei muito

    Domingo feliz.

    ResponderExcluir
  5. Este poema tem tanto de belo quanto de sabiamente vivido. Dalgum modo é um tão resumido quanto substantivo retrato da alma humana.
    Parabéns e obrigado
    Bom resto de Domingo
    Abraço
    VB

    ResponderExcluir
  6. Uns versos lindos e sentidos.
    Bom domingo.

    ResponderExcluir
  7. Bravíssimo!
    Lindos e sentidos versos.
    Bjins de feliz domingo
    CatiahoAlc

    ResponderExcluir
  8. Será Zilani que escreveu este poema para mim??? Só que eu ainda não consigo passar para a esperança final dos seus versos.. Mas fica cá no coração e num dia qualquer, se Deus quiser, todo o seu poema será para mim. Um grande abraço amiga!!

    ResponderExcluir
  9. Oi Zilani, que belo poema!
    É a experiência nas subidas e descidas da vida que aprendemos a pisar, com certeza.
    Adorei, abração!

    ResponderExcluir
  10. Um poema soberbo! Parabéns:)

    Beijos e um Bom Domingo!

    ResponderExcluir
  11. Los logros no se alcanzan fácilmente. Hay que vencer el camino duro y espinoso. Un abrazo. Carlos

    ResponderExcluir
  12. São os percalços das subidas e descidas que nos fortalece para o novo caminhar
    Deslumbrante poema minha querida
    Beijos

    ResponderExcluir
  13. A vida é feita dessas subidas e descidas, muitas vezes mais dor que felicidade.
    Abraço e uma boa semana

    ResponderExcluir
  14. Óptima maneira de começar a semana.
    Bjs, boa semana

    ResponderExcluir
  15. A vida é isso mesmo, querida amiga, um misto de emoções, de encontros e desencontros, encantos, dores e também de amores; é feita de instantes, cada um diferente do outro e é preciso sempre muita disposição para seguir em frente, mesmo que o instanye que passou tenha deixado feridas que demorarão a cicatrizar. Com o tempo tudo se vai resolvendo se tivermos coragem para sorrir e começar de novo. Não é fácil, porque a dor é grande, mas há que tentar. Gostei muito, Zilani! Obrigada! Um beijinho e muita saúde para ti e para os teus.
    Emilia

    ResponderExcluir
  16. Adorei a poesia.
    Boa semana!

    Jovem Jornalista
    Fanpage
    Instagram

    O blog está em HIATUS DE VERÃO até o dia 23 de fevereiro, mas tem post novo. Comentarei nos blogs amigos nesse período.

    Até mais, Emerson Garcia

    ResponderExcluir
  17. Olá, Lani!

    Mto obrigada pela tua visita e gentil comentário em meu blog.

    É com as dores, que aprendemos e essas nos servem de preparação e de lição. Futuramente, e se elas voltarem, terás já "estofo", capacidade e as coisas serão bem mais fáceis.

    Beijos e boa semana.

    ResponderExcluir
  18. Um poema cheio de nostalgia, minha Amiga. Aquilo que nos derruba é aquilo que nos faz levantar de novo. Gostei de a ler.
    Uma boa semana.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Agradecendo e retribuindo o carinho da visita. Seguindo para não perder de vista.
      Lirismo puro nestas letras, pontos e vírgulas.
      Lindo.

      Beijão Lani

      Excluir
  19. Cá estou de novo "só pra dizer" com todo o gosto. Neste caso ler e dizer que a dor é o outro lado do prazer. Se desceu, Zilani, agora é sempre a subir.
    As maiores felicidades, Célia. É apenas uma poesia mas há sempre nela algo de nós.
    Bj.

    ResponderExcluir
  20. Oii! Marcas ficam para nos lembrar que superamos. É assim que as interpreto. Lindo texto!Bjs

    ResponderExcluir
  21. De nuevo nos dejas una bella poesía aunque con un tema algo triste.

    Saludos.

    ResponderExcluir
  22. Esse teu canto de vida sofrido e real está lindo demais, a agonia já começa no título!
    Muito inspirado, querida Zilani, gostei muito.
    Grande beijo!

    ResponderExcluir
  23. Poema dolorido de quem aprendeu muito com os tombos da vida...
    Gostei muito, Lana.

    Beijinho.

    ResponderExcluir
  24. Oi,Zilani, versos sofridos de uma alma, mas há algo de sublime na esperança que renasce apesar de..
    Um abraço

    ResponderExcluir
  25. O autoconhecimento abre as portas para a cura das dores da alma.
    Amei o poema, Zilani. Superação poderia ser o subtítulo.
    Um beijo!

    ResponderExcluir
  26. A poesia é, de facto, um poço sem fundo. Recebe e reconforta. Apanha-nos e gostamos.
    Muito belo teu poema, Lani.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  27. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  28. Olá Zilani, td bem?
    Todos nós carregamos muitas cicatrizes no coração, algumas difíceis de curar. Elas nos fazem aprender e seguir em frente! Lindo demais o seu poema!
    Bjos

    ResponderExcluir
  29. Boa noite, Zilani, acho que é assim mesmo, minha amiga, as dores que sentimos fazem-nos sofrer, mas com elas, as dores, aprendemos um pouco de cada vez, com cada sofrimento, a voltarmos para nosso interior, nos vemos por dentro, sentimos os nossos defeitos (e qualidades), dando-nos um saldo positivo da dor ao sentir que ela nos fez crescer. Parabéns!
    Beijo
    Pedro

    ResponderExcluir
  30. Halo saya pemilik Amtread dari Blogger Indonesia ingin memberi tahu tentang 3 artikel utama saya.

    - Download lightroom mod apk
    - Cara Ping Artikel
    - Cara Mengecek Broken Link Blog

    Kamu bisa mengunjunginya satu persatu bila kamu membutuhkannya. Salam hormat Amtread.

    ResponderExcluir
  31. Palavras profundas e sentidas de uma alma que sofre mas que tem esperança no amanhã.
    Um poema sublime.
    Bom domingo
    Beijinhos
    Maria
    Divagar Sobre Tudo um Pouco

    ResponderExcluir
  32. Um poema, lindo e profundo.
    E preciso acreditar que somos mais fortes do que tantas vezes pensamos e que poderemos chegar mais longe!
    Beijinhos e boa semana.
    Ailime

    ResponderExcluir
  33. Que lindo post querida amiga, me sinto feliz por poder ler seu blog, um beijo e um abraco.
    Que tenhas um lindo dia.
    -BEATRIZ, XOXO

    Sempiterna - Fashion

    Geeky Freaky - Games and more

    ResponderExcluir
  34. Boa noite, Zilani,
    poema que nos mostra o quanto temos de poder, de força, para quando cairmos,
    saberemos como fazer para nos levantar e começar a luta pela vida.
    E sabermos que sempre há esperança de chegarmos um pouco mais distantes. beijos!

    ResponderExcluir
  35. De facto há vidas muito sofridas em que a felicidade foi muito breve.
    Um poema com metáforas e uma imagética muito criativa e expressiva.
    Grande abraço, estimada Amiga.
    ~~~~~~~~~
    Ps - no incessante rolar das novas postagens, a sua ficou esquecida...~
    Ainda bem que a recuperei a tempo. Beijo

    ResponderExcluir
  36. Chegas longe, sempre... e nos levas longe, viajando em teus belos versos. Mais uma excelente postagem, Zilani; obrigado. Boa semana!

    ResponderExcluir
  37. Chegaras com certeza.
    bjos tenha uma ótima semana.

    ResponderExcluir
  38. Olá Zilani! Retornando para me encantar com este teu belo poema, com ênfase para a estrofe abaixo:

    Agora, a cada pedra em falso, que novamente pisar,
    Mesmo ainda em desequilíbrio, vou acreditar,
    Que com isso, mais perto de mim, vou estar,
    E mais forte e mais longe, desta vez... Vou chegar...

    Abraços,

    Furtado

    ResponderExcluir
  39. Belas palavras de superação! O bom da poesia é esse poder de nos ajudar visualizar nossas dores de forma.mais bela e podermos nos edificar com isso. Abraços!

    ResponderExcluir
  40. Olá, Zilani

    No poema, o reconhecimento da dores, do sofrimentos, mas por fim a luz encontrada durante essa caminhada. Prova de que podemos com fé e coragem superar os desgostos e ver a vida com mais esperança.

    Bj

    Olinda

    ResponderExcluir
  41. Palavras de grande resiliência, de uma forte coragem, e de uma imensa força interior, que adorei ler, Zilani! Como sempre, um notável momento poético, por aqui!... Parabéns, pela extraordinária inspiração!
    Beijinhos! Feliz fim de semana!
    Ana

    ResponderExcluir
  42. Que coisa linda! Acho que todo mundo é capaz de se identificar com essas palavras, afinal, todos já estivemos perdidos em algum momento, mas encontrar a força, como no fim do poema, é essencial <3

    Um beijão,
    Gabs | likegabs.blogspot.com

    ResponderExcluir
  43. Lindo poema e adorei o blog.
    Ás vezes precisamos nos perder, para poder nos encontrar.

    Ótima semana, beijos e já estou seguindo
    http://mylife-rapha.blogspot.com

    ResponderExcluir
  44. Só uma pessoa grande resiliência é capaz de se perder e se encontrar ainda mais forte
    Beijinhos Zilani

    ResponderExcluir
  45. A dor também nos fortalece.
    Belo!
    Beijinho.

    ResponderExcluir
  46. QUERIDA AMIGA.
    Tenho música, poesia, café e bolo... no A Vivenciar...
    Adoraria a sua participação.
    Abraço grande.
    ~~~

    ResponderExcluir
  47. Com certeza me identifiquei com as palavras desse poema, muito lindo e profundo!
    bjss

    ResponderExcluir
  48. Poesia linda com gosto de superação, de que a tristeza pode até durar uma noite, mas a alegria junto da força e a coragem vem logo ao amanhecer.

    Grande abraço querida Zilani
    Dan

    ResponderExcluir

Obrigada por sua visita!

Seu comentário é sempre bem-vindo!

Beijos, Zilani Célia.